Canakinumab: o anti-inflamatório para artrite que pode salvar sua vida

U.S. Pacific Fleet / Flickr

A comunidade científica investiga a possibilidade de o anti-inflamatório Canakinumab poder evitar mortes por ataque cardíaco e câncer.

O anti-inflamatório Canakinumab é utilizado no tratamento da inflamação das articulações. Diminuindo a inflamação que pode provocar o entupimento das artérias, pode também diminuir o risco de ataque cardíaco e até o crescimento de alguns tipos de câncer: é este o objeto de estudo do ensaio publicado no The New England Journal of Medicine.

O poderoso anti-inflamatório, que os pesquisadores classificam como “uma nova fronteira” no tratamento de doenças cardíacas, mostrou-se capaz de diminuir em 15% o risco de ataque cardíaco, em 50% a probabilidade de morrer de câncer e ainda de proteger contra doenças inflamatórias como a gota ou a artrite.

A experiência envolveu mais de 10 mil pessoas que já tinham sofrido um ataque cardíaco, mas que não tinham recebido qualquer diagnóstico de câncer. A cada três meses, receberam uma injeção com o medicamento, aprovado em 2009 nos EUA e na Europa para o tratamento de síndromes autoinflamatórias, e foram monitoradas ao longo de 4 anos.

Um dos pesquisadores, Paul Ridker do Brigham and Women’s Hospital, de Boston, nos Estados Unidos, considera que os resultados têm “implicações de longo alcance”. “Pela primeira vez, fomos capazes de mostrar claramente que reduzir a inflamação, independentemente do colesterol, reduz o risco cardiovascular“, declarou.

Os ataques cardíacos ocorrem frequentemente em pessoas com níveis normais de colesterol, mas risco de inflamação crônica, o que levou os pesquisadores a se debruçarem sobre os efeitos da inflamação na saúde do coração.

O efeito anticancerígeno do Canakinumab também entusiasmou os pesquisadores, que falam em um corte de 50% no número de mortes por câncer, com resultados particularmente animadores em casos de câncer do pulmão.

Os médicos não acreditam que o Canakinumab possa impedir o aparecimento e desenvolvimento de câncer, mas sim que possa diminuir seu crescimento. Neste aspecto, no entanto, serão necessários novos estudos, uma vez que este ensaio não foi concebido especificamente para testar os efeitos do medicamento nos tumores.

O grande entusiasmo está, por isso, no lado da saúde cardíaca.

“Ao longo da minha vida, pude ver três grandes eras da cardiologia preventiva. Na primeira, reconhecemos a importância da dieta, do exercício e de não fumar. Na segunda, vimos o valor tremendo dos medicamentos de redução dos lípidos, como as estatinas. Agora, estamos abrindo a porta para a terceira era”, considera Ridker.

Mas este não é um entusiasmo sem reservas. O uso de Canakinumab aumentou o risco de infecções fatais em um em cada mil pacientes tratados, com os mais idosos e diabéticos como os mais vulneráveis.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …