Homens com certos traços de personalidade fazem mais sexo e têm mais filhos

Há muito tempo sabemos que as vantagens competitivas são essenciais para a sobrevivência humana. Agora, um novo estudo vem reforçar que no sexo e no número de filhos acontece o mesmo, com os homens se beneficiando especialmente de certos traços de personalidade.

Os homens com um determinado conjunto de traços de personalidade conseguem fazer sexo mais vezes e ter mais filhos, segundo um estudo realizado por cientistas da Universidade Tecnológica de Queensland (QUT), na Austrália, que foi publicado no jornal Personality and Individual Differences.

No que foi “o maior estudo de economia comportamental já feito na Austrália”, em torno da personalidade, do sexo e do número de filhos, os pesquisadores Stephen Whyte, Ho Fai Chan e Benno Torgler concluíram que os homens que são extrovertidos, emocionalmente estáveis, agradáveis ou conscientes têm sucesso especial.

“Ao longo da história, as vantagens competitivas ajudaram homens e mulheres a alcançarem sucesso crescente nas suas ocupações, esporte, empreendimentos artísticos, na sua capacidade para adquirir e manter recursos e, em última instância, na sobrevivência”, atesta Stephen Whyte no comunicado da QUT, explicando que a pesquisa procurou verificar se o mesmo ocorre no capítulo da atividade sexual e do número de filhos.

Os pesquisadores procuraram compreender como “traços de personalidade influenciam o acasalamento humano e o comportamento reprodutivo” e especialmente, se “certos traços de personalidade são favorecidos tanto por homens quanto por mulheres”.

Os dados para análise foram recolhidos de um inquérito realizado na Austrália, em 2016, em torno do sexo, e que levou os participantes a responderem a perguntas sobre sua realidade sociodemográfica. Tiveram ainda que realizar um teste de personalidade para assinalar cinco traços mais relevantes.

A conclusão é que há “diferenças de personalidade essenciais entre os sexos, tanto no sucesso da frequência sexual como da descendência”, explica Stephen Whyte.

“Em comparação com as mulheres, os homens relatam um maior número de fatores de personalidade que influenciam o desfecho, o que explica uma maior proporção da variação na atividade sexual”, acrescenta o economista.

“Tanto para homens quanto para mulheres, a extroversão foi equiparada a uma maior frequência sexual”, refere Stephen Whyte.

Os resultados mostraram também que “certas combinações de traços parecem resultar em uma maior frequência sexual e em mais descendentes para homens selecionados”, diz o coautor do estudo, esclarecendo que essas combinações são “alta extroversão e alta afabilidade, alta extroversão e alta conscienciosidade, e alta afinidade com alta conscienciosidade”.

A combinação de “alta extroversão e baixa abertura” também revelou estar relacionada com o aumento da descendência nos homens, enquanto nas mulheres, só as “mais agradáveis” tinham mais filhos.

As descobertas do estudo “sugerem que uma maior variação nos traços masculinos e suas combinações particulares podem fornecer uma vantagem para eles quando se trata de sexo e reprodução”, mas o mesmo não se verifica nas mulheres, conclui Stephen Whyte.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Com popularidade a mil, Signal vai contratar mais pessoas e otimizar recursos

Recentemente, o Canaltech noticiou que um simples tweet publicado pelo empresário Elon Musk fez com que o Signal, um mensageiro instantâneo conhecido por respeitar a privacidade de seus usuários e ser 100% em código aberto, …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Bolsonaro colocou vida de brasileiros em risco, diz Human Rights Watch

O novo relatório mundial da ONG Human Rights Watch (HRW) de 2021 acusa o presidente Jair Bolsonaro de tentar sabotar os esforços para retardar a disseminação da Covid-19 no Brasil e investir em políticas …

Novo navio insígnia da Rússia é considerado 'maior ameaça' pelo Ocidente

Com novos mísseis, modernos equipamentos a bordo e uma capacidade de combate única, o cruzador nuclear pesado do projeto 1144 Orlan, Admiral Nakhimov, deverá assumir o posto de navio insígnia da Marinha russa em 2022. O …

Biden anuncia pacote de estímulo de quase US$ 2 trilhões

Para revitalizar a maior economia do mundo em meio à pandemia, "Plano de resgate americano" apresentado pelo presidente eleito inclui auxílio a desempregados e escolas e investimento na vacinação. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe …

Coronavírus: Reino Unido proíbe entrada de viajantes vindos da América do Sul e de Portugal por variante encontrada no Brasil

Chegadas ao Reino Unido da América do Sul e Portugal serão proibidas a partir de sexta-feira (15/01) devido a preocupações com a variante brasileira do coronavírus. O secretário de transportes, Grant Shapps, disse que a mudança …

Vacinação nacional contra a COVID-19 começa no dia 20, às 10h

Ao que tudo indica o Brasil já tem uma data oficial para o início da vacinação, em massa, contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a …

"Futuro assustador de extinção em massa" nos espera, elite dos cientistas alerta

O planeta enfrenta um “futuro assustador de extinção em massa, declínio da saúde e distúrbios climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana por causa da ignorância e da inação, de acordo com um grupo internacional de …

Oferta de perfuração do Ártico tem fracasso histórico por falta de interessados

O recente leilão que oferecia arrendamentos de perfuração de petróleo no Ártico foi um fracasso. Esperava-se que a chamada atraísse muitos interessados em explorar a área no Alasca, mas a realidade foi outra. A notícia é …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …