Viaduto de metrô desaba no México e deixa mais de 20 mortos

Carlos Ramirez / EPA

Colapso de estrutura sobre movimentada avenida deixa 70 feridos na Cidade do México. Linha de metrô que trafegava pelo viaduto foi inaugurada há menos de dez anos.

Ao menos 23 pessoas morreram e 70 ficaram feridas após um viaduto por onde trafegavam vagões do metrô desabar sobre uma movimentada avenida na Cidade do México nesta segunda-feira (04/05).

Imagens transmitidas pela emissora local Milenio TV mostram a estrutura de cerca de 12 metros de altura caindo sobre vários carros perto da estação Olivos, no sudeste da cidade. A seguir, veem-se nuvens de fumaça e pilhas de escombros. Outras imagens mostram ao menos dois vagões pendendo do viaduto.

O desabamento ocorreu por volta das 22h30 (hora local). Dezenas de socorristas e bombeiros foram acionados para remover passageiros entre ferros retorcidos e cabos.

Inicialmente com escadas, os trabalhos de resgate tiveram que ser interrompidos devido ao risco de que mais partes do viaduto e do metrô entrassem em colapso. Segundo a prefeita Claudia Sheinbaum, um guindaste foi transportado para o local para que os socorristas pudessem retomar as buscas e verificar se há mais pessoas no metrô.

A prefeita afirmou que sete das cerca de 50 pessoas hospitalizadas estão em estado grave, necessitando de cirurgias. Ela disse ainda que um carro ficou preso sob os escombros, mas que a pessoa que estava em seu interior sobreviveu.

Segundo Sheinbaum, aparentemente uma viga da estrutura cedeu, mas a causa do acidente está sendo investigada.

“Fui salvo por 15 minutos”

“De repente, vi que a estrutura estava tremendo. Não foi nem um minuto depois que o metrô caiu, e muita poeira começou a subir”, disse uma testemunha não identificada à rede local Televisa.

“Quando a poeira se dissipou, corremos para ver se podíamos ajudar. Não ouvimos gritos, não sei se eles estavam em choque […] Algumas pessoas conseguiram entrar e puxaram duas pessoas que estavam em cima. Os outros estavam empilhados.”

José Martínez, um trabalhador que normalmente pega o trem em direção a Tláhuac, disse emocionado à imprensa que se salvou do acidente porque não conseguiu embarcar a tempo depois de sair do trabalho. “Fui salvo por cerca de 15 minutos, ainda bem que nada me aconteceu”, disse.

“Tragédia terrível”

Este é o segundo acidente registrado no metrô da capital mexicana neste ano. Em janeiro, um incêndio nas instalações de controle do metrô deixou uma pessoa morta e 29 intoxicadas. Em março do ano passado, dois trens colidiram dentro de uma estação, deixando um morto e 41 feridos.

Inaugurado em 1969, o metrô da Cidade do México é um dos principais meios de transporte da capital e de sua área metropolitana, onde vivem cerca de 20 milhões de pessoas. A linha 12, na qual ocorreu o acidente desta segunda-feira, foi inaugurada em 30 de outubro de 2012 pelo atual ministro do Exterior do México e então prefeito da capital, Marcelo Ebrard.

Ebrard lamentou a “tragédia terrível” e ofereceu sua cooperação na determinação das responsabilidades. “As causas devem ser investigadas e as responsabilidades devem ser determinadas. Reitero minha total disponibilidade às autoridades para contribuir em tudo o que for necessário”, escreveu no Twitter.

Analistas veem Ebrard e Sheinbaum como prováveis sucessores do atual presidente Andrés Manuel López Obrador, cujo mandato termina em 2024.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …