Estamos cada vez mais próximos do teletransporte quântico complexo

Uma equipe de cientistas austríacos desenvolveu novos métodos para aperfeiçoar o domínio experimental de sistemas quânticos complexos – fundamentais para o futuro de tecnologias como computadores quânticos e criptografia quântica, e que poderão permitir o  teletransporte de sistemas quânticos complexos.

Nos últimos anos, grandes empresas como o Google e a IBM têm competido com institutos de pesquisa em todo o mundo para produzir bits quânticos entrelaçados – que, como os bits normais nos computadores convencionais, são a menor unidade de informação em sistemas quânticos – em quantidades cada vez maiores.

O objetivo: desenvolver um computador quântico funcional.

De acordo com um novo estudo, publicado em outubro na revista Nature, físicos da Universidade de Viena e da Academia de Ciência da Áustria se propuseram a usar sistemas quânticos mais complexos do que os bits quânticos entrelaçados bidimensionais, para aumentar a capacidade de informação transmitida com o mesmo número de partículas.

Para aumentar essa capacidade, a nova pesquisa se concentrou na sua complexidade, em vez de aumentar apenas o número de partículas envolvidas. “A diferença na nossa experiência é que, pela primeira vez, envolve três fótons além da natureza bidimensional convencional”, explicou o principal autor do estudo, Manuel Erhard.

A equipe de cientistas usou sistemas quânticos com mais de dois estados possíveis – neste caso em particular, o momento angular de partículas de luz individuais. Esses fótons  individuais têm uma capacidade de informação mais alta que os bits quânticos.

O entrelaçamento dessas partículas, contudo, mostrou-se difícil ao nível conceitual. Mas os pesquisadores superaram o desafio utilizando um algoritmo de computador, chamado Melvin, que procura uma implementação experimental. Dessa forma, determinaram a melhor configuração experimental para produzir o entrelaçamento.

Depois de algumas simplificações na configuração experimental, os físicos ainda enfrentaram grandes desafios tecnológicos. Para resolvê-los, usaram tecnologia laser de última geração e uma multiporta especialmente desenvolvida. “Essa multiporta é o coração da nossa experiência e combina os três fótons para que eles sejam entrelaçados em três dimensões”, explicou Erhard.

O esforço valeu a pena: a propriedade peculiar do entrelaçamento de três fótons em três dimensões deverá agora permitir a pesquisa experimental de novas questões fundamentais sobre o comportamento dos sistemas quânticos.

Além disso, os resultados do estudo também podem ter um impacto significativo em tecnologias futuras, como o teletransporte quântico.

“Acho que os métodos e tecnologias que desenvolvemos permitem teletransportar uma proporção maior da informação quântica total de um único fóton, o que pode ser importante para as redes de comunicação quântica”, afirmou Anton Zeilinger, outro pesquisador envolvido no estudo.

Mas mais do que isso, estaria cada vez mais perto o tempo em que será possível aumentar ainda mais a complexidade dos sistemas quânticos teletransportados – talvez chegando ao ponto de fazê-lo com objetos ou seres vivos. Algo que ainda hoje está apenas no campo das mais loucas ideias da ficção científica.

(dr)

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …