Brasil restringirá entrada via aérea de estrangeiros da Europa e da Ásia

Medida para conter disseminação do coronavírus valerá a partir da próxima semana, por 30 dias. Quem desrespeitar portaria poderá ser punido. País também anunciou fechamento de fronteiras terrestres com países vizinhos.

O Brasil anunciou nesta quinta-feira (19/03) que vai restringir a entrada no país, via aérea, de pessoas vindas da Europa e de vários países asiáticos por 30 dias para conter a disseminação do coronavírus. A informação foi publicada no Diário Oficial da União.

A medida entra em vigor na próxima segunda-feira. No comunicado, o governo cita os países-membros da União Europeia, China, Islândia, Noruega, Suíça, Reino Unido, Irlanda do Norte, Austrália, Japão, Malásia e Coreia do Sul.

A medida não se aplica a brasileiros natos ou naturalizados ou a imigrantes com autorização de residência no país. Também não vale para estrangeiros que tenham o ingresso no Brasil autorizado pelo governo por motivo de interesse público. Outras exceções são:

  • profissional estrangeiro em missão a serviço de organismos internacionais, desde que devidamente identificado;
  • funcionário estrangeiro credenciado junto ao governo brasileiro;
  • estrangeiro que se enquadre na hipótese de reunião familiar com cidadão brasileiro nato ou naturalizado que se encontre em território nacional;
  • estrangeiro portador de Registro Migratório Nacional;
  • transporte de cargas.

Quem desrespeitar as medidas poderá ser punido civil, administrativa e penalmente. O infrator também poderá ser repatriado ou imediatamente deportado, e requerentes de refúgio poderão ter o pedido inabilitado, diz o texto da portaria.

Também nesta quinta, o governo brasileiro anunciou que fecharia as fronteiras terrestres para estrangeiros por 15 dias. As barreiras valem para todos os países vizinhos do Brasil, com exceção do Uruguai, que terá regras específicas. Na última terça-feira, o governo também anunciou o fechamento da fronteira com a Venezuela.

O estado do Rio de Janeiro também divulgou que suspenderá a chegada de passageiros de outros estados. A restrição vale a partir da meia-noite de sábado e durará 15 dias. Inclui transporte rodoviário, aviões e cruzeiros vindos de estados com circulação confirmada do coronavírus ou situação de emergência decretada.

O decreto também fecha os aeroportos do Rio de Janeiro para passageiros de voos internacionais ou nacionais com origem nesses estados. A medida não afeta as operações de carga aérea. Navios de cruzeiro com origem nos mesmos estados ou em países com a circulação confirmada do coronavírus também ficam impedidos de atracar no estado.

As medidas ainda precisam ser ratificadas em nível federal. O governador do Rio, Wilson Witzel, também anunciou que o acesso a todas as praias, bares e restaurantes no estado ficará suspenso por 15 dias.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Superlua Rosa: satélite atinge proximidade máxima com a Terra

Na próxima terça-feira (7), os entusiastas da astronomia vão poder testemunhar um conhecido e belo fenômeno dos céus que acontece anualmente. A Superlua Rosa é o momento em que o satélite atinge proximidade máxima com a …

Empresas brasileiras lançam manifesto contra demissões

Dezenas de empresas assinam texto pedindo que companhias se comprometam a não demitir nos próximos dois meses, mesmo diante dos impactos econômicos provocados pelas medidas de isolamento para conter o coronavírus. Um grupo de 41 empresas …

Bill Gates vai financiar sete pesquisas de vacina contra COVID-19

Bill Gates, o fundador, ex-CEO e atual filantropo, anunciou durante entrevista no talk show norte-americano Daily Show With Trevor Noah que, por meio de sua própria fundação, estará financiando sete pesquisas clínicas que buscam descobrir …

Bolsonaro é denunciado no TPI por “crime contra a humanidade”

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) denunciou o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional.  A denúncia foi protocolada nesta quinta-feira (2) na corte de Haia. Segundo …

O primeiro ‘autor’ do mundo era uma mulher

Enheduanna viveu no século 23 antes da nossa era na Mesopotâmia. Princesa, sacerdotisa e poeta, ela pode se orgulhar de ter sido a primeira autora do mundo a ter seu nome conhecido em uma época …

Maduro envia carta ao povo dos EUA pedindo "cessação das sanções"

Nicolás Maduro enviou uma carta ao povo dos Estados Unidos expressando uma mensagem de solidariedade e paz, e pedindo fim das ameaças militares e das sanções contra Venezuela. No documento, o chefe de Estado venezuelano exprime …

Governo dos EUA alerta população para novo "11 de Setembro" devido à covid-19

Chefe da Saúde Pública do país prevê que próxima semana será "a mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos". Ele compara repercussão a dois dos maiores traumas da história dos Estados …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

IA sincronizada com música cria rostos falsos, o resultado pode se aterrorizante

As pessoas ainda aprendem a melhor forma de empregar as redes neurais artificiais, aprendizado de máquina e avanços em inteligência artificial. Entre as pesquisas práticas há a busca por empregar essas técnicas de forma a …

Coronavírus: 92% das mães nas favelas dizem que faltará comida após um mês de isolamento

"Muitas pessoas entraram na linha de pobreza da noite para o dia. O casal que trabalhava no shopping na semana retrasada, que recebia por semana, fez a compra da semana passada e nesta semana já …