Espécime gigante da aranha mais venenosa do mundo é encontrado na Austrália

(dv) The Australian Reptile Park

Uma aranha-teia-de-funil macho com 7,8 centímetros de comprimento foi capturada na Austrália e enviada para o Australian Reptile Park, um zoológico a 50 quilômetros de Sydney.

Este é o segundo maior espécime da aranha mais tóxica do mundo já recebido pelo parque. Ou seja, é um animal com o qual ninguém gostaria de se encontrar.

Devido ao tamanho, a aranha recebeu o nome de Colossus. A largura das pernas é de 7,8 centímetros, enquanto normalmente aranhas-teia-de-funil machos atingem “apenas” entre 1 a 5 centímetros.

Bizarramente, este nem sequer é o maior da espécie já encontrado. O Australian Reptile Park recebeu Big Boy em janeiro de 2016, um macho com valentes 10 centímetros.

Todas as aranhas-teia-de-funil são perigosas. O veneno mais tóxico entre as 35 espécies é certamente da aranha-teia-de-funil de Sydney (Atrax robustus), que pode facilmente matar um humano adulto.

Para completar, os machos da espécie não são somente agressivos, como conseguem se esconder em residências humanas em época de acasalamento, conforme vagam à procura de uma companheira.

A mortalidade, no entanto, é exatamente o que torna o veneno valioso. As aranhas são capturadas e enviadas para o zoológico justamente para a fabricação de antídotos, o que tem garantido que ninguém morra de uma mordida de teia-de-funil desde 1981, ainda que 30 a 40 pessoas sejam mordidas por ano.

Janeiro e fevereiro são os meses de pico para os predadores. As aranhas preferem locais úmidos, frescos e com sombra, incluindo interior de sapatos, lavandarias e pilhas de lenha.

Se você mora na Austrália, fique atento e tente chamar o controle local de pragas caso encontre um espécime.

O Australian Reptile Park possui um programa que extrai o poderoso veneno das aranhas uma vez por semana, sem matá-las. Em seguida, o veneno é enviado para um laboratório que produz o antídoto.

A mordida das aranhas-teia-de-funil é fatal apenas para primatas e insetos. O fato de o veneno nos atingir é provavelmente uma “patifaria” evolutiva, já que os primatas nem sequer são presas do animal.

Coelhos, que não são afetados pelo veneno, são injetados para que eus sistemas imunológicos produzam anticorpos contra o invasor, sem prejudicar o animal. Os anticorpos são depois colhidos para criar o remédio que neutraliza a toxicidade dessa aranha quando injetado em seres humanos mordidos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …

JK Rowling lança portal do Harry Potter e salva quarentena mundial

A saga de ‘Harry Potter’ acabou faz muito tempo e conquistou milhões de fãs ao redor de todo o mundo. E nesse momento de quarentena, quem poderia esquecer do bruxinho mais famoso da cultura pop? Quem …

Potência agrícola da Europa, Itália enfrenta falta de mão de obra para manter cadeia produtiva de alimentos

“Existe o risco de escassez de alimentos no mercado mundial, devido a perturbações derivadas da COVID-19 no comércio internacional e nas cadeias de suprimentos” . Este foi o alarme lançado na quarta-feira (1) em …

"Gangue" de cabras selvagens toma conta das ruas de uma cidade britânica em quarentena

Um rebanho de cabras selvagens simplesmente tomou as ruas desertas de Llandudno, no País de Gales, enquanto seus residentes ficam dentro de casa para limitar a propagação do coronavírus. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, …

Floresta tropical de mais de 90 milhões de anos é descoberta na Antártica

Os restos do que outrora teria sido uma floresta tropical na Antártica foram descobertos em uma amostra de gelo obtida no continente congelado. A floresta, que existiu há 90 milhões anos, quando os dinossauros ainda habitavam …

Há uma mensagem codificada no rover Perseverance, que será enviado a Marte

Em breve, a missão Mars 2020 levará, no rover Perseverance, três chips com os nomes de 10.932.295 pessoas ao Planeta Vermelho. Uma foto da placa onde os chips estão anexados foi divulgada, mas o que …

Brasil ruma para "tempestade perfeita" em meio a pandemia

Abril teria sido um mês ocupado para os hospitais brasileiros, de qualquer modo: enquanto a população ainda enfrentas o vírus da dengue, a estação da gripe vai começar a se manifestar. Em 2020, porém, o …