Câmeras colocadas em baleias revelam mistérios da espécie na Antártida

Pequenas câmeras colocadas na parte traseira das baleias jubarte e baleias minke revelaram alguns mistérios sobre seus hábitos alimentares e suas vidas na Antártida, informaram nesta terça-feira (11) fontes científicas na Austrália.

Para este projeto, um grupo de cientistas australianos e americanos colocou dispositivos digitais não invasores, que contêm sensores tridimensionais de movimento e uma câmera em um grupo de baleias na Península Antártica.

Estes dispositivos colocados por sucção, que além disso registram através dos sensores os movimentos das baleias bem como o tempo e a profundidade de cada imersão, são colocados por 24 ou 48 horas antes de serem retirados para serem usados de novo em outros exemplares.

“As câmeras mostram o método de alimentação das baleias jubartes nesta área da Antártida, incluindo como incham ao alimentar-se dos enxames de krill”, explicou Mike Double, pesquisador da Divisão Australiana Antártica (AAD, siglas em inglês), em um comunicado de sua instituição.

Segundo os estudos, uma grande quantidade de baleias parece se reunir em vários lugares como a Baía Wilhelmina, a Enseada Cierva, a Baía Fournier e o Canal Errera, para se alimentar durante semanas.

A informação permite reconstruir a forma como as baleias se alimentam debaixo da água e determinar “se as mudanças na população de krill pela mudança climática, a pesca comercial e a acidificação do oceano podem causar impactos nas baleias no futuro“, disse o especialista americano Ari Friedlaender.

Outra pesquisadora que participou do estudo, Elanor Bell, disse que a informação é valiosa na medida em que se conhece pouco sobre os padrões de alimentação das baleias minke.

Turismo Bahia / Flickr

-

As baleias destinam muito tempo durante o dia à socialização

“As minke são mais rápidas que as baleias jubartes e frequentemente buscam alimentos em áreas com muita água congelada. Isto faz com que seja mais difícil nos aproximarmos para desdobrar equipamentos de rastreamento”, comentou.

As câmeras também captaram imagens sobre a vida social das baleias e a força com a qual exalam para limpar as águas congeladas e poder respirar, informou em um comunicado a filial australiana do Fundo Mundial para a Natureza (WWF), que apoiou o estudo.

“Pudemos apreciar que as baleias destinam muito tempo durante o dia à socialização e ao descanso enquanto que se alimentam em grande medida pelas noites”, comentou Friedlaender.

Este estudo foi auspiciado pela Comissão Baleeira Internacional e a Associação de Investigação do Oceano Antártico (IWC-SORP, siglas em inglês) para melhorar a proteção das áreas de alimentação das baleias.

O diretor da seção de Ciências Oceânicas da WWF-Austrália, Chris Johnson, destacou a necessidade de ter santuários marítimos “para proteger as espécies e permitir que os hábitats sejam mais resistentes e prosperem no futuro”.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

União Europeia começa exame contínuo da vacina russa Sputnik V

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu início ao exame contínuo do dossiê de registo da vacina Sputnik V para verificar sua conformidade com as normas europeias de eficácia, segurança e …

Afrouxar uso de máscaras é "pensamento neandertal", diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira (03/03) a decisão dos estados do Texas e do Mississippi de suspender a obrigatoriedade do uso máscaras para conter a propagação do coronavírus. O democrata …

Argentina só vai habilitar motoristas que fizerem curso sobre igualdade de gênero

A partir de março e 2021 quem quiser tirar carteira de habilitação na Argentina terá de estudar mais do que somente as leis de trânsito, o funcionamento do automóvel e a própria condução de um …

ONGs denunciam grupo Casino na Justiça francesa por desmatamento na Amazônia

Organizações de defesa do meio ambiente e dos povos indígenas denunciaram nessa quarta-feira (3) o grupo Casino na Justiça francesa. A empresa é acusada de responsabilidade no desmatamento da Amazônia através da venda de …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Um cientista criou um algoritmo de computador que pode levar a descobertas transformadoras em energia e cuja própria existência levanta a probabilidade de que nossa realidade possa realmente ser uma simulação. O algoritmo foi criado pelo …

The Crown "é baseada na verdade", diz Harry que dá ideia de convívio com família real

Principe Harry defendeu a série “The Crown” da Netflix, dizendo que – embora não fosse “estritamente preciso” – retratava as pressões da vida dentro da família real. Em uma entrevista com James Corden, do programa americano …

Microsoft acusa hackers chineses de ciberataques a entidades dos EUA com uso de falhas desconhecidas

A Microsoft relatou a detecção de exploits desconhecidos utilizados por hackers chineses "patrocinados pelo Estado" destinados a atacar versões locais da Microsoft Exchange Server a fim de receber informações de entidades dos EUA. Exploit é uma …

Compra de mansão lança novas suspeitas sobre Flávio Bolsonaro

Filho mais velho do presidente comprou imóvel de luxo de R$ 6 milhões. Valor está bem acima do patrimônio declarado pelo senador, e condições de empréstimo para quitar mais da metade do valor levantam questionamentos. O …

Condenado a três anos de prisão, ex-presidente francês Sarkozy enfrenta outros processos na Justiça

Ele se tornou o primeiro ex-chefe de Estado francês a receber em primeira instância uma pena de prisão em regime fechado. Nicolas Sarkozy foi julgado culpado na segunda-feira (1°) por corrupção e tráfico de …

Colômbia é o 1º país latino-americano a receber vacinas da iniciativa COVAX

Nesta segunda-feira (1º), um lote de 117 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegou à Colômbia por meio da iniciativa COVAX. O país é o primeiro na região a receber os imunizantes do consórcio da …