Turista italiano é morto no Rio ao entrar por engano em favela de Santa Teresa

Ricardo Stuckert / Fotos Públicas

-

Um turista italiano foi morto a tiros esta quinta-feira (8) ao entrar por engano na favela do Morro dos Prazeres, em Santa Teresa, região central da cidade. Ele estava de moto, acompanhado de um amigo, também italiano, que ocupava outra motocicleta.

De acordo com a polícia, o turista assassinado foi identificado como Roberto Bardella, de 52 anos. Ele levou um tiro na cabeça e morreu na hora ao ser abordado por um grupo de oito homens armados. Bardella não entendeu a ordem de parar dada por traficantes e acabou baleado. Ele estava com o amigo, também italiano, Rino Polato, de 59.

Segundo a Divisão de Homicídios, responsável pela investigação do caso, os policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) localizaram o segundo turista em um dos acessos ao morro.

Ele foi levado para a Delegacia Especial de Apoio ao Turismo, onde prestou depoimento, acompanhado por funcionários do Consulado da Itália no Rio. Os dois tinham acabado de visitar o Cristo Redentor e estavam indo para as praias da zona sul, quando entraram por engano na favela.

De acordo com o comando da UPP Prazeres, em Santa Teresa, por volta das 11 h de hoje, policiais receberam uma denúncia sobre o desaparecimento de dois turistas italianos na comunidade. Após o cerco na região, o corpo de Bardella foi localizado na Rua Cândido de Oliveira.

O segundo turista foi resgatado sem ferimentos, pelos militares, em um dos acessos ao morro. As duas motocicletas em que eles estavam também foram recuperadas.

As buscas foram feitas com o apoio de outras UPPs e de batalhões da Polícia Militar da região. Equipes do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas também foram ao local prestar assistência à vítima.

Ataques

Em maio último, a UPP Escondidinho/Prazeres, em Santa Teresa, sofreu ataques de criminosos, quando foram disparados diversos tiros contra a unidade, de acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora.

Segundo a PM, duas equipes de policiais foram atacadas em pontos diferentes da localidade e, durante os ataques, um ônibus foi incendiado na Rua Almirante Alexandrino, uma das principais do bairro.

Posteriormente, outro ônibus foi incendiado no Rio Comprido, bairro vizinho.

A Unidade de Polícia Pacificadora das comunidades dos Prazeres e Escondidinho foi inaugurada em fevereiro de 2011. Mais de seis mil pessoas moram na região, de acordo com a prefeitura do Rio, com base em dados do IBGE.

O bondinho de Santa Tereza leva direto à entrada do morro dos Prazeres. O acesso principal é feito pela Rua Almirante Alexandrino, altura do quartel do Corpo de Bombeiros.

No final da ladeira de acesso ao Morro dos Prazeres, fica o Casarão Cultural, administrado pela prefeitura, que oferece aulas de dança, lutas, música e costura e também serve como espaço para as aulas de educação física das crianças que estão na escola pública.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …

Projeto de estrada cortando parque das cataratas de Iguaçu ameaça outras áreas de proteção pelo Brasil

Uma das paisagens naturais mais impressionantes do Brasil e reconhecida pela Unesco, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as cataratas, no Paraná, pode ser cortado ao meio por uma rodovia asfaltada – em …

Por que a imunidade de rebanho está longe de ser realidade

Embora costume ser apresentada como simples cálculo matemático, alcançar a imunidade de rebanho não é tarefa fácil. Ela não só depende da infecciosidade das variantes, como da adoção de medidas sanitárias pela população. Apesar das campanhas …

Uso de maconha na adolescência pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro

O consumo de maconha pode ser prejudicial ao cérebro humano durante a adolescência, de acordo com estudo publicado na última quarta-feira (16). Segundo a pesquisa, realizada em regiões da Europa, o uso recreativo da planta pode …

EUA terão feriado para comemorar fim da escravidão

Data já celebrada na maioria dos estados vai se tornar feriado federal. O "Juneteenth" lembra dia em que os últimos escravos negros foram libertados no país, em 1865. Após aprovação pelo Congresso dos Estados Unidos na …

5 perguntas sobre os denisovanos, 'parentes' extintos dos humanos modernos que viveram na Terra há 50 mil anos

Desde que os primeiros vestígios dos denisovanos foram descobertos em 2008, os cientistas não descansaram tentando obter mais informações sobre eles. A tarefa, no entanto, não tem sido fácil, porque até agora só foram encontrados pequenos …