Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

(dr) UNRWA

ONU entrega ajuda humanitária na cidade de Yarmouk, na Síria

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas.

A rede, ativa desde 2019, operava principalmente por meio da compra de cupons de criptomoedas cujas referências eram repassadas a contatos jihadistas na Síria e que depois eram creditadas em contas de bitcoin, explicou a Procuradoria. Com a operação, centenas de milhares de euros teriam beneficiado em particular membros da Al-Qaeda e do grupo Estado Islâmico.

Esta forma de transferir fundos marca uma ruptura com os métodos anteriores identificados pelos serviços franceses de luta contra o financiamento do terrorismo e de lavagem de dinheiro, que em sua maioria implicavam transferências de pagamento em dinheiro.

“A vigilância constante destas redes levou as organizações terroristas a buscar mais opacidade por meio do uso de moedas criptografadas como o bitcoin”, afirma um comunicado da Procuradoria.

Entre as 29 pessoas colocadas sob custódia policial na França sob suspeita de financiar o terrorismo na Síria, dez estão na lista “S” de radicalização islâmica da polícia francesa, segundo uma fonte do tribunal.

Al-Qaeda e bitcoins

Dois jihadistas franceses, identificados como Mesut S. e Walid F, ambos de 25 anos, são suspeitos de serem os arquitetos da rede. Eles trabalham no nordeste da Síria, segundo os promotores e são suspeitos de serem membros da organização Hayat Tahrir Al-Sham, uma filial do Al-Qaeda.

Os dois foram condenados a 10 anos de prisão à revelia em 2016 e são estão sujeitos a um mandado de prisão internacional. Seus cúmplices foram capturados depois de terem comprado cupons de € 10 a € 150 (R$ 66 a R$ 992) cada, em vários lugares da França nos últimos meses.

De acordo com a acusação, dezenas de pessoas que residem na França têm ido “repetidamente” desde 2019 a tabacarias para comprar anonimamente cupões de criptomoedas com um valor entre € 10 e € 150 e creditá-los em contas abertas no exterior por jihadistas. Os cupons estão disponíveis em vários pontos de venda em todo o país, sem exigir um documento de identidade.

“Risco de morte”

Para o coletivo francês Familles Unies (Famílias Unificadas), as prisões na Síria foram “realizadas em condições traumáticas” com os pais “algemados na frente de seus filhos”. As ajudas enviadas pelos franceses a seus familiares na Síria eram “conhecidas da polícia há anos” e as famílias “sempre foram transparentes a respeito”, explica em nota à imprensa o grupo que pede o repatriamento de seus parentes para a França.

“Estão se recusando a repatriar essas crianças e proibindo as famílias de lhes dar um mínimo de assistência”, denunciou Marie Dosé, advogada de vários detidos. Ela enfatizou que essas famílias “não tinham escolha a não ser enviar dinheiro desta forma” para seus parentes. “Estão pedindo às famílias que se tornem cúmplices da morte de seus entes queridos”, disse ainda a advogada.

Cerca de 150 adultos e quase 300 crianças francesas estão detidos na prisão ou em campos na Síria e no Iraque. Em Al-Hol, no nordeste da Síria, onde dezenas de milhares de deslocados estão aglomerados, 371 crianças morreram apenas em 2019.

Até agora, a França repatriou apenas 28 menores, especialmente órfãos ou filhos das poucas mães que concordaram em se separar de seus cônjuges jihadistas. Questionado pela agência AFP, a PNAT especificou que entre as 29 pessoas ouvidas sob custódia policial, “apenas seis são suspeitos, nesta fase das investigações, de terem enviado dinheiro a pessoas em campos de extremistas”.

Eles foram ouvidos “por razões relacionadas com as necessidades da investigação”. De acordo com a PNAT, mais 21 pessoas foram ouvidas em audiência pública na terça-feira, também por terem enviado dinheiro para parentes nestas condições. “A audiência dessas pessoas é necessária para estabelecer o funcionamento preciso dessa estrutura e sua abrangência”, disse a promotoria.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …