Calor intenso de Mercúrio ajudou a criar o gelo nos polos do planeta

JHU APL / Carnegie Institution of Washington / NASA

Messenger, a sonda lançada pela NASA há 6 anos e meio para explorar Mercúrio

Desde as descobertas da missão Messenger, em 2012, os cientistas sabem que existe gelo em Mercúrio, o planeta mais próximo do Sol. A água congelada fica nos polos, dentro de crateras eternamente escondidas da luz solar. Mas, agora, um novo estudo revela algo ainda mais inusitado: o calor intenso do planeta provavelmente ajuda a criar esse gelo.

Embora isso pareça estranho, Brant Jones, principal autor do estudo, garante que se trata apenas de química básica. Ele explica que o calor extremo da parte iluminada do planeta, que pode atingir até 425 °C, combinado com as temperaturas super-frias nas crateras, que vão até -200 °C, podem agir como um “laboratório de química para fabricação de gelo”.

Na verdade, o processo de criação de gelo em Mercúrio é semelhante ao que acontece na Lua. De acordo com um estudo de 2009, partículas do vento solar eletricamente carregadas interagiam com o oxigênio presente em alguns grãos de poeira na superfície lunar para produzir hidroxila (OH), que é uma molécula composta por um átomo de hidrogênio e um átomo de oxigênio.

Brant trabalhou com outros cientistas para ampliar a compreensão desse processo. Assim, em 2018 eles mostraram que, embora esse fenômeno na Lua produzisse quantidades significativas de hidroxilos, produzia muito pouca água molecular. A equipe criou um modelo do processo lunar, mas “a importância não era tão significativa na Lua devido às temperaturas muito mais baixas”, escreveu um dos pesquisadores.

Em outras palavras, esse fenômeno parece ter ajudado a criar apenas uma parte muito pequena da água lunar. Ainda assim, o processo poderia ocorrer em outros corpos que recebem vento solar e com calor o suficiente para produzir mais água. “Para criar água molecular, você precisa de mais um ingrediente, que é o calor“, disse Brant. E, bem, existe bastante calor e muito vento solar em Mercúrio.

Além do calor, os minerais na superfície do planeta contêm bastante moléculas do grupo hidroxila. A temperatura extrema ajuda a liberar esses grupos e os energiza para se colidirem e se desprenderem em moléculas de água e hidrogênio que passam a flutuar pelo planeta. Algumas moléculas de água são quebradas pela luz solar e se dissipam. Mas outras caem perto dos polos de Mercúrio, nas crateras geladas, e ficam presas lá.

Essas moléculas esfriam, se aglomeram e se transformam em parte do crescente gelo glacial do planeta. “É um pouco como a música Hotel California. As moléculas de água podem se hospedar nas sombras, mas nunca podem sair“, disse o colega de Brant, Thomas Orlando.

Se você estiver se perguntando quanto gelo foi criado em Mercúrio com esse processo, a equipe de Brant chegou a uma conclusão. Eles entenderam que a quantidade total dessa água que se tornaria gelo é de incríveis 10 trilhões de quilogramas durante um período de cerca de 3 milhões de anos.

“O processo pode facilmente representar até 10% do gelo total de Mercúrio”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Superlua Rosa: satélite atinge proximidade máxima com a Terra

Na próxima terça-feira (7), os entusiastas da astronomia vão poder testemunhar um conhecido e belo fenômeno dos céus que acontece anualmente. A Superlua Rosa é o momento em que o satélite atinge proximidade máxima com a …

Empresas brasileiras lançam manifesto contra demissões

Dezenas de empresas assinam texto pedindo que companhias se comprometam a não demitir nos próximos dois meses, mesmo diante dos impactos econômicos provocados pelas medidas de isolamento para conter o coronavírus. Um grupo de 41 empresas …

Bill Gates vai financiar sete pesquisas de vacina contra COVID-19

Bill Gates, o fundador, ex-CEO e atual filantropo, anunciou durante entrevista no talk show norte-americano Daily Show With Trevor Noah que, por meio de sua própria fundação, estará financiando sete pesquisas clínicas que buscam descobrir …

Bolsonaro é denunciado no TPI por “crime contra a humanidade”

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) denunciou o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional.  A denúncia foi protocolada nesta quinta-feira (2) na corte de Haia. Segundo …

O primeiro ‘autor’ do mundo era uma mulher

Enheduanna viveu no século 23 antes da nossa era na Mesopotâmia. Princesa, sacerdotisa e poeta, ela pode se orgulhar de ter sido a primeira autora do mundo a ter seu nome conhecido em uma época …

Maduro envia carta ao povo dos EUA pedindo "cessação das sanções"

Nicolás Maduro enviou uma carta ao povo dos Estados Unidos expressando uma mensagem de solidariedade e paz, e pedindo fim das ameaças militares e das sanções contra Venezuela. No documento, o chefe de Estado venezuelano exprime …

Governo dos EUA alerta população para novo "11 de Setembro" devido à covid-19

Chefe da Saúde Pública do país prevê que próxima semana será "a mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos". Ele compara repercussão a dois dos maiores traumas da história dos Estados …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

IA sincronizada com música cria rostos falsos, o resultado pode se aterrorizante

As pessoas ainda aprendem a melhor forma de empregar as redes neurais artificiais, aprendizado de máquina e avanços em inteligência artificial. Entre as pesquisas práticas há a busca por empregar essas técnicas de forma a …

Coronavírus: 92% das mães nas favelas dizem que faltará comida após um mês de isolamento

"Muitas pessoas entraram na linha de pobreza da noite para o dia. O casal que trabalhava no shopping na semana retrasada, que recebia por semana, fez a compra da semana passada e nesta semana já …