Caso Madeleine: ingleses suspeitam dos pais e não acreditam em babá

Waerfelu / Wikimedia

-

Depois da babá de Madeleine McCann, agora é a vez de uma turista garantir que viu a criança no Marrocos. O testemunho é divulgado pela imprensa inglesa, quando se completa 10 anos do desaparecimento de Maddie, em um caso que já custou às autoridades britânicas mais de 13 milhões de euros.

Madeleine McCann desapareceu da Aldeia da Luz, no Algarve (sul de Portugal), em 3 de maio de 2007.

Com o aproximar da data em que se completa os 10 anos desde o fatídico episódio, os jornais britânicos têm dedicado vários artigos ao caso, revelando testemunhos em primeira mão.

Na última segunda-feira, uma das babás que cuidou da menina no resort da Praia da Luz, onde o casal McCann e os filhos estavam alojados, decidiu quebrar o silêncio.

Dez anos depois, a então adolescente contou tudo o que viu no noite do desaparecimento da menina de quem tomava conta.

Agora, é a vez de uma turista relembrar que acredita que viu Maddie no Marrocos, há 10 anos, poucos dias depois do seu desaparecimento.

“Podemos ir ver a mamãe agora?”

Em declarações ao jornal Daily Star Online, a mulher, que vive na Espanha e que não quis identificar, conta que seis dias depois de Maddie ter desaparecido da Aldeia da Luz, em 9 de maio de 2007, viu um “homem com uma menina loira” quando estava em Marrakesh, em um posto de gasolina.

Ela parecia muito perturbada. Disse ‘podemos ir ver a mamãe agora?’ Foi em inglês – não sei falar muitas outras línguas”, conta a turista ao jornal que salienta que estas declarações reforçam a teoria de que Maddie pode ter sido raptada por traficantes de crianças.

A mulher diz que a criança usava calça de pijama azul e que o homem que a levava não parecia marroquino, nem era parecido com a criança, o que despertou suspeitas e a ideia de que havia “algo de errado”.

“Mas não fiz nenhuma ligação com o caso até que cheguei em casa. Telefonei à polícia, o número dos desaparecidos, todo mundo”, relata ainda a mulher garantindo também que nunca foi ouvida pela polícia.

met.police.uk

Madeleine McCann

Madeleine McCann

Quase 9 mil avistamentos

O Daily Star refere que uma testemunha inglesa alega também ter visto Maddie em Marrakesh, no mesmo dia 9 de maio, no Hotel Ibis que ficaria próximo do tal posto de gasolina citado pela turista.

Ao longo dos anos, desde o desaparecimento da criança até muito tempo depois, diversas pessoas garantem ter visto Maddie em vários cantos do mundo.

O jornal The Sun refere que houve um total de 8.685 potenciais avistamentos da garota investigados pela polícia britânica, em 101 países diferentes, desde Portugal e Espanha, passando por Marrocos, Bélgica, Nova Zelândia, Brasil, Bósnia, Suécia e Índia.

Mais de 13 milhões de euros

A polícia britânica continua a investigar o desaparecimento da menina, depois de ter recebido financiamento adicional para prolongar a chamada “Operação Grange” até setembro deste ano.

Teria sido identificado um novo suspeito que seria de nacionalidade portuguesa, segundo refere o jornal The Sun, destacando que poderá ser a última tentativa para encontrar pistas sobre o caso que já custou 11,1 milhões de libras (mais de 13 milhões de euros) aos cofres públicos britânicos.

Várias vozes têm criticado o investimento alto em um único caso quando há tantas outras crianças desaparecidas.

Uma especialista criminal disse recentemente que se trata de “jogar dinheiro fora”, acreditando que a menina morreu no Algarve devido a “negligência e medicação” administrada pelos pais.

Ingleses suspeitam dos pais e dos jornais

A teoria da morte acidental, que raramente tem sido abordada pela imprensa inglesa, é considerada plausível por parte dos cidadãos ingleses, como os que pertencem a um grupo no Facebook intitulado The Complete Mystery of Madeleine McCann™.

Os membros deste grupo assumem a missão de “encontrar a verdade sobre o que realmente aconteceu a Madeleine McCann”, com a salvaguarda de que “nem tudo é o que a imprensa do Reino Unido quer que você acredite”.

Para muitos destes britânicos, a série de notícias que vem saindo nos jornais ingleses, nas vésperas da marca dos 10 anos do desaparecimento de Maddie, é encomendada pela “máquina de propaganda” dos McCann.

As declarações da última segunda-feira da babá da menina são vistas pelos britânicos como “um romance mal escrito” – e alguns consideram mesmo que foram redigidas pela equipe de comunicação dos McCann ou que a testemunha foi “instrumentalizada” para falar daquela forma.

Para alguns dos internautas, é certo que os McCann “falharam” de alguma forma, como pais, e que “alguma coisa” está sendo “encoberta” ao “mais alto nível”. Há ainda quem garanta que, “se o governo britânico não tivesse protegido” o casal McCann, este “teria sido acusado” pela polícia portuguesa.

Entretanto, Kate e Gerry McCann têm planejadas várias entrevistas para assinalar os 10 anos do desaparecimento de Maddie.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …

Alemanha quer exigir de viajantes teste de covid-19 feito antes de embarque

Ministro da Saúde alemão defende que passageiros vindos de territórios de risco, incluindo o Brasil, apresentem exame negativo realizado em país de origem para entrar na Alemanha. O ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, defendeu nesta …