Bebê com DNA de três pessoas nasce na Grécia

aarongilson / Flickr

Um bebê com o DNA de três pessoas nasceu na Grécia, anunciaram médicos gregos e espanhóis nesta quinta-feira (11/04). Os pesquisadores usaram o óvulo da mãe infértil, o esperma do pai e o óvulo de outra mulher para conceber o bebê.

O material genético com cromossomos da mãe foi transferido para o óvulo de uma doadora. O processo foi classificado por seus criadores de revolucionário.

A técnica envolve a remoção do núcleo do DNA do óvulo de uma futura mãe, inserindo-o num óvulo doador, do qual o núcleo de DNA foi removido. Como resultado, o embrião tem o núcleo de DNA de seus pais biológicos, mas o DNA mitocondrial do doador feminino. Cientistas afirmam que o DNA do óvulo doador representa menos de 1% dos genes do bebê resultante.

O método já havia sido utilizado em 2016 no México. Naquela ocasião, no entanto, o objetivo do tratamento era evitar a transmissão de uma doença genética rara da mãe para o bebê.

No caso da Grécia, porém, a técnica de fertilização in vitro usando três DNAs foi aplicada pela primeira vez para permitir que uma mãe que não conseguia engravidar gerasse seu filho. A grega, de 32 anos, já havia passado por várias tentativas fracassadas de fertilização in vitro e, por isso, resolveu tentar o método experimental. Ela deu à luz um bebê do sexo masculino, que nasceu com 2,9 quilos, anunciou o Instituto da Vida na Grécia em comunicado.

“Pela primeira vez no mundo, o direito inalienável de uma mulher ser mãe com seu próprio material genético se tornou uma realidade”, afirmou o presidente do instituto, Panagiotis Psathas. “Como cientistas gregos, temos muito orgulho de anunciar uma inovação internacional na reprodução assistida”, acrescentou.

Psathas disse ainda que a técnica pode agora ser aplicada a mulheres que tiveram várias tentativas fracassadas de fertilização in vitro ou que sofrem de doenças genéticas mitocondriais raras.

O primeiro bebê concebido através dessa técnica, nascido no início de 2016 numa clínica do México, foi resultado do trabalho de médicos americanos, que aplicaram o tratamento num casal jordaniano.

Em fevereiro de 2015, o Reino Unido aprovou a técnica de reprodução assistida com o DNA de três progenitores diferentes – pai, mãe e uma doadora – para casais com mutações genéticas raras.

A aplicação do método para tratar a infertilidade gerou um debate sobre questões éticas. Alguns médicos argumentam que a aplicação da técnica com essa finalidade é moralmente diferente de seu uso para prevenir uma doença.

Tim Child, professor da Universidade de Oxford e diretor médico da clínica de fertilização The Fertility Partnership expressou preocupação. “Os riscos desta técnica não são totalmente conhecidos. Embora seja aceitável para tratar uma doença mitocondrial, não é aceitável neste tipo de situação”, argumentou.

Beth Thompson, da instituição de pesquisa biomédica Wellcome Trust, sediada em Londres, afirmou à emissora BBC: “Temos orgulho em apoiar o primeiro estudo no Reino Unido sobre o uso de técnicas de doação mitocondrial num ambiente bem regulamentado, mas nos preocupamos sobre estudos realizados sem níveis similares de supervisão.”

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …

Chineses ativam o primeiro radiotelescópio posicionado no lado afastado da Lua

Um experimento que levou mais de um ano para ser concluído no lado afastado da Lua finalmente está em funcionamento. Não está ainda 100%, mas o Netherlands-China Low-Frequency Explorer (NCLE) já consegue captar sinais de …

"Vão ter que mudar", diz Greta sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa

A ativista chegou em Lisboa na tarde desta terça-feira (3), 21 dias depois de sair dos EUA a bordo de um veleiro. A jovem sueca retorna à Europa para participar da COP 25, a conferência …

Museu decide comprar apenas obras de mulheres por um ano por reparação histórica

Para se transformar a velha normalidade repleta de preconceitos, violências e desigualdades embutidas é preciso atitudes efetivas e concretamente transformadoras. Da mesma forma que a dívida histórica racial deve ser reparada não somente no discurso, mas …

Black Friday no Brasil superou a dos EUA nos apps de compras, segundo estudo

Neste ano, a Black Friday fez a sua marca entre as compras dos brasileiros. O próprio Canaltech fez uma cobertura muito especial em torno da Black Friday deste ano.Importada dos EUA, a tradição está mesmo …

Para acalmar a crise, presidente chileno propõe ajuda de R$ 520 para 1 milhão de famílias

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, propôs nesta terça-feira (3) a criação de um bônus de 100.000 pesos chilenos (cerca de R$ 520), que serão distribuídos para 1,3 milhão de famílias. O objetivo da medida, …

Anvisa dá aval à venda de maconha medicinal em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (03/12) um novo marco regulatório para o registro e venda de produtos à base de cannabis em farmácias no país, tornando o Brasil a nação …