Ariana Grande canta para 50 mil em Manchester em homenagem às vítimas do terrorismo

A cantora americana Ariana Grande participou neste domingo de um show beneficente realizado em Manchester, junto a outros artistas internacionais, em homenagem às vítimas do ataque terrorista cometido nessa cidade inglesa no último dia 22 de maio, que deixou 22 mortos e 64 feridos.

Em meio a grandes medidas de segurança ao redor do estádio Emirates Old Trafford, com capacidade para 50.000 pessoas, o espetáculo “One Love Manchester” contou também com a presença de representantes políticos e líderes de diferentes credos religiosos.

Ariana Grande protagonizou um dos momentos mais emocionantes do show, uma vez que foi exatamente ao final de um show seu há duas semanas que um terrorista suicida, Salman Abadi, detonou um artefato e matou 22 pessoas, entre elas várias crianças.

Vestida com um moletom branco com o slogan “One Love Manchester“, e muito aclamada a todo momento por seus muitos fãs, a americana interpretou seus sucessos “Be Alright” e “Break Free”.

A cantora voltou ao palco mais tarde acompanhada de Victoria Monet, ambas com a mesma roupa, e também participou de outra apresentação com o Black Eye Peas.

No esperado show também se apresentaram outros artistas como Marcus Mumford, líder do grupo Mumford And Sons, que abriu o show, e o grupo britânico Take That, com Robbie Williams, além de Pharrell Williams e Miley Cyrus.

O show esteve muito marcado também pelos sentimentos ainda à flor de pele devido ao atentado ocorrido na noite deste sábado em Londres.

Nesse novo ataque jihadista, que começou na London Bridge e se estendeu ao Borough Market, sete pessoas morreram e outras 48 tiveram que ser hospitalizadas, das quais 36 seguem internadas, 21 delas em estado crítico, segundo os últimos dados.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oxford testa ivermectina como possível tratamento contra covid-19

Universidade quer verificar se medicamento antiparasitário pode trazer benefícios a infectados pelo coronavírus e evitar hospitalizações. Remédio é defendido por Bolsonaro como parte do chamado tratamento precoce. A Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirmou nesta …

Aquecimento global fará milhões de vítimas, diz texto da ONU

Dezenas de milhões de pessoas deverão sofrer de fome, seca e doenças nas próximas décadas devido às mudanças climáticas, segundo rascunho de relatório de 4 mil páginas preparado por painel de especialistas. As mudanças climáticas irão …

Blocos flutuantes podem indicar que Vênus está geologicamente ativo

Uma equipe internacional de cientistas descobriu que a superfície de Vênus possui um manto gelatinoso, com pedaços sólidos de crosta flutuando e se movimentando como blocos de gelo. Para os especialistas, esta atividade fornece possíveis indicações …

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …