Japão mata mais de 300 baleias “em nome da ciência”; 122 estavam grávidas

tombenson76 / Flickr

A baleia-anã está na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas

O Japão matou 333 baleias-anãs, das quais 122 estavam grávidas, no verão do ano passado, alegando que precisa fazer isso para pesquisa científica desses cetáceos.

Segundo o Live Science, 333 baleias-anãs foram mortas durante a caçada anual levada a cabo pelo Japão na Antártida, no verão do ano passado. Além disso, 122 dessas baleias estavam grávidas.

A expedição, supostamente realizada para “pesquisa científica”, também resultou na morte de 114 baleias que ainda não tinham atingido a maturidade, de acordo com o relatório divulgado pela International Whaling Commission.

O documento relata que os investigadores queriam recolher dados sobre a idade, tamanho e conteúdo estomacal destas baleias que vivem nos mares entre a Austrália e a Antártida.  Para isso, utilizaram arpões explosivos, um método controverso que resulta quase sempre na morte instantânea destes animais.

Os cientistas alegam que o assassinato se faz “em nome da ciência”, porém, de acordo com o Sydney Morning Herald, a verdade é que o país permite a venda de carne de baleia em mercados e restaurantes e planeja reviver sua indústria baleeira comercial.

O potencial de lucro, juntamente com imagens recentes de embarcações japonesas matando estes animais em um santuário australiano de baleias, provocaram a condenação internacional das brutais práticas de caça do Japão.

“O último relatório que mostra o assassinato de 333 baleias-anãs é uma triste acusação da caça às baleias no Japão”, afirma Alexia Wellbelove, da associação ambientalista da Humane Society International, citada pelo mesmo jornal.

“É mais uma demonstração, se necessário, da natureza verdadeiramente macabra e desnecessária das operações baleeiras, especialmente quando as pesquisas não letais já mostraram ser suficientes para as necessidades científicas”, acrescenta.

Em 2014, o Tribunal Internacional de Justiça considerou que o abate anual de baleias japonês era ilegal. No entanto, em vez de suspender o programa, o país retirou seu reconhecimento do tribunal como árbitro das disputas baleeiras e voltou a caçar em 2015.

De acordo com o Sydney Morning Herald, o Japão planeja caçar mais 4 mil baleias nos próximos 12 anos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pequena (e estranha) galáxia orbita a Via Láctea; e ninguém sabe como

Segue 1 é o nome da pequena galáxia que orbita muito perto da Via Láctea. O corpo celeste é fraco e de pequenas dimensões, tendo surpreendido os cientistas – pois ninguém sabe ao certo como …

Cientistas podem ter descoberto por que a menstruação dói tanto

Um grupo de cientistas pode ter descoberto novas pistas que ajudam a explicar o motivo da dor menstrual e por que os sintomas pré-menstruais (TPM) podem ser tão dolorosos para algumas mulheres.  Em um grande estudo …

Sepultura mais antiga que as pirâmides do Egito é encontrada na Rússia

Uma equipe de arqueólogos encontrou uma sepultura antiga na proximidades da cidade de Aksay, na região de Rostov, na Rússia, área onde será construída uma rodovia, revelou a empresa estatal Avtodor. De acordo com os cientistas, …

Matemática desvenda (finalmente) quem escreveu "In My Life", dos Beatles

Mais de 50 anos depois da criação da música “In My Life”, um dos sucessos dos Beatles, a matemática concluiu quem foi o autor da canção, depois de tanto John Lennon como Paul McCartney reclamarem …

Já pode ser muito tarde para salvar o Taj Mahal

O Taj Mahal, monumento que é cartão postal da índia, tem ficado amarelado devido à poluição. O Supremo Tribunal indiano já ameaçou o governo: “ou restauram ou demolem”. Há um ditado que diz que o Taj …

Amazônia: pesca ilegal e desmatamento estão associados a paraísos fiscais

Nesta segunda-feira (13), cientistas pediram uma maior transparência no uso de paraísos fiscais por empresas envolvidas em atividades que prejudicaram os oceanos e a floresta tropical da Amazônia. Em um estudo publicado na Nature Ecology and …

Participação de transexuais nas eleições dos EUA é a maior da história

A participação de pessoas transgênero nas eleições de meio-termo nos Estados Unidos – que serão realizadas em novembro - já é a maior da história norte-americana. Pelo menos 43 candidatos se apresentaram na fase das …

Estudo mostra que Zika chegou ao Brasil proveniente do Haiti

Estudo desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Pernambuco revela que o vírus Zika chegou ao Brasil proveniente do Haiti. De acordo com pesquisadores, imigrantes ilegais e militares brasileiros que participaram da missão de paz …

Jacarta, a capital da Indonésia, pode ficar submersa já em 2050

Os especialistas alertam que, se nada for feito, alguns lugares da capital da Indonésia podem acabar completamente debaixo de água até 2050. “A possibilidade de Jacarta ficar submersa não é brincadeira”, adverte Heri Andreas, cientista do …

Cabral admite ter recebido R$ 5 milhões de caixa 2 do Rei Arthur (mas "nunca aceitou propina")

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral sustentou, em depoimento à Justiça Federal, que todo o dinheiro que recebeu era recurso de caixa 2 e que nunca aceitou propina. Ele foi interrogado nesta segunda-feira (13) pelo juiz Marcelo Bretas, …