Voo mais longo e sem escalas da história pousou em Sydney

D464-Darren Hall / Wikimedia

Boeing 747 da australiana Qantas

O voo mais longo e sem escalas da história pousou nesse domingo (20) em Sydney, 19 horas e 16 minutos após a decolagem, em Nova York. Foi um teste da companhia australiana Qantas, que pretende lançar o trajeto comercialmente.

A aeronave decolou na sexta-feira à noite do aeroporto JF Kennedy. A maioria dos 49 passageiros do Boeing 787-9 era de funcionários.

Pesquisadores de duas universidades estavam a bordo para observar como os passageiros dormem e se alimentam durante um trajeto tão longo, e para controlar o seu nível de melatonina, “o hormônio do sono”.

Uma vez a bordo, os passageiros ajustaram os relógios com o horário de Sydney e permaneceram acordados até que a noite chegou. Eles foram auxiliados com a iluminação, exercícios, cafeína e comida apimentada.

Depois de seis horas de viagem, foi servida uma refeição rica em carboidratos e os passageiros receberam a recomendação de evitar as telas. A intensidade da luz diminuiu para permitir que dormissem a noite toda.

Pilotos monitorados

Quatro pilotos se revezaram durante o voo e foram monitorados com sensores para medir a atividade cerebral e o seu estado de alerta. O peso da cabine teve de ser reduzido para o embarque de combustível suficiente para os 16 mil quilômetros da viagem. O avião pesava 233 toneladas no momento da decolagem, 101 apenas de combustível.

O QF7879 foi o primeiro teste para a empresa, que pretende avaliar a viabilidade de viagens ultralongas para a criação de linhas comerciais regulares.

O CEO da Qantas, Alan Joyce, chamou a viagem de “momento histórico para a companhia aérea e para o mundo da aviação”. “É o primeiro de três voos experimentais com os quais veremos que recomendações podem ser feitas sobre como administrar o cansaço dos pilotos, assim como a questão do fuso horário para os passageiros”, declarou.

A Associação de Pilotos Australianos e Internacionais (AIPA) pediu um estudo a longo prazo sobre os efeitos desse tipo de voo na tripulação. Atualmente, a rota aérea comercial mais longa do mundo liga Nova York a Cingapura, e dura 18 horas e meia.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fumar aumenta o risco de depressão e esquizofrenia?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Bristol (Reino Unido), fumar pode aumentar o seu risco de desenvolver depressão ou esquizofrenia. Os pesquisadores queriam estudar a relação conhecida entre tabagismo e doenças mentais. Muitas …

Prisões não vão abrir as portas após decisão do STF, dizem especialistas

Segundo especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento da execução da pena não vai fazer com que as "portas dos presídios sejam abertas para criminosos perigosos". Na quinta-feira …

EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de …

Um simples exame de sangue já pode prever câncer de mama 5 anos antes de se manifestar

O câncer de mama é o segundo mais comum no mundo, e também o que mais mata mulheres. No entanto, o grande paradoxo é que, enquanto a doença é a responsável por uma das principais …

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Após convocar novas eleições, líder esquerdista cede à pressão das Forças Armadas e da polícia, entregando o cargo "para que meus irmãos não sejam ameaçados". Vice e outras autoridades também se demitem. O presidente da Bolívia, …

Pesquisadores descobrem a primeira nova cepa de HIV em quase duas décadas

Um estudo dos Laboratórios Abbott e da Universidade do Missouri (EUA) detectou a primeira nova cepa de HIV em 19 anos, desde que as diretrizes para classificação de subtipos foram estabelecidas em 2000. A cepa faz …

Google, Facebook e Microsoft propõem que Pentágono controle inteligência artificial

Microsoft, Google e Facebook estão pedindo para que Washington assuma controle sobre o desenvolvimento da inteligência artificial. Dois gigantes do Vale do Silício do GAFAM, Google e Facebook, juntos com a Microsoft, exortam, através de seu …

Georg Elser, o lobo solitário que quase matou Hitler

Em 8 de novembro de 1939, um carpinteiro alemão por pouco não mudou o rumo da história. Mas ditador nazista escapou do atentado preparado por ele em Munique. Passaram-se décadas até Elser ser reconhecido. Consta que …

Pela primeira vez, Brasil apoia embargo dos EUA a Cuba na ONU

Pelo 28º ano consecutivo, o embargo dos EUA imposto a Cuba há quase seis décadas foi condenado nesta quinta-feira (7) por uma esmagadora maioria na Assembleia Geral da ONU, onde a resolução cubana obteve 187 …

Inteligência artificial resolveria problema de Isaac Newton do século XVII

Um algoritmo astronômico descoberto por pesquisadores no Reino Unido resolveu um dos problemas que ninguém conseguiu solucionar desde Newton. A inteligência artificial (IA) poderia permitir que cientistas britânicos encontrassem uma solução em menos de um segundo …