Está sempre com fome? A culpa pode ser de um único ingrediente

Costuma sentir muita fome e não consegue perceber entender por quê? A explicação pode estar na quantidade de sódio que você anda consumindo.

O sódio, elemento químico de origem mineral que está presente em grande quantidade no sal, é considerado atualmente um dos maiores vilões da saúde.

Um novo estudo, publicado no periódico científico Journal of Clinical Investigation, sugere que a ingestão de grandes quantidades de sódio aumenta a sensação de fome, o que pode contribuir para o aumento de peso.

Além disso, ao contrário do que diz a sabedoria popular, o consumo de altos níveis da substância pode fazer com que beba menos líquidos e não mais, segundo o Health.com.

Pesquisadores alemães e norte-americanos acompanharam 10 astronautas russos que participaram em programas de simulação de voo entre 2009 e 2011. Na época, os astronautas viviam em ambientes estritamente controlados, o que os tornava participantes ideais para pesquisas metabólicas e nutricionais.

O objetivo dos autores era analisar o que aconteceria no corpo dos astronautas após uma redução gradual na quantidade de sódio ingerida, diariamente, de 12 gramas (quantidade média da dieta russa) para 6 gramas (quantidade recomendada por especialistas em saúde).

Para surpresa dos cientistas, os resultados mostraram que os participantes bebiam menos água quando ingeriam maiores quantidades de sal. A descoberta podia ter duas explicações: ou seus corpos estavam conservando água ou produzindo mais água, em vez de a expelir com o sal, como os pesquisadores esperavam que acontecesse.

“Faz sentido que, numa dieta rica em sal, o corpo queira prevenir a perda de água. Então, os rins precisam encontrar uma forma de aumentar a quantidade de água e, se há um alto teor de água no corpo, sentimos menos sede”, diz Jens Titze, um dos autores do estudo e professor de medicina e biofísica na Universidade Vanderbilt, nos EUA.

Os voluntários disseram ainda ter mais fome na dieta com alto teor de sódio, apesar de ingerirem a mesma quantidade de calorias e nutrientes da alimentação com menos sal. Uma explicação é que o corpo gasta mais energia para conservar a água.

“Acredito que se tivéssemos oferecido mais comida aos astronautas, eles teriam comido demais e ganhado peso”, nota Titze.

Em outro estudo, os pesquisadores replicaram as descobertas em ratos. Os resultados mostraram que os animais submetidos a uma dieta rica em sal comeram mais do que aqueles que ingeriram menores quantidades do ingrediente e tiveram uma quebra de proteínas musculares.

Além disso, o processo de quebra foi alimentado pelo aumento de glucocorticoides – compostos que, nos humanos, têm sido associados ao desenvolvimento de diabetes, obesidade, doenças cardíacas e osteoporose.

Para Titze, isso é significativo porque, até agora, os cientistas se focaram apenas no aumento da hipertensão causado pelo sódio. “As nossas descobertas sugerem que há muito mais”, salienta.

Se a teoria se comprovar, o autor acredita que reduções na quantidade de sódio em comidas prontas e em alimentos industrializados poderiam prevenir alguns dos efeitos prejudiciais no metabolismo e no apetite.

Até lá, a estratégia sugerida para manter o peso é “comer menor quantidade de tudo, e automaticamente irá ingerir menos sódio”, diz Titze. Concluindo, o cientista sugere que as pessoas “façam mais exercício e comam menos” – algo que não é o primeiro a sugerir.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Incêndios florestais matam quatro pessoas e centenas de cangurus na Austrália

O número de vítimas pelos incêndios no leste da Austrália, onde 140 focos ainda continuam ativos, subiu para quatro nesta quinta-feira (14), com a descoberta de um cadáver perto da cidade de Kempsey, em Nova …

Holanda reduzirá limite de velocidade para combater poluição

O governo da Holanda reduzirá o limite máximo de velocidade nas rodovias do país como parte de uma série de medidas para combater as emissões de óxido de nitrogênio, geradas em grande parte por veículos …

A polêmica sobre campos de extermínio nazistas que opôs a Polônia ao Netflix

O primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, enviou uma carta ao Netflix insistindo em mudanças no documentário The Devil Next Door (o diabo ao lado), sobre campos de extermínio nazistas. Na carta enviada no domingo, 10, e …

O único problema de ser filho único é o estigma

Filhos únicos possuem uma péssima reputação. Quantas vezes você não observou algum pai ser criticado por escolher ter apenas um pimpolho? “Ele vai ficar mimado, muito sozinho, egoísta, etc. etc. etc”. É um senso comum. Parece, …

Epidemia mundial: Pneumonia mata uma criança de menos de 5 anos a cada 39 segundos

O Dia Mundial da Pneumonia é comemorado em 12 de novembro. A data foi proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção da doença, …

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …

Cão aprende a falar usando máquina de escrever e já sabe 29 palavras

Stella tem 18 meses e, apesar de ser um cachorro, já sabe “falar” mais do que muitos humanos da sua idade. Através de uma máquina criada por sua tutora, o animal consegue se comunicar usando …

Saída de Lula da prisão pode ser “oportunidade” para Bolsonaro, diz especialista ao Le Monde

O jornal Le Monde deste domingo e segunda-feira, feriado em que a França comemora o Armistício da Primeira Guerra Mundial, traz uma reportagem de página inteira sobre a liberação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da …