Socialistas vencem eleições em Portugal

Clara Azevedo / Portugal.gov.pt

Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, com o Ministro das Finanças português, Mário Centeno

Partido do premiê António Costa lidera apuração e amplia poder num Parlamento dominado pela esquerda. Contudo, não obtém maioria e continuará dependendo de outras siglas. Opositor Partido Social-Democrata vem em segundo.

Os eleitores portugueses desafiaram neste domingo (06/10) a tendência europeia e voltaram a eleger uma legenda de esquerda para governar o país. O Partido Socialista, do primeiro-ministro António Costa, venceu novamente as eleições gerais, segundo mostram os primeiros resultados.

Os votos, contudo, não devem ser suficientes para alcançar uma maioria absoluta no Parlamento, dominado por partidos de esquerda. Isso significa que Costa, que deve seguir como premiê do país, continuará dependendo de outras legendas para governar.

Com quase 90% das urnas apuradas, segundo a Secretaria de Administração Interna de Portugal, o Partido Socialista obteve até o momento 37,14% dos votos, seguido do Partido Social-Democrata (PSD), principal legenda de oposição, que tem 29,95%.

Pesquisas de boca de urna divulgadas mais cedo pela emissora de televisão estatal RTP já previam a vitória dos socialistas, com entre 34% e 39% dos votos.

Embora o resultado esteja aquém da vitória avassaladora esperada pelo partido de Costa neste ano, a cifra dá aos socialistas mais assentos do que os conquistados nas últimas eleições, em 2015, em um impulso após quatro anos de sólido crescimento econômico.

As cadeiras do partido devem saltar das atuais 86 para 106, num Parlamento formado por 230 assentos. Para um partido possuir maioria absoluta, é preciso contar com ao menos 116 parlamentares.

“A principal pergunta é se teremos nossas mãos atadas”, disse Costa durante um comício na sexta-feira. “Precisamos ter força para garantir quatro anos de estabilidade e para não sermos um governo de curto prazo.”

No mandato atual, o Partido Socialista tem o apoio, sem que haja uma coalizão formal, do Bloco de Esquerda (BE) e da Coligação Democrática Unitária (CDU), formada pelo Partido Comunista Português (PCP) e pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV).

Nos resultados preliminares deste domingo, o BE soma 8,86% dos votos até o momento, enquanto a CDU obteve 5,63%.

Atrás dos dois estão os democratas-cristãos do Partido Popular (CDS-PP), com 4,51%. Outro possível parceiro em uma nova coalizão de governo, o Partido Pessoas, Animais e Natureza (PAN) aparece na sexta posição, com 2,64%.

Uma das incógnitas desse resultado preliminar é o partido de extrema direita Chega, que soma agora 1,17% dos votos, tendo assim a chance de entrar no Parlamento com um deputado.

Portugal é um dos poucos países na Europa onde os socialistas ainda são fortes e os populistas de direita não desempenham um papel significativo na política.

Desde que assumiu o governo português em 2015, Costa, um advogado de 58 anos e ex-prefeito de Lisboa, conseguiu garantir o crescimento e a estabilidade num país abalado anteriormente por uma crise financeira.

A União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) salvaram Portugal da falência em 2011, com um pacote de ajuda de 78 bilhões de euros. Após três anos sob o pacote de resgate europeu, o país conseguiu se recuperar financeiramente em 2014. Contudo, as políticas de austeridade custaram o poder aos conservadores no poder.

Eleito, Costa foi bem-sucedido nos anos seguintes em equilibrar o que era considerado quase impossível: relaxou as políticas de austeridade, aumentou os gastos sociais e, ao mesmo tempo, cumpriu os requisitos de Bruxelas.

A economia cresceu acima da média da UE, também graças a um boom no turismo. Com 6,7%, a taxa de desemprego no país atingiu recentemente seu nível mais baixo desde 2002.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ministra da Saúde de Macron vai disputar prefeitura de Paris em batalha de mulheres

O partido presidencial francês e seus aliados centristas encontraram neste domingo (16) na ministra da Saúde, Agnès Buzyn, 58, a sucessora ideal para Benjamin Griveaux. O candidato de Emmanuel Macron ao cargo de prefeito de …

Organização vende suposto DNA de Donald Trump e outros líderes globais

Nesta sexta-feira, uma organização chamada Earnest Project passou a oferecer a chance de possuir amostras de DNA de alguns líderes mundiais e outras celebridades. O grupo alega que coletou clandestinamente itens descartados pelos participantes do Fórum …

Tribunal alemão suspende derrubada de floresta para fábrica da Tesla

Justiça ordena que gigante americana interrompa corte de árvores nos arredores de Berlim enquanto analisa pedido de associação ambiental. Empresa de Elon Musk planeja construir ali sua primeira "gigafábrica" da Europa. Um tribunal na Alemanha determinou …

Satélites podem facilmente ser manipulados por hackers, alerta pesquisador

Talvez você já esteja por dentro da confusão toda em relação aos problemas que os satélites Starlink, da SpaceX, estão causando na comunidade astronômica. Os relativamente poucos satélites lançados (cerca de 240, como parte de um …

Na Índia, campanha faz semáforo voltar ao vermelho se os motoristas buzinarem demais

Se a Índia é um país famoso por sua religiosidade, sua culinária, suas belezas naturais e, sendo o segundo país mais populoso, por ser a maior democracia por eleitorado do mundo, ela também carrega a …

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …