Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca.

E as montadoras de automóveis serão as primeiras a usarem a tecnologia de Inteligência Artificial da gigante do e-commerce. O objetivo é desenvolver assistentes digitais personalizados para seus carros.

As montadoras – e também outras empresas – acessarão o chamado Alexa Custom Assistant para ter mais controle sobre a experiência do software. Com o código em mãos, as empresas poderão criar suas próprias palavras de ativação e interação para o assistente, além de desenvolver recursos customizados. A Amazon também informou que esses assistentes personalizados coexistirão com a Alexa. Ou seja, a companhia de Jeff Bezos também terá seu software integrado nos futuros carros.

“O Alexa Custom Assistant reduz o custo e a complexidade da construção de assistentes inteligentes em automóveis, eletrônicos de consumo, aplicativos móveis, propriedades inteligentes e videogames”, afirmou a Amazon no blog oficial da Alexa. “Construir um assistente inteligente é complexo, demorado e caro. Além disso, a taxa de inovação e mudança está acelerando e os assistentes estão sempre melhorando e ficando mais inteligentes, exigindo investimentos contínuos substanciais. O Alexa Custom Assistant aborda esse desafio, permitindo que as empresas aproveitem a tecnologia de primeira classe da Alexa para criar seu próprio assistente inteligente sem o investimento, longos ciclos de desenvolvimento e recursos para construí-lo do zero e manter ao longo do tempo”.

O que a Alexa Custom Assistant oferece?

A Amazon explica que o Alexa Custom Assistant baseia-se no aprimoramento constante da compreensão da linguagem falada, roteamento de intenções e orquestração de respostas para fornecer uma interface / interação natural, inteligente e conversacional. Além disso, as empresas terão acesso às chamadas wake words personalizadas, que são criadas usando o mesmo processo de última geração utilizado para desenvolver a wake word da Alexa e implantadas por meio do mecanismo de alta precisão Alexa da marca.

Além disso, para criar respostas de voz naturais, cada marca pode escolher a sua própria voz, que será exclusiva. A Amazon afirma que disponibilizará especialistas em ciências da voz que trabalham na Alexa. Eles guiarão as outras companhias ao longo do processo de gravação e do desenvolvimento desta voz customiza. Para isso, usarão algoritmos avançados de aprendizado de máquina para criar a biblioteca de áudio. Por fim, os desenvolvedores podem aproveitar os recursos pré-construídos da Alexa, como pesquisa local, clima, cronômetros e alarmes, para acelerar ainda mais o tempo de lançamento no mercado.

Outra característica do Alexa Custom Assistant é que ele permite que o assistente da marca terceira e a Alexa cooperem para atender ao pedido do cliente. Esse recurso é habilitado por Inteligência Artificial para garantir que cada solicitação seja encaminhada ao assistente que seja mais capaz de fornecer a experiência mais relevante e agradável. Por exemplo, se um cliente pede a Alexa para abrir a janela de um carro ou pergunta como solucionar um problema de dispositivo, a solicitação será encaminhada para o assistente da marca. Se um cliente pedir ao assistente da marca para tocar um audiolivro, a solicitação será encaminhada para Alexa. E assim por diante.

Além disso, a presença da Alexa ao lado do assistente desenvolvido pela marca terceira também fornece aos clientes, acesso a dezenas de milhares de habilidades e integrações, como casa inteligente, entretenimento, curiosidades, jogos, compras, pedido de alimentos e bebidas, serviços de mobilidade e muitos outros. Na questão da sensibilidade das informações, a Amazon garante que gerencia os dados e aplica as mesmas políticas de privacidade e segurança em vigor para Alexa.

Fiat Chrysler será a primeira a usar a Alexa Custom Assistant

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou também nessa sexta-feira que será a primeira montadora a implementar a Alexa Custom Assistant. A solução será integrada diretamente no espaço da Alexa, dentro do sistema Uconnect da FCA e pode ser adaptada para a personalidade de cada marca do grupo.

A FCA afirma que aproveitará a capacidade de ter duas assistentes de voz no veículo, para que elas cooperem simultaneamente para atender às solicitações do cliente. Isso permite que a assistente inteligente da FCA atue como especialista do produto com recursos e capacidades específicos para o veículo, enquanto a Alexa ajuda o consumidor com o clima, controle da casa, música, entre outras necessidades diárias.

“Nossos clientes esperam se conectar facilmente com seus estilos de vida digitais onde quer que estejam e hoje respondemos com planos para oferecer novas experiências inteligentes construídas na tecnologia de IA de voz de classe mundial da Alexa”, disse Mark Stewart, presidente da FCA para a América do Norte. “Esperamos expandir a parceria com a Amazon e a integração da Alexa Custom Assistant em nosso sistema, o Uconnect, à medida que continuamos em nosso caminho para colocar as necessidades e expectativas do usuário no centro de tudo o que fazemos.”

A FCA afirma ainda que já iniciou o processo de planejamento para a integração da Alexa Custom Assistant em seus futuros modelos.

A exemplo de Apple e Google que já estão nessa área há mais tempo, a Amazon fechou alguns acordos com fabricantes de automóveis, mais recentemente com a Lamborghini e a startup de veículos elétricos Rivian, anunciados nessa semana, durante a CES 2021. Eles terão integrações diretas com a Alexa e a plataforma Echo Auto, também da Amazon, pode ser acessada através de um aplicativo móvel ou por um dongle que o usuário conecta ao carro.

Por fim, a Amazon diz que o Alexa Custom Assistant está disponível a partir desta sexta-feira em qualquer país onde a Alexa já atue: EUA, Canadá, Reino Unido, Áustria, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Espanha, Japão, Índia, Austrália, Nova Zelândia, México e Brasil. Outras nações serão adicionadas posteriormente.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

UE exportou mais de um bilhão de doses contra Covid-19, diz Comissão Europeia

A União Europeia exportou mais de um bilhão de doses de vacinas contra a Covid-19 para mais de 150 países. Essa quantidade representa a metade das doses produzidas na Europa, de acordo com dados …

Colin Powell, ex-secretário de Estado dos EUA, morre aos 84 anos

Primeiro negro a ocupar topo da diplomacia e da máquina militar americana, ex-general teve papel de destaque na Guerra do Golfo e arranhou sua credibilidade ao apoiar a invasão do Iraque uma década depois. Colin Powell, …

Criminosos usam escaneamento por código do próprio usuário para 'sequestrar' contas do WhatsApp

Em 2019, um relatório divulgado pelo laboratório de pesquisa da empresa de segurança virtual Eset alertou que uma das formas crescentes de sequestro de contas do WhatsApp era feita por meio de um ataque conhecido …

EUA: Manobras de Trump bloqueiam investigação sobre invasão do Capitólio

Vários parceiros e associados do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se recusaram a comparecer à comissão da Câmara que investiga a invasão de 6 de janeiro de 2021 contra o Capitólio, sede do …

Dor nos olhos após COVID-19: cientistas explicam causa de complicação inesperada do vírus

Uma pesquisa de cientistas alemães mostrou que o coronavírus pode penetrar nos olhos e infectar os fotorreceptores e células ganglionares na retina. Isso pode ser uma causa de problemas com os olhos após a COVID-19. Os …

Estudo mostra como mudanças climáticas afetarão a energia hidrelétrica no Brasil

Um novo relatório publicado pela Global Environmental Change revela que, nas próximas décadas, as reduções de precipitação e vazão dos rios na região amazônica — a maior bacia hidrográfica do mundo e uma forte candidata …

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …