Avião do voo MH370 poderia ter pousado e decolado após desaparecimento

(cv) BBC

O sumiço repentino do avião da Malaysian Airlines que fazia o voo MH370 – um dos maiores mistérios da aviação de todos os tempos – parece ainda estar muito longe de ser resolvido.

Uma das fontes mais seguras de informação até agora sobre a trajetória do voo e sua possível localização têm sido as comunicações via satélite da Boeing.

A companhia aérea malaia informou que havia perdido o contato com a aeronave 38 minutos após a decolagem e que o avião ficou eletronicamente “escuro”. Após uma hora, quando o voo 370 sobrevoava o oceano Índico, o seu sistema de satélite fez um pedido inesperado de “logon” a um satélite.

Apesar de o avião ter voado para fora do alcance do radar civil, os investigadores ainda conseguiram rastreá-lo analisando radares militares e comunicações via satélite, o que mostrou que o MH370, depois de fazer um desvio sobre o mar do Sul da China e mais tarde sobre o estreito de Malaca, voou em direção ao sudoeste do oceano Índico.

Há hipóteses e pesquisadores que sugerem que o avião provavelmente estava operando em piloto automático enquanto voava para o sul porque viajava em linha reta.

Para o escritor americano e jornalista científico Jeff Wise “a grande incógnita foi o que aconteceu entre as 18h28 e as 19h41, quando a comunicação por satélite foi ligada”, disse ao Daily Express. “Teria o avião feito uma única volta ou voado em círculos, ou talvez até aterrissado em algum lugar, e então decolado novamente?”, questionou o jornalista.

Wise considera que, se o avião tivesse pousado e decolado novamente, isso poderia ter acontecido na Malásia ou em outro lugar próximo, como na Tailândia, Indonésia, Camboja ou Vietnã.

Segundo ele, o “logon” da aeronave foi uma das “pistas mais significativas” na caçada ao MH370, além de invalidar a teoria de que o Boeing 777 teria sofrido alguma falha ou sido sequestrado por um dos pilotos. O jornalista então sugere que o avião tenha sido tomado por passageiros com conhecimentos em tecnologia.

Em maio de 2018, o governo da Malásia desistiu das tentativas de busca do voo fatal após anos de procura. Uma empresa privada de exploração de leitos marinhos dos EUA, a Ocean Infinity, também realizou uma busca sem êxito. O desaparecimento do voo MH370 aconteceu no dia 8 de março de 2014, quando voava de Kuala Lumpur para Pequim com 239 passageiros a bordo.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Anistia Internacional denuncia mais de 100 mortes em protestos no Irã

ONG relata uso de munição real contra manifestantes e diz que total de mortos pode ser ainda maior. Presidente e líder supremo dizem que país teve êxito ao lidar com distúrbios provocados por inimigos externos. A …

Áustria decide sobre polêmica do destino da casa onde nasceu Hitler

Por enquanto, parece ter se encerrado a polêmica sobre qual destino dar à residência onde nasceu Adolf Hitler. O edifício, que fica na Áustria, se tornará uma delegacia de polícia, segundo anunciou o governo austríaco …

Satélites Starlink já estão atrapalhando observações astronômicas

Em maio, Elon Musk garantiu que seus satélites Starlink não causariam impactos nas observações astronômicas — declaração dada pelo Twitter logo após o lançamento dos primeiros 60 satélites do projeto que visa pelo menos 12 …

As celebridades no esporte que adoram poker - 7 esportistas que jogam poker por lazer!

O poker está cada dia mais alcançando um status como esporte e poderá até mesmo se tornar um esporte olímpico. Desde 2009, o poker é considerado mundialmente como um esporte da mente pela International Mind Sports …

Tiro de PM causou morte da menina Ágatha no Rio, aponta inquérito

A Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou nesta terça-feira (19/11) que um cabo da Polícia Militar foi indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar) pela morte de Ágatha Vitória Sales Félix, de …

Caminhão com dobro do peso autorizado causou queda de ponte na França

O desabamento de uma ponte no sul da França, que causou a morte de duas pessoas na manhã de segunda-feira (18), foi provavelmente provocado pela passagem de um caminhão que pesava mais de 40 toneladas, …

Suécia suspende investigações de estupro contra Julian Assange

Autoridades da Suécia anunciaram nesta terça-feira (19) que vão desistir das investigações de estupro contra Julian Assange, fundador do WikiLeaks, que segue preso em Londres. Depois de terem sido suspensas em 2017, as investigações foram …

Novo mapa de Titã revela que a lua de Saturno é coberta por material orgânico

Cientistas montaram o primeiro mapa geológico global de Titã, uma das principais luas de Saturno, graças aos dados fornecidos pela sonda Hyugens — lançada em 1997 com a missão Cassini. Além de ser a única lua …

Desmatamento na Amazônia atinge maior nível desde 2008

Entre agosto de 2018 e julho de 2019, o desmatamento da Floresta Amazônica cresceu 29,5% em comparação com os 12 meses anteriores. Ao todo, a floresta perdeu uma área de 9.762 km² (equivalente a sete …

Conheça a vodka feita de ‘nada’, produzida a partir de energia solar, água e CO2

Bebida originária da Europa Oriental, a vodka é um destilado que pode ser obtido a partir do arroz, cevada, milho, trigo, centeio e até ervas. E se a gente te contasse que um grupo de empreendedores …