Trump suspende transferência de embaixada para Jerusalém

Max Goldberg / Wikipedia

O presidente dos EUA, Donald Trump

Donald Trump assinou um documento que suspende, durante seis meses, a transferência da embaixada dos Estados Unidos em Israel por questões legais.

Apesar de ter inaugurado em maio uma nova instalação diplomática em Jerusalém, o presidente norte-americano assinou um documento que suspende, durante seis meses, a transferência da embaixada dos EUA em Israel.

A Casa Branca confirmou que Donald Trump assinou o despacho nesta terça-feira (5), que mantém suspensa a aplicação de uma lei de 1995, que ordena ao executivo de Washington a transferência da embaixada em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

A aparente contradição de Trump com sua própria política responde a uma exigência incluída na norma, que estabelece que se o presidente não cumprir a transferência da embaixada para Jerusalém tem que dar uma explicação ao Congresso, de seis em seis meses, se não quiser perder fundos para a manutenção das embaixadas em todo o mundo.

Apesar de o governo de Trump ter inaugurado formalmente a delegação diplomática no dia 14 de maio, teve que cumprir a determinação legal, uma vez que a residência do embaixador David Friedman continua em Tel Aviv.

“A definição de ‘embaixada norte-americana’ inscrita na Lei da Embaixada, em Jerusalém, inclui tanto as instalações da missão diplomática como a residência do embaixador”, explicou à EFE uma porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca.

Na ordem assinada por Trump, o presidente usou a mesma justificativa que seus três antecessores tinham usado para não transferir a embaixada para Jerusalém, sendo a necessidade de “proteger os interesses de segurança nacional dos EUA”.

No documento, “o presidente reconhece que ainda tem que se manter suspensa a restrição dos fundos incluída na lei, até que se possa resolver o caso da residência do chefe da missão”, acrescentou aquela porta-voz.

A situação não implica que Trump esteja recuando na transferência da embaixada. A Casa Branca tenciona “trabalhar com o Congresso para eliminar a necessidade” de o presidente ter de assinar mais documentos como este, adiantou a fonte.

A Casa Branca admite que serão precisos anos – talvez uma década – para construir um edifício que permita transferir para Jerusalém o pessoal diplomático que trabalha em Tel Aviv. Atualmente, são menos de 10 os funcionários que foram transferidos para Jerusalém.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …