Veneno da aranha armadeira é eficaz no tratamento de disfunção erétil

(dr) deepgreen_moiseslima / Flickr

Aranha armadeira, também conhecida por aranha bananeira

Aranha armadeira, também conhecida por aranha bananeira

A aranha armadeira, a espécie mais temida no Brasil, pode afinal ter mais um propósito do que apenas deixar mal quem a chateie. Cientistas brasileiras descobriram que pode ser a solução para homens que sofrem de disfunção erétil.

Segundo o El Español, esta aranha vive perto de cidades, se esconde em sítios escuros e deixa em mau estado as pessoas que atravessam seu caminho.

É que uma simples picada provoca dores intensas em todo o corpo, suores, taquicardia, hipertensão e vômitos. Aliás, no caso dos mais velhos, crianças e pessoas com um estado de saúde mais frágil pode provocar até a morte.

No entanto, em 1987, cientistas da Fundação Ezequiel Dias (FUNED), em Minas Gerais, descobriram uma parte do corpo dos homens que é especialmente atingida: o pênis. A dor intensa nessa zona é associada a uma ereção prolongada, um fenômeno conhecido na medicina como “priapismo”.

E isto não tem que ser necessariamente mau porque, segundo os resultados da equipe de pesquisadoras, o veneno da aranha pode ser uma solução para os homens com disfunção erétil e, sobretudo, para aqueles que sofrem de problemas cardíacos e não podem tomar Viagra.

A responsável pela pesquisa é bioquímica Marta do Nascimento Cordeiro, de 76 anos, que, apesar de já ser aposentada, continua empenhada em acabar com este problema de saúde que afeta tantos homens, conta o jornal espanhol.

“No geral, ao fracionar todos os venenos encontramos moléculas com efeitos terapêuticos interessantes. É o caso da Phoneutria Nigriventer“, explica a pesquisadora.

Este é o nome científico da aranha que, além de “armadeira”, também é conhecida por “aranha bananeira” no Brasil por se esconder nas caixas onde se guardam bananas.

A pesquisadora, juntamente com a também cientista Marcia Helena Borges, dedicou os últimos anos tentando isolar a molécula responsável pela ereção, algo bastante difícil porque as cobaias usadas “apresentavam priapismo, mas morriam em poucas horas”.

Com a ajuda de Maria Elena de Luisa Pérez, pesquisadora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), finalmente conseguiram chegar ao pretendido. Dos 48 aminoácidos responsáveis pela ereção, sintetizaram diferentes sequências e, por fim, conseguiram uma constituída por 19 aminoácidos que provoca a ereção (mas as cobaias sobrevivem).

A descoberta foi patenteada e vendida a uma farmacêutica, por isso, a cientista responsável pela pesquisa acredita que “dentro de três ou cinco anos, a solução para os problemas de disfunção erétil pode estar encontrada”.

No entanto, “não depende só de nós, a indústria tem que investir”, alerta.

A pesquisa em torno do veneno da aranha pode também ajudar a desenvolver outros medicamentos como, por exemplo, analgésicos, neuroprotetores e inseticidas.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

'Ela tinha medo do coronavírus': exame confirma que mulher morreu por covid-19 após festa

Um exame confirmou que a aposentada Maria Salete Vieira, de 60 anos, morreu em decorrência da covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Ela começou a apresentar sintomas dias após participar de uma festa em família …

Solução? Cientistas criam vírus que poderia ser capaz de combater a COVID-19

Cientistas dos EUA realizam experimentos com ratos infectados com o coronavírus MERS que permitiriam obter solução eficiente no combate à COVID-19. Até o momento não existe uma vacina que possa proteger as pessoas de infecções provocadas …

Bernie Sanders desiste de concorrer à presidência dos EUA

Senador abandona disputa pela indicação democrata à Casa Branca após série de derrotas nas primárias. Decisão abre caminho para que o ex-vice-presidente Joe Biden seja adversário de Trump nas eleições de novembro. O senador Bernie Sanders …

Antártida: geleira está se tornando o cânion mais profundo do mundo e isso é péssimo

Recentemente cientistas anunciaram a descoberta de algo absolutamente desconhecido e sem precedentes: um cânion de gelo com 3,5 quilômetros abaixo do nível do mar, confirmado como nada menos que o ponto mais profundo da superfície …

OMC prevê cenário sombrio para o comércio global e Brasil será bastante atingido

Sob o impacto da pandemia do novo coronavírus, a Organização Mundial de Comércio (OMC) prevê um cenário sombrio para o comércio global este ano. A expectativa é de uma queda vertiginosa que pode chegar …

COVID-19 deve ter pico no Brasil em abril e maio, dizem Mandetta e especialistas

A previsão de disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no país não é nada animadora para os próximos meses. Isso porque ainda estamos em uma fase intermediária da infecção, que deve ter seus momentos de pico em …

Esse novo tratamento alivia a depressão em 90% dos pacientes

De acordo com uma nova pesquisa americana, um tratamento com estimulação magnética transcraniana pode ser muito eficaz para pessoas com depressão severa: em um experimento, foi capaz de aliviar os sintomas em 90% dos pacientes. Normalmente, …

Israel: ministro que definiu Covid-19 como ‘castigo divino a gays’ está com coronavírus

Aos 71 anos, Yaakov Litzman, ministro da Saúde de Israel e também líder do partido ultra-ortodoxo “Judaísmo Unido da Torá”, testou positivo para Covid-19. O diagnóstico foi divulgado nesta terça-feira (7) pela imprensa local e chamou …

Saúde de Boris Johnson preocupa britânicos, mas governo garante que premiê passa bem

O Reino Unido acompanha com preocupação a degradação do estado de saúde do primeiro-ministro Boris Johnson, que anunciou publicamente ter sido contaminado pelo novo coronavírus há dez dias. Depois de ser hospitalizado no domingo (5), …

Cortes na ciência comprometem resposta à covid-19 no Brasil

A fila de 16 mil testes para covid-19 no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, expõe a vulnerabilidade de um país que escolheu não investir em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) nos últimos anos. A …