Viver perto de estradas com trânsito intenso aumenta risco de demência

Hamed Saber / Wikimedia

-

As pessoas que vivem próximo de ruas com trânsito intenso têm maiores possibilidades de desenvolverem demência.

O estudo, publicado na Lancet, sugere que até 11% dos casos de demência em pessoas que moram a 50 metros ou menos de uma grande via, podem ser consequência da proximidade com o trânsito intenso.

Os pesquisadores monitorizaram dois milhões de pessoas no Canadá, ao longo de 11 anos, e concluíram que a poluição e o ruído podem contribuir para a degeneração cerebral.

Quase 50 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de demência. No entanto, as causas deste mal, que afecta a memória e a capacidade mental de um indivíduo, ainda não são bem compreendidas.

Especialistas independentes apontaram que os resultados são “plausíveis” e “instigantes”, mas exigem mais testes.

Crescimento populacional

O novo estudo foi feito na Província de Ontário, no Canadá, entre 2001 e 2012. Nesse período, foram diagnosticados 243.611 casos de demência e foi identificado um risco maior entre aqueles que vivem próximos de grandes vias.

Em comparação com quem mora a 300 metros desses locais, o risco era 7% maior para quem vivia a 50 metros ou menos, de 4% para distâncias entre 50 e 100 metros e de 2% para distâncias de 101 e 200 metros.

A análise aponta que de 7% a 11% dos casos de demência de quem vivia a 50 metros poderia estar relacionado com o trânsito.

Os cientistas fizeram ajustes nos dados para levar em conta outros factores, como a pobreza, a obesidade, a instrução e o hábito de fumar, desse modo, seria improvável que tivessem ligação com o desenvolvimento da doença nos casos analisados.

Hong Chen, um dos autores do estudo, diz à BBC que “o crescimento da população e a urbanização levaram muitas pessoas a morarem próximas de um local com trânsito intenso”.

“Em combinação com o aumento dos índices de demência, isto aponta para que, mesmo um efeito modesto da exposição a vias próximas, pode representar um risco para a saúde pública”, afirma o pesquisador.

“Precisamos de mais pesquisas para estabelecer essa ligação e, particularmente, os impactos de diferentes aspectos do trânsito, como a poluição e ruídos”, acrescenta Chen.

Os investigadores indicam que o barulho, partículas ultra-finas, óxido de nitrogénio e partículas geradas pelo desgaste de pneus podem causar a doença.

No entanto, o estudo analisa apenas os locais onde vivem pessoas diagnosticadas com demência e não pode comprovar de facto que são as vias que causam esse mal.

“Instigante”

“Esta é uma pesquisa importante”, nota à BBC Martin Rossor, diretor para os Estudos sobre Demência do Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde, no Reino Unido.

“Os efeitos são pequenos, mas, diante de um mal muito prevalecente na população, podem ter implicações importantes para a saúde pública”, refere Rossor.

Tom Dening, director do Centro para a Demência da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, diz que os resultados são “interessantes e instigantes”, cita a BBC.

“Com certeza, é plausível que a poluição no ar, gerada pela fumaça dos motores, possa contribuir para uma patologia cerebral e, com o tempo, elevar o risco do desenvolvimento de demência. Estas provas contribuem para deixar em alerta quem mora perto de um local com tráfego intenso”, sublinha Dening.

Os especialistas apontam que o melhor a fazer para reduzir o risco de demência é cultivar hábitos saudáveis para o corpo, como não fumar, fazer exercícios e ter uma boa alimentação.

A investigação também tentou encontrar uma associação entre a proximidade a estradas de tráfego intenso e a doença de Parkinson e a esclerose múltipla, mas não encontrou indícios de aumento dos riscos, nestes casos.

Ciberia // BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …