Time elege ex-presidente do governo catalão como um dos fugitivos mais procurados em 2018

Generalitat de Catalunya / Wikimedia

Carles Puigdemont, ex-presidente do governo regional da Catalunha

A revista norte-americana Time incluiu nesta quarta-feira (31) o ex-presidente do governo catalão Carles Puigdemont, que se encontra foragido da justiça espanhola em Bruxelas, entre os cinco “fugitivos mais procurados” em 2018, do ponto de vista geopolítico.

A Time elegeu Carles Puigdemont como um dos cinco “fugitivos mais procurados” em 2018, uma das cinco personalidades mais procuradas que chamaram a atenção no mundo. No seu site, a revista quer analisar “o que suas histórias específicas nos dizem sobre o estado do globo em 2018”.

Puigdemont aprece em primeiro lugar, mas a lista não fica no ex-presidente do governo catalão. A revista inclui o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, atualmente refugiado na embaixada do Equador em Londres, e o primeiro-ministro kosovar e um dos fundadores do Exército de Libertação do Kosovo, Ramush Haradinaj.

A Time refere ainda o islamita turco exilado nos Estados Unidos Fethullah Gulen, que a Turquia acusa de estar por trás do golpe de Estado fracassado de julho de 2016, e o ex-presidente georgiano Mikheil Saakashvili, condenado pela justiça do seu país por abuso de poder.

Sobre o ex-presidente do governo catalão, a Time recorda que os cidadãos da Catalunha apoiaram, em votação de 1978, com mais de 90% dos votos, a nova Constituição espanhola, redigida após a morte do ditador Francisco Franco e a instauração de um sistema democrático no país.

A consulta “tornou ilegal que uma região declarasse sua separação de Espanha sem mudar a Constituição, o que só o parlamento espanhol em Madri pode fazer”, lembra. No entanto, 40 anos depois, o independentista Puigdemont “seguiu em frente com um referendo sobre a independência à margem do que diz a Constituição”.

De acordo com a Time, Puigdemont “utilizou os resultados enviesados dessa consulta para anunciar a independência da Catalunha e o governo de Madri, defendendo o direito constitucional, destituiu o parlamento catalão e ordenou novas eleições regionais”.

O ex-presidente do governo regional da Catalunha fugiu com quatro dos membros do seu executivo para Bruxelas, enquanto a justiça espanhola ordenou sua detenção, acusando-o de rebelião, entre outros delitos.

“Isso terminou”

De acordo com informações da agência EFE, Puigdemont reconheceu em mensagens que o processo independentista terminou e que seus correligionários lhe “sacrificaram” como candidato após o “triunfo” dos planos do governo central da Espanha.

A rede de televisão espanhola Telecinco divulgou várias mensagens de celular de Puigdemont ao deputado autônomo e ex-conselheiro do seu gabinete, Toni Comín, captadas por uma de suas câmeras em Bruxelas.

“Voltamos a viver os últimos dias da Catalunha republicana”, diz Puigdemont. “O plano de Moncloa (governo espanhol) triunfa, só espero que seja verdade e que graças a isso possam sair todos da prisão porque senão o ridículo é histórico”, escreveu o ex-presidente.

Puigdemont e Comín permanecem em Bruxelas para fugir da ação da Justiça espanhola.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …