Biblioteca Pública de NY coloca clássicos no Stories do Instagram de forma integral

FTC

A ideia do projeto ‘Instanovels’ é tornar os livros acessíveis ao maior número de pessoas e revolucionar a forma como lidamos com as redes sociais

Não há dúvidas de que as redes sociais são ferramentas poderosas no mundo globalizado. Hoje em dia a presença digital é muito forte e se faz necessária não apenas para pessoas comuns, mas também – e principalmente – para marcas e empresas.

Quem souber usufruir das redes sociais para falar com o seu público já está muito à frente daqueles que não fazem isso.

Um exemplo muito interessante é o investimento feito pela Biblioteca Pública de Nova Iorque no Instagram. A biblioteca passou a usar os mecanismos disponíveis na rede social para incentivar o hábito da leitura nas pessoas, mesmo pela internet. Assim, foi lançada a série InstaNovels, com o intuito de divulgar integralmente alguns títulos para leitura.

O primeiro livro escolhido foi “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll. Usando recursos como ilustrações, feitas por Magoz, e páginas animadas, a obra está salva nos stories da NYPL e pode ser acessada a qualquer momento. Em um primeiro momento foram divulgados seis dos doze capítulos do livro e posteriormente, o outros seis.

O projeto é realmente inovador e muito bem feito. E é claro, há muito estudo por trás de tudo para captar a atenção dos usuários.

Por exemplo, a fonte usada para os textos é a Georgia, que segundo o site da biblioteca de NY, foi uma das primeiras fontes serifadas projetadas para telas, para fazer com que textos mais longos se tornassem mais agradáveis de se ler.

Outro recurso muito legal é um pequeno espaço deixado em cada página onde o leitor pode descansar o dedo. Segurar a tela é importante nos stories para ler textos longos ou olhar uma imagem mais detalhadamente, já que essa ação “congela” a tela, permitindo que a pessoa veja o conteúdo com mais tempo do que os poucos segundos que o Instagram determina.

Assim também parece que o leitor está segurando a página do livro, como fazemos com o volume físico. Um último recurso que pretende aproximar a experiência de leitura digital da leitura física é em relação às páginas. O tom de branco escolhido para o fundo da tela é mais caloroso, o que cansa menos o olhar.

FTC

“Esse projeto está alinhado com a missão da Biblioteca de tornar o conhecimento do mundo acessível a todos”, disse Carrie Welch, chefe de Relações Externas da NYPL.

“É muito conveniente que uma das obras que estamos usando seja A Metamorfose, porque em colaboração com a agência Mother, nós estamos transformando completamente o modo como as pessoas olham para essa popular rede social e estamos reimaginando a maneira com que as pessoas têm acesso aos clássicos da literatura”, acrescentou Welch.

Após “Alice no País das Maravilhas”, as próximas obras previstas para serem digitalizadas e publicadas no Instagram são “O papel de parede amarelo,” uma pequena história de Charlotte Perkins Gilman, que será ilustrado por Buck, e “A Metamorfose”, de Franz Kafka, ilustrado por César Pelizer. Todos esses projetos são feitos em parceria da NYPL com a agência Mother in New York.

Se você adora leitura online, não deixe de baixar o aplicativo SimplyE, projetado pela Biblioteca Pública de Nova Iorque. Com ele, é possível baixar milhares de títulos de domínio público e ter acesso a boas leituras!

E não deixe de acompanhar esse projeto incrível seguindo a página da NYPL e lendo os InstaNovels no Instagram. Aproveita e compartilha com os amigos e familiares!

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …

Testes de DNA da moda não identificam indígenas brasileiros

Testes de DNA estão na moda. Se você pensou em exames para comprovar paternidade ou algo nesse sentido: não é disso que estamos falando (embora pudéssemos). A nova tendência — entre aqueles que têm condições para …

EUA e Brasil querem barrar governo Maduro na Organização Pan-Americana da Saúde

Os Estados Unidos, o Brasil e outros 11 países rejeitaram nesta segunda-feira (28) a legitimidade do governo de Nicolás Maduro na Venezuela para participar do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A …

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …