United perde US$ 800 milhões após polêmica com passageiro arrastado

A United Continental Holdings, dona da United Airlines, perdeu milhões na bolsa norte-americana depois de um passageiro ter sido retirado à força de um avião da companhia aérea devido à falta de lugares.

Durante a manhã de terça-feira (11), as ações da empresa chegaram a cair quase 4%, fazendo com que a companhia avaliada em mais de 22 bilhões de dólares em valor de mercado perdesse, pelo menos, 830 milhões de dólares (cerca de R$ 2,5 bilhões).

Durante a tarde, as perdas abrandaram para cerca de 1,5%, ou seja, cerca de 250 milhões de dólares (cerca de R$ 775 milhões) de capitalização na bolsa.

O presidente da transportadora aérea United Airlines já pediu desculpas a David Dao, o passageiro que foi expulso violentamente do avião da companhia em Chicago, 48 horas depois do incidente que provocou indignação em todo o mundo.

“Apresento as minhas desculpas mais sinceras ao passageiro que foi desembarcado brutalmente do avião. Ninguém dever ser tratado daquela maneira”, escreveu Oscar Munoz, em comunicado, qualificando o incidente como “verdadeiramente horrível”.

No texto, garantiu que a empresa “assume as suas responsabilidades e vai compor as coisas”, acrescentando que “nunca é tarde demais para fazer o bem”.

Os advogados do passageiro indicaram que ele continuava internado e que não iria fazer qualquer declaração nos próximos tempos.

A Casa Branca também lamentou o incidente, que classificou como “infeliz”. O porta-voz Sean Spicer afirmou que “é perturbador ver como tudo foi gerido“.

Andy Holdsworth, um especialista em comunicação de crise na empresa britânica Bell Pottinger, considerou o episódio como “um desastre em matéria de relações públicas“.

Dos EUA à China, passando pela Europa e América Latina, o incidente provocou reações indignadas e apelos ao boicote da empresa, depois que viralizaram-se vídeos filmados por outros passageiros monstrando o homem arrastado pelo corredor, sangrando na cabeça, depois de a ter batido no braço da poltrona de onde foi arrancado pela polícia do aeroporto.

Perante o escândalo, o Departamento dos Transportes abriu um inquérito “para determinar se a companhia aérea respeitou as regras em matéria de overbooking” e um dos seguranças da companhia foi suspenso.

O overbooking é uma técnica comercial que permite que as companhias aéreas vendam mais lugares do que os existentes no avião.

A United Airlines comprometeu-se a fazer um inquérito interno para examinar e rever a gestão de situações de overbooking e a política de indenizações, cujas conclusões devem ser anunciadas no dia 30 de abril.

As empresas aéreas norte-americanas podem obrigar os passageiros a saírem dos aviões para os quais haja mais bilhetes vendidos do que lugares disponíveis, em troca de indenizações se não conseguirem voluntários suficientes para abandonarem o voo.

A United Airlines esclareceu que propôs 800 dólares aos passageiros que quisessem renunciar ao lugar no voo de domingo, entre Chicago e Louisville, no centro-este do país. Sem voluntários, sorteou passageiros para sair do avião.

“Quando alguém compra um bilhete de avião, aceita as condições de venda que dão direitos importantes à empresa aérea”, destacou Robert Mann, do gabinete R. W. Mann & Company.

“Desde que esteja a bordo, tem que seguir as ordens da tripulação. Se estiver no terminal de embarque, a companhia pode decidir que essa pessoa não embarca, mesmo que tenha bilhete. Uma vez a bordo, qualquer passageiro pode ser expulso à força”, disse o analista.

Cerca de 46 mil passageiros, em média, têm de sair de aviões nos EUA, devido a situações de overbooking, mas, por norma, os casos são resolvidos através de um compromisso.

// ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …