Tem “barriga de cerveja”? Seu cérebro pode estar encolhendo

Uma equipe de pesquisadores britânicos concluiu que quem acumula mais gordura na zona do abdômen apresenta uma maior probabilidade de redução do cérebro e de aparecimento de demência.

Com a linha da cintura em expansão, surgem também algumas preocupações. Um novo estudo, publicado recentemente na Neurology, fornece fortes evidências de que a massa corporal extra, a gordura que surge ao redor da barriga, está ligada a uma diminuição preocupante do volume cerebral.

“O estudo relacionou o encolhimento do cérebro ao declínio da memória e a um maior risco de demência, mas a pesquisa sobre se a gordura corporal extra é protetora ou prejudicial foi inconclusiva“, informa o principal autor Mark Hamer, da Universidade de Loughborough, na Inglaterra.

Alguns estudos sugeriram um declínio de alguns tipos de células cerebrais derivado do aumento dos níveis de gordura corporal. No entanto, nem todos os cientistas acreditam a 100% nessas descobertas, especialmente porque o peso pode variar nos anos anteriores ao diagnóstico de uma doença neurológica.

Para tentar desmistificar esses detalhes, os cientistas compararam as medições do índice de massa corporal (IMC) e o rácio de cintura para o quadril com o volume de tecido nervoso portador da chamada “substância cinzenta” e o tecido de suporte da “substância branca” de 9.652 participantes com a idade média de 55 anos.

Além disso, os pesquisadores tiveram ainda em conta o impacto da idade, os índices de atividade física, de consumo de tabaco, álcool e de pressão arterial no cérebro.

A equipe apurou que 1.291 indivíduos com um alto IMC e com um elevada relação entre cintura e quadril tinham igualmente os menores índices de matéria cinzenta no cérebro, cerca de 786 centímetros cúbicos.

Por sua vez, os 514 indivíduos que detinham um IMC elevado, mas um rácio de cintura-quadril normal, tinham 793 centímetros cúbicos. Já os 3.025 voluntários com um peso saudável atingiam os 798 centímetros cúbicos. Relativamente ao volume de matéria branca no cérebro, não se registraram alterações significativas.

Mark Hamer disse ao Telegraph que “pesquisas anteriores já tinham demonstrado que existe uma ligação entre a redução do cérebro e o declínio da memória e a probabilidade de surgimento de demência“.

“Nossa pesquisa apurou que a obesidade, especificamente os índices elevados de gordura na zona abdominal, poderiam estar relacionados com a diminuição do volume cerebral”.

Apesar de admitir que são necessárias pesquisas adicionais, o especialista considera ser possível, em um futuro próximo, “medir regularmente o IMC e o rácio da cintura para quadril de modo a determinar a saúde do cérebro“.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …