Wikileaks: documentos revelam que não foi usado gás cloro em Douma

Documentos vazados pelo portal Wikileaks da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) afirmam que não foi usado gás cloro em ataque na cidade de Douma, na Síria, em abril de 2018.

O site publicou nesta sexta-feira (27) mais documentos da entidade sobre o rigor das investigações do ataque químico ocorrido na localidade síria.

Por meio do Twitter, o Wikileaks afirmou que “quatro documentos da OPAQ revelam que toxicologistas descartaram mortes por exposição ao gás cloro e um alto oficial ordenou a eliminação do relatório de engenharia do repositório de documentos internos da OPAQ”.

No início deste ano, o Wikileaks publicou uma série de informes críticos sobre a investigação da OPAQ relativa a Douma, incluindo alguns sugerindo que o relatório final tinha adulterado fatos obtidos durante missões no território.

“Hoje o Wikileaks publica mais documentos internos da OPAQ relativos à investigação sobre o suposto ataque químico em Douma em abril de 2018”, informou o site em sua página na Internet.

Pelo Twitter, o site afirmou que atas de reunião da OPAQ com toxicologistas especializados em armas químicas diz que os “especialistas foram conclusivos” de que “não houve correlação entre os sintomas” apresentados pelos moradores da área do incidente e a “exposição ao gás cloro”.

Quando o incidente foi noticiado pela primeira vez, países ocidentais culparam Damasco pelo ataque. No entanto, o governo da Síria negou envolvimento, afirmando que a ação tinha sido efetuada por militantes locais e a organização Capacetes Brancos.

Um vídeo com supostas vítimas do ataque químico foi divulgado na época. Mais tarde, especialistas afirmaram que as cenas tinham sido encenadas.

Uma semana depois do incidente, sem esperar pelos resultados de uma investigação internacional, os Estados Unidos, Reino Unido e França lançaram ataques com mais de 100 mísseis contra o que chamaram de instalações de armas químicas sírias.

A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) visitou o local do incidente em Douma para realizar uma investigação, mas não imediatamente após o suposto ataque. Em março de 2019, a entidade publicou um relatório afirmando que o gás cloro tinha sido o “mais provável” agente químico usado no ataque, mas não culpou nenhum lado pela ação.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Trump contradiz especialista e afirma que logo haverá vacina

Presidente diz que vacina contra covid-19 estará disponível daqui a algumas semanas, apenas horas depois de diretor de agência de saúde afirmar que ampla vacinação provavelmente ocorreria apenas em 2021. O presidente dos Estados Unidos, Donald …

Médicos estão prontos para implantar o primeiro olho biônico do mundo

Um time de cientistas da Monash University (Austrália) criou um “olho biônico” que, de acordo com eles, tem o potencial de devolver a visão a cegos através de um implante no cérebro. Os pesquisadores estão a …

Um planeta do tamanho de Júpiter conseguiu sobreviver perto de uma anã branca

Normalmente, para que uma anã branca seja formada, uma estrela passa pelo fim de sua evolução através de um processo que destrói qualquer coisa que estiver por perto. Entretanto, os astrônomos se depararam com um …

Internado há uma semana com Covid-19, cacique Raoni deve deixar o hospital

Internado há uma semana, o cacique Raoni Metuktire deverá deixar o hospital onde estava internado nas próximas horas, ainda nesta sexta-feira (4). Ele se recuperou de uma inflamação cardíaca, efeito colateral da Covid-19, e …

Barbados pretende destituir Elizabeth 2ª como chefe de Estado

Barbados pretende destituir a rainha Elizabeth 2ª do cargo de chefe de Estado e se tornar uma República, anunciou na terça-feira (15/09) o governo da pequena nação caribenha, reavivando um plano discutido várias vezes no …

Fator inesperado pode estar na base da existência de antiga civilização

Especialistas consideram que o fluxo de frações de poeira grossa favoreceu a fertilidade dos solos, e, dessa forma, a sobrevivência dos primeiros humanos. Um novo estudo defende que a existência de uma antiga civilização humana poderia …

Alemanha vai receber 1.550 refugiados que tiveram pedidos de asilo aceitos na Grécia

A Alemanha vai receber cerca de 1.550 migrantes que estão espalhados em várias ilhas gregas. A chanceler Angela Merkel costurou um acordo com seu ministro do Interior, Horst Seehofer, que era reticente à proposta, …

Em estudo, pesquisadores mostram por que é tão difícil encontrar vida em Marte

Julho de 2020 foi um mês agitado: três missões foram lançadas com destino ao Planeta Vermelho e, entre elas, está a missão Mars 2020, da NASA, levando consigo o rover Perseverance e helicóptero Ingenuity rumo …

O privilégio branco da professora universitária ‘negra’ que enganou todo mundo

Acadêmica voltada para estudos sobre diásporas africanas, a norte-americana Jessica Krug sustentou a carreira sob a alegação de ser negra. Contudo, a professora assistente da George Washington University resolveu se autodeclarar branca e desmentir suas …

Yoshihide Suga é eleito primeiro-ministro do Japão

O Parlamento do Japão elegeu nesta quarta-feira (16/09) Yoshihide Suga para o cargo de primeiro-ministro, em substituição a Shinzo Abe, que renunciou por questões de saúde após quase oito anos como líder do governo. Suga, de …