Brexit: governo britânico publica novas notas técnicas para o caso de acordo fracassar

Stefan Wermuth / Reuters

A primeira-ministra britânica Theresa May

O governo britânico publica nesta quinta-feira (13) mais um lote de notas técnicas destinadas a informar as empresas e os cidadãos sobre os passos que deverão tomar no caso de o Reino Unido deixar a União Europeia sem acordo.

Os documentos serão divulgados após um conselho de ministros analisar os preparativos do governo para a eventualidade de as negociações com os 27 restantes países da UE não chegarem a um consenso.

“Como faltam seis meses para o Reino Unido deixar a União Europeia, estamos intensificando nossos preparativos para um “não acordo“, para que o Reino Unido possa continuar a prosperar, independentemente do resultado das negociações”, justificou o ministro do Brexit, Dominic Raab, em comunicado.

As notas técnicas dão conselhos e orientações sobre questões como tarifas de roaming de celulares, normas ambientais e normas relativas a automóveis. Dominic Raab considera que esta é uma “abordagem sensata e pragmática” para o país se preparar para todo tipo de cenário.

Na altura da publicação das primeiras 25 notas técnicas, em agosto, o governo manifestou-se disposto a “tomar medidas unilaterais para manter a maior continuidade possível a curto prazo em caso de ausência de acordo e mesmo que a União Europeia não o firme do seu lado”.

Raab reiterou o empenho de Londres para um acordo a tempo da saída da União Europeia, no dia 29 de março, que considera “o resultado mais provável”.

Porém, o governo de Theresa May tem enfrentado a oposição de Bruxelas às suas propostas e também de vários deputados do próprio Partido Conservador, incluindo de ex-ministros como Boris Johnson, David Davis e Ian Duncan Smith.

O antigo chefe da diplomacia britânica Boris Johnson criticou a política da primeira-ministra sobre o Brexit, considerando que a Grã-Bretanha vai ficar em uma posição enfraquecida. “Vamos para a batalha acenando a bandeira branca“, referiu Johnson, acrescentando que a vitória da União Europeia é “inevitável”.

A oposição se dá às propostas de May para a criação de uma área de comércio livre de bens, entre o Reino Unido e UE, que facilite trocas comerciais sem atrito entre as fronteiras britânicas e do resto da Europa, entre a República da Irlanda e Irlanda do Norte, por entenderem que limitará as negociações de acordos com outros países.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Antártida: geleira está se tornando o cânion mais profundo do mundo e isso é péssimo

Recentemente cientistas anunciaram a descoberta de algo absolutamente desconhecido e sem precedentes: um cânion de gelo com 3,5 quilômetros abaixo do nível do mar, confirmado como nada menos que o ponto mais profundo da superfície …

OMC prevê cenário sombrio para o comércio global e Brasil será bastante atingido

Sob o impacto da pandemia do novo coronavírus, a Organização Mundial de Comércio (OMC) prevê um cenário sombrio para o comércio global este ano. A expectativa é de uma queda vertiginosa que pode chegar …

COVID-19 deve ter pico no Brasil em abril e maio, dizem Mandetta e especialistas

A previsão de disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no país não é nada animadora para os próximos meses. Isso porque ainda estamos em uma fase intermediária da infecção, que deve ter seus momentos de pico em …

Esse novo tratamento alivia a depressão em 90% dos pacientes

De acordo com uma nova pesquisa americana, um tratamento com estimulação magnética transcraniana pode ser muito eficaz para pessoas com depressão severa: em um experimento, foi capaz de aliviar os sintomas em 90% dos pacientes. Normalmente, …

Israel: ministro que definiu Covid-19 como ‘castigo divino a gays’ está com coronavírus

Aos 71 anos, Yaakov Litzman, ministro da Saúde de Israel e também líder do partido ultra-ortodoxo “Judaísmo Unido da Torá”, testou positivo para Covid-19. O diagnóstico foi divulgado nesta terça-feira (7) pela imprensa local e chamou …

Saúde de Boris Johnson preocupa britânicos, mas governo garante que premiê passa bem

O Reino Unido acompanha com preocupação a degradação do estado de saúde do primeiro-ministro Boris Johnson, que anunciou publicamente ter sido contaminado pelo novo coronavírus há dez dias. Depois de ser hospitalizado no domingo (5), …

Cortes na ciência comprometem resposta à covid-19 no Brasil

A fila de 16 mil testes para covid-19 no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, expõe a vulnerabilidade de um país que escolheu não investir em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) nos últimos anos. A …

Organismo marinho de 47 metros de comprimento descoberto na Austrália

Pesquisadores conseguiram captar imagens de vídeo fascinantes de um organismo "de outro mundo" nas águas ao largo da costa ocidental da Austrália. Segundo comunica a Newsweek, uma equipe a bordo do RV Falkor, o principal navio …

Detectadas pela 1º vez estrelas binárias capazes de produzir ondas gravitacionais

Astrônomos do Centro de Astrofísica de Harvard & Smithsonian detectaram pela primeira vez anãs brancas compostas por duas estrelas binárias. As anãs brancas compostas por duas estrelas binárias possuem um núcleo orbital capaz de gerar uma …

Epidemia do coronavírus ainda não chegou ao pico e se agrava na França, diz ministro

O pico da epidemia do novo coronavírus ainda não foi atingido na França, disse nesta terça-feira (7) o ministro da Saúde, Olivier Véran. Devido ao número significativo de pacientes que ainda são hospitalizados diariamente …