As relações sexuais apareceram graças a um vírus

Os genes responsáveis pela união das células sexuais podem ter sido introduzidos nas células de nossos antepassados graças a vírus que usavam seus análogos para penetrar no organismo, afirmam os cientistas num artigo publicado no jornal norte-americano Cell.

Os cientistas debatem há muito tempo porque terão os organismos obtido capacidades de reprodução sexuada.

Segundo a maioria de investigadores, a razão para o aparecimento de relações sexuais é simples: a adaptação a novos parasitas e infeções. Por outro lado, a questão de como nossos antepassados adquiriram esta capacidade continuava sem solução.

William Snell, pesquisador da Universidade de Maryland em College Park (EUA), e seus colegas, encontraram a resposta estudando a estrutura da albumina usada pelos espermatozoides e óvulos durante a união. A pesquisa foi apresentada num estudo publicado na revista Cell.

Os especialistas se interessaram pela proteína chamada de HAP2. Ela está contida nas células de organismos unicelulares e de algumas algas e insetos, o que indica a presença deste gene no antepassado comum de todos os eucariotas, ou seja, seres vivos com células com um núcleo celular.

“A natureza criou apenas poucos métodos de união de uma célula com outra. A mais antiga albumina deste tipo, usada por muitos organismos na Terra para a reprodução, é idêntica em sua estrutura à molécula usada pelos vírus da dengue e Zika para penetrar em nossas células”, explica Snell.

Este gene, segundo observações feitas de plasmôdios, é usado pelos organismos unicelulares para penetrar nas células humanas, o que fez os cientistas pensar que a união das células durante o ato sexual não era a função inicial do gene.

Assim, os especialistas compararam a estrutura da HAP2 com a de outras albuminas usadas pelos vírus para a contaminação. Foi descoberto que as estruturas são completamente idênticas, excetuando uma “falha” em uma parte essencial da proteína.

Um vírs muito animadoEntão os cientistas fizeram um experimento: eles corrigiram essa falha em células da alga Chlamydomonas reinhardtii. Como resultado, as células perderam a capacidade de se reproduzirem por via sexual – elas se uniam, mas não conseguiam completar o processo.

A capacidade de ter relações sexuais foi “um presente” dos vírus aos nossos antepassados durante uma “corrida aos armamentos” entre eles, concluíram assim os pesquisadores.

Além de revelar as raízes evolucionais do sexo, a descoberta tem uma aplicação prática.

A albumina HAP2 é usada por muitos patógenos, como a malária ou toxoplasmose, e o bloqueio dela pode tornar as células humanas imunes a esses parasitas. Além disso, o bloqueio da albumina em ovos de insetos os tornará estéreis, o que poderá proteger os campos agrícolas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …