Pela primeira vez, temos uma imagem direta do toro de poeira em torno de um buraco negro

(dr) Mark A. Garlick

Conceito de artista d buraco negro supermaciço no centro da Via Láctea

Astrônomos americanos fizeram a primeira imagem direta do toro de poeira em torno de um buraco negro supermassivo muito ativo. A estrutura capturada fica dentro da radiogaláxia Cygnus A. Embora ela esteja a cerca de 760 a 800 milhões de anos-luz de distância de nós, é uma das fontes de rádio mais brilhantes do céu.

Algumas galáxias, apropriadamente chamadas de radiogaláxias, contêm buracos negros supermassivos altamente ativos que são particularmente brilhantes em comprimentos de onda de rádio. Esses buracos negros são cercados por um disco de matéria que cai nele, chamado de disco de acreção. Em torno desse disco, por sua vez, há um gigantesco toro (ou toroide) de poeira em forma de rosquinha.

O buraco negro da Cygnus A é equivalente à massa de cerca de 2,5 bilhões de sóis. Ele está ativamente acumulando enormes quantidades de matéria e disparando jatos relativísticos de plasma a partir de seus polos em direção ao espaço.

Essas características – o buraco negro supermassivo, o disco de acreção, os jatos relativísticos – se combinam para formar uma espécie de “modelo unificado” do que chamamos de núcleo galáctico ativo (NGA).

Esses núcleos podem parecer radicalmente diferentes dependendo do tipo de galáxia em que estão. Quasares, blazares, radiogaláxias e galáxias de Seyfert todos têm NGAs extremamente brilhantes, mas possuem propriedades diferentes.

Aqui entra o toro

Essas diferenças podem ser explicadas por um toro de poeira que obscurece alguns recursos do NGA, dependendo do nosso ângulo de visão do sistema.

“O toro é uma parte essencial do fenômeno do NGA, e existem evidências de tais estruturas nas proximidades de NGAs de ​​baixa luminosidade, mas nunca antes vimos um diretamente em uma galáxia de rádio tão brilhante”, disse o astrofísico Chris Carilli do Observatório Nacional de Radioastronomia (EUA).

“O toro ajuda a explicar por que objetos conhecidos por nomes diferentes são, na verdade, a mesma coisa, apenas observados de uma perspectiva diferente”. O NGA de ​​Cygnus A está, do nosso ponto de vista, de lado, de modo que o toro obscurece o seu buraco negro.

Cygnus A

A equipe do observatório apontou seu Very Large Array (VLA) para a Cygnus A a fim de observar o toro em torno de seu buraco negro. Essa galáxia foi escolhida porque está cerca de 10 vezes mais próxima de nós do que qualquer outra de rádio com brilho comparável.

As observações revelaram um toro de gás com cerca de 900 anos-luz de diâmetro. Esse gás é distribuído em grupos, circulando o buraco negro supermassivo no coração de Cygnus A. E, em 2016, um segundo buraco negro supermassivo foi descoberto não muito longe desse centro – evidência de que, em algum momento em seu passado não muito cosmicamente distante, a galáxia colidiu com outra. Será que os dois buracos negros supermassivos se fundirão um dia? É possível.

A Cygnus A também foi objeto de um estudo no ano passado que descobriu que seu toro está ligado a campos magnéticos que o mantêm no lugar. Outras observações poderiam revelar ainda mais detalhes sobre a dinâmica do toro e o papel que desempenha no sistema do NGA.

“Para determinar com mais precisão a forma e a composição deste toro, precisamos fazer mais observações. Por exemplo, o Atacama Large Millimeter / submillimeter Array (ALMA) pode observá-lo em comprimentos de onda que irão revelar diretamente a poeira”, concluiu Carilli. Um artigo sobre a pesquisa foi publicado na The Astrophysical Journal Letters.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …

Exoplanetas habitáveis poderiam ser identificados por 'código de cores', afirma estudo

As enormes distâncias até os exoplanetas teoricamente capazes de suportar vida impedem a observação direta e a exploração dessas possibilidades, levando cientistas a procurar soluções inovadoras. Uma equipe de astrônomos da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, …

Remdesivir melhorou tempo de recuperação da covid-19

Um novo estudo envolvendo 50 pesquisadores da área da saúde descobriu que o remédio antiviral remdesivir, projetado originalmente para o tratamento do ebola, reduziu o tempo de recuperação em pacientes de Covid-19 de uma média …