Arqueólogos revelam história de múmia misteriosa de 1.900 anos com retrato

Stuck in Customs / Flickr

Cientistas norte-americanos examinaram a infame múmia Hibbard com uma máquina de raio-x de elevada energia para ver se conseguiam desvendar o mistério da amostra de 1.900 anos de idade.

Encontrada por arqueólogos em 1911 em Hawara, no Egito, a múmia de uma menina de 5 anos de idade foi transferida na última segunda-feira para o laboratório Argonne National Laboratory, em Washington (EUA), por especialistas da Universidade Northwestern, que tentam “juntar as peças da história dela”.

Embora ainda haja muita informação para analisar, os cientistas conseguiram determinar nos cálculos preliminares que a criança teria sido afetada por uma doença como varíola ou malária, já que não tem feridas visíveis.

Além disso, graças à tomografia computadorizada, os especialistas encontraram vários objetos embrulhados juntamente com a menina e até dentro do próprio corpo.

Na cabeça da múmia, os arqueólogos encontraram um objeto em forma de bola que, segundo eles, substituiu o cérebro durante o processo de mumificação. Além disso, também encontraram fios nos dentes da menina e cerca de 20 pinos enfiados em invólucros ao redor da cabeça e pés.

Apesar de não serem capazes de identificar o objeto, especialistas detectaram no estômago algo parecido com uma pedra.

“Toda a informação que encontramos nos ajudarà a enriquecer o contexto histórico da múmia desta menina e do período romano no Egito”, afirmou um dos pesquisadores envolvidos no estudo.

Ainda por cima, o estudo dos ossos da múmia poderia permitir aos arqueólogos prever melhor os riscos de fratura óssea.

“Eu queria comparar populações que tinham um estilo de vida ativo com as populações modernas com estilo sedentário”, afirmou um dos cientistas, acrescentando que agora os especialistas podem prever riscos de fraturas corretamente em 80% dos casos, mas podem aumentar em até 95% este indicador.

A múmia Hibbard é especialmente notável pelo rosto. Em vez de uma máscara facial tridimensional de ouro, como a do faraó Tutancamon, as múmias com retratos (Retratos de Faium) possuem uma pintura realista do seu rosto feita sobre um painel de madeira.

Ciberia // Sputnik News / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …