Mistério da carta de Abraham Lincoln teria sido finalmente resolvido

Alexander Gardner (1821–1882)

Abraham Lincoln, o 16º presidente dos EUA

Linguistas forenses acreditam ter resolvido o mistério da famosa “Carta Bixby”, datada da época da Guerra Civil norte-americana, que historiadores atribuem ao presidente Abraham Lincoln. Mas, afinal, a carta não teria sido escrita por ele.

Conhecida como a “Carta Bixby” e datada de 1864, o texto foi enviado a uma mãe de Boston, Lydia Bixby, a fim de confortá-la pela perda dos seus cinco filhos na guerra civil norte-americana.

Assinada A. Lincoln, a carta sempre foi atribuída ao 16º presidente dos EUA, mas havia também suspeitas de que poderia ter sido escrita pelo seu secretário, John Hay. Uma equipe de linguistas forenses das Universidades de Manchester e de Aston, no Reino Unido, recorreu a tecnologia de ponta para desfazer o mistério, e concluiu com 90% de certeza que a mão que escreveu a carta foi a de Hay.

Os investigadores aproveitaram uma técnica que procura sequências linguísticas e que ajudou a desvendar que o escritor Robert Galbraith, autor do livro The Cuckoo’s Calling (O Chamado do Cuco), é, na verdade, JK Rowling, autora da saga “Harry Potter”.

A partir desta técnica, os investigadores desenvolveram uma série de programas de computador para analisar centenas de textos escritos por Lincoln e Hay. Depois de testar mil textos, 500 de cada um, concluíram que foi o secretário de Lincoln que escreveu a carta, informa a Universidade de Manchester em comunicado.

“Carta Bixby”

“A maior parte do que vemos na carta Bixby encontra-se na escrita de Hay, mas não na de Lincoln”, esclarece Andrea Nini, da Universidade de Manchester envolvido na pesquisa, em declarações à Fox News.

A carta original está desaparecida há mais de 100 anos e a análise teve que ser feita a partir de uma das reproduções existentes, o que foi apenas um dos desafios enfrentados pelos investigadores.

“Muitas vezes, casos históricos de disputa de autoria envolvem textos muito longos e há várias técnicas, muito bem testadas, que podem ser aplicadas para resolver esses problemas”, explica Nini.

“Mas por causa do seu tamanho curto, a “carta Bixby” apresentava muitos desafios e tivemos que inventar um método completamente novo para a analisar”, diz Andrea Nini.

A história dos irmãos Bixby, que deu origem à carta, sofreu uma atualização, em 2008, que aponta para um cenário um pouco diferente da trágica versão original. É que apenas dois dos filhos Bixby teriam morrido na guerra, enquanto um terceiro teria desertado, um quarto teria sido feito prisioneiro e do quinto não se sabe nada.

A “carta Bixby” ficou famosa depois do filme de 1998 “Saving Private Ryan” (O Resgate do Soldado Ryan), de Steven Spielberg, com Tom Hanks no papel principal.

SV, Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …