Bento XVI tenta culpar a revolução sexual dos anos 60 por casos de abuso na igreja

O papa emérito Bento XVI, que renunciou à liderança do Vaticano em 2013, publicou uma carta onde atribui os abusos sexuais de clérigos à “revolução sexual” dos anos 1960. Ele diz que mudanças históricas e culturais levaram à “dissolução” da moralidade no catolicismo.

A revolução sexual dos anos 1960 provocou a homossexualidade e a pedofilia em estabelecimentos católicos, disse Joseph Ratzinger no documento. A carta recebeu fortes críticas de teólogos, que dizem que ela é “cheia de problemas”. Casos de abuso sexual na Igreja Católica foram documentados bem antes dos anos 1960.

O especialista em Vaticano Joshua McElwee disse à publicação National Catholic Reporter que a carta não fala das questões estruturais que permitiram que os abusos fossem encobertos, nem comenta o fato de o próprio Bento ter sido por 24 anos chefe da congregação para a doutrina da Igreja Católica. Julie Rubio, teóloga católica, disse num tuíte que a carta era “profundamente perturbadora”.

É raro Bento XVI, que foi o primeiro papa a abdicar do cargo em quase 600 anos, intervir em assuntos clericais. Ele foi muito acusado de não conseguir proteger crianças de abusos cometidos por sacerdotes e abafar investigações, o que ele nega.

A única solução para o problema, dizia o papa, era “obediência e amor pelo Senhor Jesus Cristo”. A análise que ele fez dos escândalos sexuais que abalaram a igreja faz uma abordagem mais teológica e histórica do que a posição do papa Francisco, o atual líder do Vaticano. Num evento em fevereiro deste ano, Francisco clamou por “medidas concretas” para enfrentar o problema, e não apenas “condenações simplórias e óbvias”.

Como ele “atuou numa posição de responsabilidade, como um pastor da igreja” num momento em que muitos casos vieram à tona, Bento XVI disse que queria “colaborar com um novo começo”. Publicada na revista católica alemã Klerusblatt, a carta de 5.500 palavras é dividida em três partes.

Pedofilia ‘permitida e adequada’

A primeira parte apresenta “o contexto social da questão”, onde ele lamenta que os anos 1960 tenham sido uma época na qual “padrões de sexualidade se romperam totalmente”. Ele culpa filmes eróticos, imagens de nudez e “as roupas da época” pelo “colapso mental” e pela “violência”. Na época da revolução sexual, “a teologia moral católica tinha entrado num colapso que deixou a Igreja indefesa contra as mudanças na sociedade”, disse ele.

A revolução sexual fez a pedofilia ser “diagnosticada como permitida e adequada“.

Em seguida, a carta examina como esse período afetou a “dissolução do conceito cristão de moralidade”, principalmente em instituições educacionais católicas. Em alguns casos, bispos “tentaram criar um catolicismo novo, moderno”, e a revolução sexual gerou “grupos de homossexuais” nos seminários.

Ele diz que um bispo mostrou aos seus alunos filmes pornográficos para torná-los “resistentes a comportamentos contrários à fé”. “A questão da pedofilia, que me lembre, não se tornou aguda até a segunda metade dos anos 1980”, diz ele.

A carta conclui defendendo um retorno à fé. “Por que a pedofilia chegou a esse ponto?”, pergunta ele. “A razão fundamental é a ausência de Deus.” Ele diz que “a morte de Deus na sociedade” significa “o fim da liberdade” e a solução é “viver com Deus”. Ratzinger, então, agradece ao seu substituto, papa Francisco, “por tudo o que faz para nos mostrar a luz de Deus, que não desapareceu, mesmo hoje”.

O papa Francisco disse, numa carta publicada em 2018, que a igreja “não agiu rapidamente” em reação ao problema dos abusos e “não cuidou dos pequenos”. “Nós os abandonamos.”

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo sugere que 2,5 bilhões de tiranossauros rex viveram na Terra

Estimativa inédita da população total dos dinossauros foi publicada na revista "Science". Biólogo brasileiro integrou equipe da Universidade da Califórnia que fez o cálculo. Se um Tyrannosaurus rex já parece bastante assustador, imagine 2,5 bilhões deles. …

Submarino soviético atingido por minas alemãs encontrado no mar de Barents

Uma expedição da Frota do Norte russa e da Sociedade Geográfica Russa encontrou no mar de Barents o submarino Katyusha, afundado durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informação do serviço de imprensa da …

Filme desaparecido do mestre do cinema Orson Welles pode estar no Brasil

Apaixonado por Orson Welles, um documentarista norte-americano se prepara para ir ao Brasil relançar a busca de um filme desaparecido do mestre de Hollywood, Orson Welles: a versão original de "The Magnificent Ambersons", que …

Cientistas criam embriões que são parte humanos, parte macacos

Pela primeira vez, cientistas criaram embriões que são uma mistura de células humanas e macacos. Os embriões, descritos quinta-feira na revista Cell, foram criados em parte para tentar encontrar novas formas de produzir órgãos para pessoas …

Criatura misteriosa em árvore que assustou moradores em cidade da Polônia era croissant

Quando autoridades polonesas receberam o chamado de que um animal incomum estava escondido em uma árvore da cidade de Cracóvia, não sabiam o que esperar. "As pessoas não estão abrindo as janelas porque estão com medo …

"Os Simpsons": Hank Azaria se desculpa por dar voz ao personagem indiano Apu

O ator e dublador Hank Azaria pediu desculpas por sua contribuição ao racismo estrutural contra a população indiana. Azaria, que é branco, foi a voz por trás do personagem Apu Nahasapeemapetilon no desenho animado Os Simpsons …

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

Plenário do Supremo referenda decisão de Fachin que considerou a 13ª Vara Federal de Curitiba incompetente para julgar ações contra o ex-presidente. Com isso, petista retoma o direito de disputar eleições em 2022. O plenário do …

Biden: EUA estão prontos para mais medidas se Rússia continuar a interferir na nossa democracia

Em discurso nesta quinta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que notificou o presidente russo, Vladimir Putin, de que seu governo poderia ter tomado mais medidas contra a Rússia, mas preferiu ser …

Eurodeputados defendem que Bolsonaro seja responsabilizado por necropolítica

O embaixador brasileiro na União Europeia, Marcos Galvão, pediu nesta quinta-feira "vacinas, vacinas e vacinas" para tirar o Brasil "da situação desastrosa" em que se encontra. Durante audiência com deputados do Parlamento Europeu, em …

Robô em forma de estrela vai estudar o fundo do mar

Cientistas do MIT criaram uma estrela-do-mar robótica, que consegue nadar pela vizinhança sem chamar muita atenção. Um dos principais problemas enfrentados pelos robôs marinhos é que eles não se parecem com peixes ou com alguma outra …