Alemanha multará em 50 milhões de euros redes sociais com posts de ódio

Apelidada de “Lei do Facebook”, uma novidade que entrará em vigor em outubro na Alemanha exigirá que as redes sociais removam conteúdos com discurso de ódio em um prazo de 24 horas. Do contrário, os serviços serão multados em 50 milhões de euros.

Os parlamentares alemães aprovaram a nova legislação nesta sexta (30), e considera como redes sociais não somente o Facebook, mas também Twitter, YouTube e qualquer outro site que possua mais de dois milhões de usuários nativos da Alemanha.

Quando alguém denunciar um conteúdo por conter discurso de ódio, caso comprovado, terá apenas um dia para removê-lo. Já caso o conteúdo não seja flagrantemente agressivo, essa análise poderá ser feita em até sete dias.

Além da multa de 50 milhões de euros caso haja o descumprimento do prazo previsto pela nova lei, as empresas poderão, ainda, ser penalizadas em até 50 milhões de euros. Tudo vai depender de cada caso, de acordo com o que as postagens estão exibindo e da postura das empresas.

Mas já há grupos defensores da liberdade na internet se declarando contra a medida.

Esses grupos estão argumentando que o tempo para analisar um conteúdo não deve ser limitado, o que pode gerar uma onda de censura acidental, já que as redes sociais preferirão simplesmente retirar qualquer conteúdo denunciado do ar, do que se dar ao trabalho de analisar caso a caso minuciosamente.

O Facebook já se manifestou sobre o assunto, dizendo que “as melhores soluções serão encontradas quando o governo, sociedade civil e indústria trabalharem juntos”. Sobre a nova lei, a companhia de Mark Zuckerberg declarou que “essa lei, colocada como está, não vai melhorar os esforços para combater esse importante problema social”.

A empresa dona da maior rede social do mundo também disse acreditar “que a alta de escrutínio e de consulta não fazem justiça à importância desse assunto”, explicando que continuarão “fazendo tudo o que podemos para garantir a segurança para as pessoas em nossa plataforma”.

Contudo, o ministro da Justiça da Alemanha crê que, sem uma punição severa, as empresas como o Facebook não se comprometeriam tanto quanto é necessário para coibir discursos de ódio em suas redes.

“A experiência mostrou que, sem pressão política, os grandes operadores das plataformas não cumprirão suas obrigações, e essa lei é imperativa”. Nos últimos dois anos, os crimes de ódio aumentaram em quase 300% na rede somente no país europeu.

A nova lei surge depois que o governo alemão criticou a postura das redes sociais quanto às suas posturas com relação à remoção de publicações odiosas, sendo que, em 2016, Facebook, Twitter e YouTube já haviam fechado um acordo para retirar do ar dentro de 24 horas publicações com esse teor, desde que infringissem o Código Penal da Alemanha.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Dinossauro paulista: fóssil de cerca de 65 milhões de anos paralisa obras de rodovia

Obras foram retomadas nesta segunda-feira (26) após a extração do osso de Titanossauro ser concluída. O achado parou a duplicação da SP-333, no interior do estado, por dois meses. A duplicação da Rodovia Dona Leonor Mendes …

Hong Kong condena primeiro réu pela lei de segurança nacional

Tong Ying-kit, de 24 anos, foi considerado culpado nesta terça-feira (27/07) por incitar a secessão e o terrorismo, tendo se tornado a primeira pessoa condenada pela lei de segurança nacional de Hong Kong, imposta por …

Estudo de genoma revela qual inseto foi 1º a ser extinto pelo homem nos EUA

DNA de borboleta de 93 anos confirma primeiro caso de extinção de inseto por culpa do homem nos EUA. Espécie foi vista pela última vez em São Francisco no início dos anos 1940. Uma equipe de …

A vida secreta dos filhos dos neandertais

Em qualquer verão normal, a famosa Praia de Castilla, na Espanha, uma faixa perfeita de areia de 20 km cercada por uma reserva natural e próxima a um centro turístico, estaria coberta de pegadas de …

“Bolsonaro não está dando os anéis, mas os dedos para tentar salvar o braço”, diz cientista política

O novo ministro super poderoso do governo de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira, nomeado para a Casa Civil, toma posse esta semana. Apesar de todo o fisiologismo, a analista Graziella Testa, da Escola de Políticas …

Não vacinados ameaçam combate à covid nos EUA

Em meio à disseminação de teorias da conspiração e a uma alta das infecções pelo coronavírus entre não vacinados, autoridades de saúde dos EUA lutam para convencer mais pessoas a se imunizarem contra a covid-19. Em …

Helicóptero da NASA estabelece novo recorde durante seu 10º voo em Marte

Neste sábado (24) o pequeno helicóptero da NASA em Marte, Ingenuity, conseguiu ultrapassar a marca de 1,6 km de distância percorrida acumulada após sobrevoar uma região rochosa na cratera Jezero. No sábado, o helicóptero robótico completou …

A curiosa rejeição de parte dos franceses ao passaporte sanitário na pandemia

No país onde o debate é uma espécie de esporte nacional, qualquer imposição verticalizada do governo pode ser considerada um acinte. Desde a Revolução, os franceses alimentam uma espécie de ojeriza ao compulsório que …

Astrônomo amador descobre nova lua na órbita de Júpiter

O corpo celeste recebeu o nome provisório de EJc0061 e mais provável é que seja um novo membro do grupo Carme, que orbita o planeta junto a outras 78 luas. O estudante Kai Ly se tornou …

Microsoft diz que 70% dos brasileiros já foram alvos do golpe de suporte técnico

Imagine estar navegando pela internet e se deparar com uma janela afirmando que há algo de errado com sua instalação do Windows. Ao clicar, você consegue entrar em contato com um técnico, que dá instruções …