Cariocas criam aplicativo que envia alertas sobre locais de tiroteios, assaltos e arrastões

Tânia Rêgo / Agência Brasil

-

Poucas cidades no mundo convivem com a triste rotina de presenciar dezenas de tiroteios, arrastões e assaltos todos os dias, dignos de qualquer filme de ação de Hollywood, como é o caso do Rio de Janeiro, onde pelo menos 2.800 tiroteios foram registrados desde janeiro, ou seja, uma média superior a 15 por dia.

Para ajudar à população a reduzir os riscos, um grupo de cidadãos, de forma voluntária, criou nas redes sociais o aplicativo Onde Tem Tiroteio, conhecido como OTT, que alerta em tempo real os lugares onde estão ocorrendo confrontos, assaltos e arrastões.

A ideia surgiu em dezembro de 2015. Vi uma reportagem sobre uma vítima de bala perdida em uma comunidade do Rio e pensei: por que não criar uma página, um meio de alertar a população carioca sobre onde acontecem os tiroteios?”, explicou em uma entrevista à agência Efe Benito Quintanilha, petroleiro de 41 anos e criador do projeto.

No início, Benito pedia a seus amigos de sua rede de contatos do Facebook que compartilhassem os alertas, mas, ao ficar sobrecarregado, pediu ajuda a dois amigos, Marcos Vinicius e Denis Colli, um físico e um programador de 36 anos, aos quais depois se juntou Henrique Coelho Caamaño, de 50 anos.

“Nos reunimos e criamos um padrão, temos uma forma. Cada um tem uma função. Eu e Henrique somos o operacional, recebemos as mensagens. Marcos Vinicius se ocupa da parte administrativa e Denis é o TI, o suporte para qualquer problema que houver no aplicativo”, comentou Benito.

Os alertas, que foram ampliados para outras redes sociais como Twitter, Instagram e Telegram, chegam hoje, durante 24 horas, a cerca de 3 milhões de pessoas, quase a metade da população do Rio de Janeiro.

“Hoje temos grupos próprios de WhatsApp com mais de 11 mil pessoas. Constantemente chegam mensagens” para denunciar tiroteios, arrastões e qualquer tipo de incidências.

Para evitar falsos alarmes, o grupo tem normas rígidas de funcionamento e uma rede de ‘informantes’ de extrema confiança, divididos por áreas em toda a cidade.

Marcos Vinicius admite que, com o nível de violência no Rio de Janeiro, mal dá tempo para descansar do aplicativo: “Você trabalha com a cabeça em outro lugar”.

Henrique é o melhor exemplo do “vício” em administrar os alertas: dorme com os fones nos quais recebe durante o dia todo os áudios que relatam problemas.

“Você não consegue deixá-lo, fica ansioso em ajudar alguém, sabe que seu relato ajudará alguém. Sem que você se dê conta, a noite já passou, já amanheceu. É viciante e é difícil conciliar com a família e os amigos“, admitiu Henrique à Efe.

O aplicativo já se transformou em um serviço público, “um serviço dos cidadãos para os cidadãos”, diz Benito orgulhoso, consciente da dimensão que sua iniciativa tomou.

O carioca está carente deste tipo de informações, os meios normais não as oferecem, esta é a verdade”, lamentou Henrique.

Marcos Vinicius lembra com satisfação a mensagem de pais agradecidos que os chamaram de “anjos da guarda” porque um dos seus alertas evitou que seus filhos entrassem no meio de um fogo cruzado.

Para os criadores do OTT, a violência do Rio de Janeiro é fruto “dos maus políticos” do país. “Não é somente no Rio, é em todo o Brasil. É uma polícia mal paga, mal estruturada, há várias questões sociais, falta de investimentos, não existe o debate sobre as drogas”, comentou Benito.

O grupo, que diariamente envia um relatório com as estatísticas de tiroteios e assaltos através das redes sociais, afirma que os números por eles levantados “são apenas uma fração da realidade, pois só são lançados os incidentes confirmados“.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bolsonaro chama manifestantes pró-democracia de "viciados" e "marginais"

Em live, presidente pede que seus apoiadores não participem de atos contra o governo, convocados por torcidas e movimentos sociais para o próximo domingo, e volta a classificar grupos "antifa" de terroristas. O presidente Jair Bolsonaro …

Mistério da química solucionado ao descobrir a estrutura do nitrogênio “negro”

Elementos leves da tabela periódica como carbono e oxigênio seguem a regra de ter estrutura similar aos elementos mais pesados da mesma família, quando em alta pressão. Mas, até agora, o hidrogênio tinha um comportamento …

SoftBank anuncia fundo voltado a empresas lideradas por negros

O SoftBank anunciou que fará um fundo de investimento voltado a empresas lideradas por negros. Segundo o TechCrunch, o comunicado foi feito em uma carta aos funcionários do banco de investimentos assinada pelo COO, Marcelo …

Madeleine McCann: a reviravolta que levou a polícia a crer que menina desaparecida há 13 anos está morta

A menina britânica Madeleine McCann, que desapareceu em Portugal em 2007 em um caso de grande repercussão na Europa, está provavelmente morta, segundo promotores alemães que investigam o caso. Um alemão de 43 anos está sendo …

Globonews escala só jornalistas negros em programa após críticas por representatividade

Após receber críticas justas nas redes sociais por debater a pauta do racismo e os protestos gerados após o assassinato de George Floyd pelo policial branco David Chauvin em Minneapolis, Minessota, sem a presença de …

Paleontologistas descobrem 'última refeição' de dinossauro que viveu há 110 milhões de anos

Uma equipe de pesquisadores do Canadá reconstituiu o estômago de um dinossauro herbívoro, o melhor preservado de sempre. Uma equipe de paleontologistas canadenses conseguiu reconstruir o conteúdo do estômago de um dinossauro herbívoro que viveu no …

Estudo que desencoraja uso de hidroxicloroquina é alvo de investigações

Nesta quarta-feira (3), a Organização Mundial da Saúde anunciou que vai retomar os testes com o medicamento hidroxicloroquina, um dos mais cotados atualmente como possível auxiliar na luta contra a COVID-19. A notícia pegou muita gente …

Donald Trump diz por que estava em bunker subterrâneo em meio a protestos

Em meio aos protestos violentos e pacíficos que têm varrido os EUA após a morte do afro-americano George Floyd, surgiram relatos de que Trump se escondeu dos manifestantes em um bunker. Donald Trump atacou como "falsa" …

EUA: 4 policiais são acusados pela morte de George Floyd

O policial de Minneapolis que se ajoelhou sobre o pescoço de George Floyd provocando sua morte será acusado de assassinato em segundo grau. Seus três colegas também serão julgados, disse a senadora americana Amy …

Governo destina verba publicitária a canais de conteúdo inadequado

Em apenas 38 dias, o governo de Jair Bolsonaro publicou mais de 2 milhões de anúncios em canais na internet com "conteúdos inadequados", segundo mostrou um relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das …