Agências da ONU prometem acabar com a fome até 2030

(dr) PMA

A iniciativa Fome Zero foi anunciada pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em 2012.

A iniciativa Fome Zero foi anunciada pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em 2012.

FAO, Ifad e PMA querem manter compromisso do Fome Zero, lançado pelo secretário-geral da ONU em 2012; diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação fala à Rádio ONU sobre as implicações da mudança climática à segurança alimentar.

Três agências da ONU se reuniram para confirmar o compromisso de erradicar a fome no mundo até 2030. A iniciativa Fome Zero foi anunciada pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em 2012.

Numa reunião em Nova York, representantes da ONU e da sociedade civil renovaram suas iniciativas de alcançar a meta como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

Fatos consumados

Em entrevista à Rádio ONU, o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, José Graziano da Silva, disse que o impacto é ainda mais severo nos países mais pobres.

“Eu acho que o que nós vimos, neste dois últimos anos, principalmente com El Niño desvastando particularmente o leste e o sudeste da África foi aterrador. Progresso de 10 anos foi perdido num espaço de um ano. Nós não podemos continuar assim. E nós não podemos reagir aos fatos consumados. Nós temos que encontrar maneira de antencipar.”

Durante o encontro, José Graziano da Silva lembrou que a iniciativa do Fome Zero nasceu no Brasil e foi adotada e adaptada a países em todo o mundo. Para ele, esta é uma tarefa não só de governos, mas do setor privado, da sociedade civil, dos pequenos agricultores, de todos.

Movimento

No evento paralelo aos debates da Assembleia Geral, estavam também a chefe do Programa Mundial de Alimentos, Ertharin Cousin, e o presidente de Gana, John Mahama.

Cousin afirmou que o pedido de união das agências na luta contra a fome partiu do líder da ONU, Ban Ki-moon, que pediu aos chefes do PMA, do Ifad e da FAO que formassem um verdadeiro movimento para erradicar o desafio, que afeta hoje 800 milhões de pessoas em todo o mundo.

Já o presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, Ifad, Kanayo F. Nwanze, disse que é preciso voltar a atenção para as áreas rurais que concentram as pessoas mais pobres e famintas do mundo.

Para José Graziano da Silva, é preciso ainda trabalhar com doadores para responder a situações inesperadas como aconteceu há alguns anos, no nordeste do Brasil que enfrentou enchentes após um período de seca.

Fome zero emergencial

“Estamos fazendo um apelo hoje principalmente aos doadores. Estamos pondo em marcha o que eu chamo de um programa fome zero emergencial, que foi testado a primeira vez no nordeste brasileiro em 2003. Numa condição muito similar. O nordeste vinha de três anos de seca e estava se preparando para enfrentar fortes chuvas.”

José Graziano da Silva participou de vários eventos paralelos durante a Assembleia Geral incluindo um encontro de alto nível sobre resistência antimicrobiana que também contou com a participação da diretora-geral da Organização Mundial da Saúde, Margaret Chan.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

MDZhB: a misteriosa rádio soviética que segue emitindo sinais e ruídos há quase 50 anos

Uma misteriosa estação de rádio segue ininterruptamente transmitindo somente ruídos estáticos interrompidos por sons robóticos há mais de quatro décadas. Conhecida como UVB-76 ou MDZhB, os sinais da rádio são transmitidos de dois diferentes pontos da …

Atmosfera da Terra primitiva pode ter sido tão tóxica quanto a de Vênus hoje

Pesquisadores tentaram reproduzir o equilíbrio delicado entre os gases que evaporaram do oceano de magma e a atmosfera que eles podem ter criado, e descobriram que esta seria fina e composta por dióxido de carbono …

Enorme monolito misterioso descoberto no deserto de Utah

Uma ocorrência totalmente comum. Você está em um helicóptero sobrevoando uma região remota do sul de Utah contanto cabras e bodes selvagens, quando de repente avista um monolito inexplicável saindo do solo. A KSL TV, relatou …

Funcionário de funerária é demitido após tirar selfie com corpo de Maradona

Foi demitido o funcionário da funerária responsável pelo velório do ex-jogador Diego Armando Maradona que tirou uma foto ao lado do caixão com o corpo do astro, enterrado nesta quinta-feira, dia 26, na Grande Buenos …

Museu de Londres reunirá relatos de sonhos de britânicos na pandemia

Projeto visa documentar mudanças no sono causadas pelo confinamento e pela crise gerada com a covid-19, além de coletar narrativas sobre o período para gerações futuras. Mudanças no sono aparentemente têm sido comuns durante a pandemia …

'O Gambito da Rainha': série da Netflix ignora sexismo no xadrez, diz ex-campeã

Existem várias cenas comoventes em O Gambito da Rainha, a série da Netflix que conta a história fictícia de Beth Harman, uma jovem prodígio do xadrez da década de 1960. Em uma delas, um jogador experiente …

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …