Estamos cada vez mais próximos do teletransporte quântico complexo

Uma equipe de cientistas austríacos desenvolveu novos métodos para aperfeiçoar o domínio experimental de sistemas quânticos complexos – fundamentais para o futuro de tecnologias como computadores quânticos e criptografia quântica, e que poderão permitir o  teletransporte de sistemas quânticos complexos.

Nos últimos anos, grandes empresas como o Google e a IBM têm competido com institutos de pesquisa em todo o mundo para produzir bits quânticos entrelaçados – que, como os bits normais nos computadores convencionais, são a menor unidade de informação em sistemas quânticos – em quantidades cada vez maiores.

O objetivo: desenvolver um computador quântico funcional.

De acordo com um novo estudo, publicado em outubro na revista Nature, físicos da Universidade de Viena e da Academia de Ciência da Áustria se propuseram a usar sistemas quânticos mais complexos do que os bits quânticos entrelaçados bidimensionais, para aumentar a capacidade de informação transmitida com o mesmo número de partículas.

Para aumentar essa capacidade, a nova pesquisa se concentrou na sua complexidade, em vez de aumentar apenas o número de partículas envolvidas. “A diferença na nossa experiência é que, pela primeira vez, envolve três fótons além da natureza bidimensional convencional”, explicou o principal autor do estudo, Manuel Erhard.

A equipe de cientistas usou sistemas quânticos com mais de dois estados possíveis – neste caso em particular, o momento angular de partículas de luz individuais. Esses fótons  individuais têm uma capacidade de informação mais alta que os bits quânticos.

O entrelaçamento dessas partículas, contudo, mostrou-se difícil ao nível conceitual. Mas os pesquisadores superaram o desafio utilizando um algoritmo de computador, chamado Melvin, que procura uma implementação experimental. Dessa forma, determinaram a melhor configuração experimental para produzir o entrelaçamento.

Depois de algumas simplificações na configuração experimental, os físicos ainda enfrentaram grandes desafios tecnológicos. Para resolvê-los, usaram tecnologia laser de última geração e uma multiporta especialmente desenvolvida. “Essa multiporta é o coração da nossa experiência e combina os três fótons para que eles sejam entrelaçados em três dimensões”, explicou Erhard.

O esforço valeu a pena: a propriedade peculiar do entrelaçamento de três fótons em três dimensões deverá agora permitir a pesquisa experimental de novas questões fundamentais sobre o comportamento dos sistemas quânticos.

Além disso, os resultados do estudo também podem ter um impacto significativo em tecnologias futuras, como o teletransporte quântico.

“Acho que os métodos e tecnologias que desenvolvemos permitem teletransportar uma proporção maior da informação quântica total de um único fóton, o que pode ser importante para as redes de comunicação quântica”, afirmou Anton Zeilinger, outro pesquisador envolvido no estudo.

Mas mais do que isso, estaria cada vez mais perto o tempo em que será possível aumentar ainda mais a complexidade dos sistemas quânticos teletransportados – talvez chegando ao ponto de fazê-lo com objetos ou seres vivos. Algo que ainda hoje está apenas no campo das mais loucas ideias da ficção científica.

(dr)

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Enorme monolito misterioso descoberto no deserto de Utah

Uma ocorrência totalmente comum. Você está em um helicóptero sobrevoando uma região remota do sul de Utah contanto cabras e bodes selvagens, quando de repente avista um monolito inexplicável saindo do solo. A KSL TV, relatou …

Funcionário de funerária é demitido após tirar selfie com corpo de Maradona

Foi demitido o funcionário da funerária responsável pelo velório do ex-jogador Diego Armando Maradona que tirou uma foto ao lado do caixão com o corpo do astro, enterrado nesta quinta-feira, dia 26, na Grande Buenos …

Museu de Londres reunirá relatos de sonhos de britânicos na pandemia

Projeto visa documentar mudanças no sono causadas pelo confinamento e pela crise gerada com a covid-19, além de coletar narrativas sobre o período para gerações futuras. Mudanças no sono aparentemente têm sido comuns durante a pandemia …

'O Gambito da Rainha': série da Netflix ignora sexismo no xadrez, diz ex-campeã

Existem várias cenas comoventes em O Gambito da Rainha, a série da Netflix que conta a história fictícia de Beth Harman, uma jovem prodígio do xadrez da década de 1960. Em uma delas, um jogador experiente …

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …

Estudo de dentes de megalodonte revela segredos do tubarão de 18 metros

Especialistas em tubarões revelaram mais informações sobre um dos maiores predadores dos mares – o megalodonte. Nova pesquisa de dentes fossilizados da espécie Odotus megalodons, chamada também de megalodonte, sugere que os tubarões fêmeas desta espécie …

Escritor é alvo de censura e terá conta no Twitter suspensa por críticas contra Igreja Universal

O escritor J. P. Cuenca foi censurado por uma decisão judicial e terá sua conta do Twitter suspensa após o juiz da comarca de Campos dos Goytacazes (RJ), Ralph Machado Manhães Junior, acatar um pedido …