Terremoto mais forte do século no México lança alerta de tsunami em toda a América Central

Mario Arturo Martinez / EPA

Terremoto de magnitude 8,4 faz pelo menos cinco mortos no México

O Serviço Sismológico Nacional do México elevou para 8,4 a magnitude do sismo que se registrou nesta sexta-feira (8) no México, com epicentro no estado de Chiapas e sentido violentamente na capital e nos países vizinhos.

Com epicentro a 137 quilômetros de Tonalá, no estado de Chiapas, o terremoto provocou cortes de energia na Cidade do México, onde soou um alarme sísmico e imediatamente começaram a serem ouvidas sirenes de ambulâncias.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico ativou um alerta para o México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador. O Sistema de Alerta de Tsunamis dos Estados Unidos avisou que há possibilidade de perigosas ondas de tsunami nas costas do Pacífico de vários países da América Central nas próximas três horas.

A força do sismo fez residentes na Cidade do México fugirem das suas casas, ainda de pijama, juntando-se a grupos nas ruas. Na capital mexicana, os edifícios sentiram a intensidade do tremor por mais de um minuto, descreveu a agência noticiosa Associated Press.

No estado de Chiapas os relatos indicaram para um impacto significativo. “A casa se moveu como pastilha elástica e a luz e Internet desapareceram momentaneamente”, contou Rodrigo Soberanes, que vive em San Cristobal de las Casas, no estado do sul.

O Governo de El Salvador já alertou para a ameaça de tsunami e ativou comunicações para uma evacuação imediata, se necessário, após o sismo que atingiu o sul do México.

Perante o alerta, o sistema de proteção civil de El Salvador ativou os canais de comunicação com as comissões municipais e comunitárias da proteção civil para uma possível evacuação e pediu às comunidades que estão próximas de praias para monitorarem possíveis mudanças no mar.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico já registou ondas de tsunami na costa do Pacífico, ao largo do México. Ondas de um metro acima do nível da maré foram medidas ao largo de Salina Cruz, enquanto ondas menores foram observadas na costa ou registradas por medidores oceânicos em outros locais, afirmou.

O balanço inicial era de cinco mortos, mas, neste momento, o total de vítimas mortais confirmadas subiu para 32, “com base na contagem efetuada pelos estados”, anunciou o diretor da Proteção Civil, Ricardo de la Cruz. No número incluem-se duas crianças, em Tabasco, conforme informou o governador do estado.

O governador Arturo Nunez indicou que uma das crianças morreu no desabamento de uma parede, e a outra, um bebê, morreu em um hospital pediátrico que ficou sem eletricidade, interrompendo o funcionamento do ventilador ao qual estava ligado. As outras três mortes foram registradas no estado de Chiapas, em San Cristobal de las Casas.

Possibilidade de réplica

O presidente do México, Enrique Peña Neto, advertiu a população para a possibilidade de nas próximas 24 horas se registar uma forte réplica do terremoto de 8,4 que sacudiu o país na quinta-feira (7) à noite.

Em declarações ao canal de televisão Televisa, Peña Nieto disse que os mexicanos precisam estar muito atentos e que a réplica pode superar a magnitude de 7 na escala de Richter, após recordar que em 1985 ocorreu uma réplica muito potente, de 7,5, um dia depois do primeiro grande sismo de magnitude 8,1.

O presidente assegurou que até agora o alerta de tsunami no sudeste do estado de Chiapas, onde se registrou o epicentro do sismo ocorrido na noite desta quinta, “não representa um risco maior” e considerou que 50 milhões de pessoas podem ter sentido o tremor de terra por todo o país.

Peña Nieto disse estar no Centro Nacional de Prevenção de Desastres (Cenapred), em uma reunião com as secretarias da Defesa e da Marinha, assim como com a Comissão Federal de Eletricidade, entre outras entidades, para fazer um “diagnóstico pontual” do que ocorreu e adotar as medidas necessárias.

O presidente mexicano assinalou que o sismo de quinta-feira foi maior do que o de 8,1 na escala de Richter de 19 de setembro de 1985, que fez milhares de mortos, mas destacou que a cultura de proteção civil avançou. O chefe de Estado apelou ainda à população para verificar os danos registrados. “Vamos continuar trabalhando para fazer uma avaliação mais precisa dos danos”, acrescentou.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ausência nas eleições poderá ser justificada pelo celular

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou nesta quarta-feira (30) que a justificativa de ausência nas próximas eleições - cujas votações ocorrerão em 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) - poderá …

"Mafalda" perde seu criador, Quino, aos 88 anos

O criador de Mafalda, o cartunista argentino Quino, morreu aos 88 anos. O icônico ilustrador e humorista marcou a vida argentina e do mundo todo com a criação da pequena menina com grandes ideias que …

Muito além de Netuno: objeto binário choca cientistas por ter partes orbitando muito perto

Um objeto transnetuniano (TNO, na sigla em inglês) binário foi detectado por uma rede de observação nos EUA. Objetos transnetunianos consistem em pequenos corpos gelados que orbitam o Sol a uma distância longínqua, para além …

Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas. A …

Donald Trump e Joe Biden travam debate caótico

Xingamentos e interrupções marcam primeiro duelo direto. Trump se recusa a condenar racistas, e Biden chama presidente de palhaço e mentiroso. Democrata sinaliza que pretende retaliar Brasil por devastação ambiental. Faltando pouco mais de um mês …

Flight Simulator tem um bug com buraco bizarro no mapa do Brasil

Vejam só: encontraram um bug respeitável na edição 2020 de Flight Simulator, o respeitado simulador de voo da Microsoft. E, para o nosso orgulho, a falha se localiza especificamente no Brasil. Se você sobrevoar as coordenadas …

Médica fez viagem institucional para impedir aborto de criança vítima de estupro e Damares teria atuado nos bastidores

Uma reportagem da Folha de São Paulo afirmou que uma das médicas que trabalhou para impedir o aborto legal de uma criança de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, ES, confessou, em entrevista, …

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …