Mudanças simples no estilo de vida podem evitar 40% dos tipos de câncer

Um novo estudo mostra que quase 40% dos tipos de câncer podem ser evitados com simples mudanças no estilo de vida.

Não é segredo para ninguém que, além dos fatores genéticos, várias escolhas que fazemos na vida podem influenciar o desenvolvimento de câncer. Mas um novo estudo mostra que muitas mortes relacionadas com a doença podem mesmo ser evitadas com mais exercício físico, menos álcool, menos tabaco e outras mudanças no nosso estilo de vida.

Com dados oficiais da população da Austrália em 2013, os pesquisadores descobriram que 38% das mortes causadas pela doença – cerca de 16.700 mortes no total – poderiam ter sido prevenidas pela redução de fatores de risco.

Sem qualquer surpresa, o primeiro da lista era o tabaco, responsável por 23% das mortes relacionadas com câncer no país, enquanto a dieta alimentar, a obesidade e as infecções representavam 5% cada.

Com o estudo, os cientistas pretendem incentivar a redução destes números. “O câncer é a maior causa de morte na Austrália”, diz um dos pesquisadores envolvidos, David Whiteman, do QIMR Berghofer Medical Research Institute. O estudo foi publicado, em outubro deste ano, no International Journal of Cancer.

“Embora em muitos casos seja tragicamente inevitável, o estudo destaca aquilo que conhecemos há anos: o câncer nem sempre é uma questão de genética ou azar”, afirma.

Outros dos fatores de risco são as radiações UV, que representaram 3,2% das mortes (1.390 pessoas), o álcool com 2,4% (1.037 pessoas), pouca atividade física com 0,8% (357 pessoas) e, por último, fatores reprodutivos ou hormonais com 0,4% (172 pessoas).

Se pensarmos bem, a soma é maior do que 38% porque os fatores podem se juntar para causar a doença.

Se você está se perguntando por que todas estas porcentagens dão mais de 38%, é porque alguns fatores coocorrem para causar câncer. Além disso, houve também uma variação entre homens e mulheres. Estes fatores foram responsáveis por 41% das mortes por câncer entre os homens australianos e 34% das mortes entre as mulheres.

“As proporções de mortes por câncer potencialmente evitáveis ​​são mais altas entre os homens do que as mulheres porque, em média, os homens fumam e bebem mais, passam mais tempo no sol e também não comem tão bem”, explica Whiteman.

Os dados também mostraram os tipos de câncer mais evitáveis: pulmão, intestino, melanoma cutâneo (pele), fígado e estômago.

Claro que esta não é uma ciência exata: exagerar nas bebidas alcoólicas, ou fumar a vida inteira, não significa necessariamente que iremos ter câncer, assim como o contrário: não beber ou não fumar não garante que não sejamos atingidos pela doença.

A verdade é que estes fatores podem fazer o risco variar para cima ou para baixo em cada caso. Por exemplo: as pessoas que fumam são de 15 a 30 vezes mais propensas a ter câncer do pulmão do que os não fumantes. Enquanto isso, aqueles cujo IMC é muito alto são até duas vezes mais propensos a desenvolver a doença no rim ou no fígado.

O que os cientistas defendem é que gerir fatores de risco ​​pode fazer a diferença. O estudo é baseado em outra pesquisa, de 2014, realizada nos EUA, que descobriu que até 21% das mortes anuais causadas pela doença poderiam ter sido evitadas.

“Há muitas pessoas que podem reduzir o risco de desenvolver e morrer de câncer”, diz Whiteman. “Mesmo pequenas melhorias nessas áreas reduziriam substancialmente o número de mortes prematuras de câncer a cada ano”, acredita.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Viagem tripulada a Marte seria melhor com passagem por Vênus, afirmam astrônomos

De acordo com cientistas norte-americanos, cálculos das órbitas entre a Terra e Marte os levaram a concluir que tais viagens seriam mais rápidas, eficientes, e permitiriam estudar os dois planetas. Uma viagem da Terra a Marte …

EUA: Suprema corte autoriza a divulgação de documentos financeiros de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos impôs uma grande derrota a Donald Trump, ao decidir que um procurador de Nova York tem direito de acesso a vários documentos financeiros do presidente, incluindo declarações de …

O fenômeno "água morta", observado a mais de cem anos, é finalmente explicado

Finamente uma equipe com especialistas de múltiplas áreas CNRS e da Universidade de Poitiers, ambas na França, decifrou a misteriosa ocorrência pela primeira vez. O estranho é fenômeno que desacelera navios ou faz que eles parem …

Pode mesmo haver vida nas nuvens de Vênus, dizem cientistas

Quem gosta de astronomia não deve saber que Vênus não é o mais habitável dos planetas. Com temperaturas em torno de 470ºC e com uma atmosfera formada por dióxido de carbono e nitrogênio noventa vezes …

Cientistas rebatem decisão da China de coletar DNA de homens e meninos

Um relatório que revelou que a China está coletando DNA de milhões de pessoas para ajudar a solucionar crimes. Essa informação tem levantado preocupações entre os pesquisadores sobre privacidade e consentimento, sob o argumento de que …

China revela análise de substância estranha encontrada na Lua em 2019

Em julho de 2019, a equipe da missão chinesa Chang'e 4 encontrou uma substância estranha na Lua. A descoberta foi anunciada em agosto do mesmo ano, chamando a atenção da comunidade científica, mas nada foi …

Cientistas alertam OMS para transmissão aérea do coronavírus além de dois metros

A transmissão aérea do novo coronavírus interpela os especialistas desde o início da pandemia. Nessa segunda-feira, um grupo de 239 cientistas alertou as autoridades de saúde do mundo inteiro, e em particular a OMS, …

Governo tem que tirar garimpeiros de terras yanomami em 15 dias para começar a enfrentar covid-19 em áreas indígenas

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou que o Governo Federal deveria retirar os garimpeiros das terras yanomami de Roraima como medida para conter o avanço do novo coronavírus nos territórios indígenas. A decisão liminar …

Encontrada a origem da vida no universo

Uma estrela morre por segundo no universo. Mas esses objetos estelares não somem totalmente, algo sempre fica para trás. Certas estrelas entram em supernova, que geram um buraco negro ou uma estrela de nêutrons, enquanto a …

Bolsonaro afirma que está com covid-19

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (07/07) que seu exame para detectar a covid-19 teve resultado positivo. Bolsonaro, de 65 anos, se submeteu ao exame na segunda-feira, após dizer que estava sentindo sintomas leves da …