Está sempre com fome? A culpa pode ser de um único ingrediente

Costuma sentir muita fome e não consegue perceber entender por quê? A explicação pode estar na quantidade de sódio que você anda consumindo.

O sódio, elemento químico de origem mineral que está presente em grande quantidade no sal, é considerado atualmente um dos maiores vilões da saúde.

Um novo estudo, publicado no periódico científico Journal of Clinical Investigation, sugere que a ingestão de grandes quantidades de sódio aumenta a sensação de fome, o que pode contribuir para o aumento de peso.

Além disso, ao contrário do que diz a sabedoria popular, o consumo de altos níveis da substância pode fazer com que beba menos líquidos e não mais, segundo o Health.com.

Pesquisadores alemães e norte-americanos acompanharam 10 astronautas russos que participaram em programas de simulação de voo entre 2009 e 2011. Na época, os astronautas viviam em ambientes estritamente controlados, o que os tornava participantes ideais para pesquisas metabólicas e nutricionais.

O objetivo dos autores era analisar o que aconteceria no corpo dos astronautas após uma redução gradual na quantidade de sódio ingerida, diariamente, de 12 gramas (quantidade média da dieta russa) para 6 gramas (quantidade recomendada por especialistas em saúde).

Para surpresa dos cientistas, os resultados mostraram que os participantes bebiam menos água quando ingeriam maiores quantidades de sal. A descoberta podia ter duas explicações: ou seus corpos estavam conservando água ou produzindo mais água, em vez de a expelir com o sal, como os pesquisadores esperavam que acontecesse.

“Faz sentido que, numa dieta rica em sal, o corpo queira prevenir a perda de água. Então, os rins precisam encontrar uma forma de aumentar a quantidade de água e, se há um alto teor de água no corpo, sentimos menos sede”, diz Jens Titze, um dos autores do estudo e professor de medicina e biofísica na Universidade Vanderbilt, nos EUA.

Os voluntários disseram ainda ter mais fome na dieta com alto teor de sódio, apesar de ingerirem a mesma quantidade de calorias e nutrientes da alimentação com menos sal. Uma explicação é que o corpo gasta mais energia para conservar a água.

“Acredito que se tivéssemos oferecido mais comida aos astronautas, eles teriam comido demais e ganhado peso”, nota Titze.

Em outro estudo, os pesquisadores replicaram as descobertas em ratos. Os resultados mostraram que os animais submetidos a uma dieta rica em sal comeram mais do que aqueles que ingeriram menores quantidades do ingrediente e tiveram uma quebra de proteínas musculares.

Além disso, o processo de quebra foi alimentado pelo aumento de glucocorticoides – compostos que, nos humanos, têm sido associados ao desenvolvimento de diabetes, obesidade, doenças cardíacas e osteoporose.

Para Titze, isso é significativo porque, até agora, os cientistas se focaram apenas no aumento da hipertensão causado pelo sódio. “As nossas descobertas sugerem que há muito mais”, salienta.

Se a teoria se comprovar, o autor acredita que reduções na quantidade de sódio em comidas prontas e em alimentos industrializados poderiam prevenir alguns dos efeitos prejudiciais no metabolismo e no apetite.

Até lá, a estratégia sugerida para manter o peso é “comer menor quantidade de tudo, e automaticamente irá ingerir menos sódio”, diz Titze. Concluindo, o cientista sugere que as pessoas “façam mais exercício e comam menos” – algo que não é o primeiro a sugerir.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Não precisa sofrer. Carnaval começa cedo em 2021

Com a chegada da quarta-feira de Cinzas, está declarado o fim do Carnaval 2020… Ok, vai… Dá para fazer mais um bota fora na sexta e sábado dessa semana, pois, como sempre, brasileiro dá o …

Coronavírus: antiga vacina pode ter resposta para prevenção contra Covid-19

Novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 continuam a se espalhar pelo mundo, mesmo que em velocidade menor de propagação, e sem nenhuma vacina ou medicamento para a prevenção — pelo menos até agora. Já são mais de …

Líderes políticos condenam apoio de Bolsonaro a ato anti-Congresso

Presidente teria compartilhado com aliados convocação para manifestações a seu favor e contra o Legislativo. Lula, FHC, OAB e outras lideranças alertam contra ameaça às instituições democráticas e à Constituição. Líderes políticos de várias correntes e …

A menina de 6 anos que foi presa por se comportar mal na escola nos EUA

Imagens gravadas pela câmera corporal de um policial mostram o momento em que uma criança de seis anos foi presa em uma escola de Orlando, na Florida, em setembro de 2019. As mãos da menina foram …

Achado 'elo perdido' bacteriano fundamental a pensamento e memória do ser humano

Os canais de cálcio que se abrem e fecham em resposta a sinais elétricos no cérebro são essenciais para o pensamento, memória e contrações musculares. A descoberta de um canal de cálcio que é possivelmente um …

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …