Cento e dez carros são queimados por dia na França

Segundo dados do Observatório Nacional de Delinquência e Respostas Penais (ONDRP), publicados nesta quinta-feira (14), 110 carros são queimados por dia na França.

O fenômeno, que se intensificou com o movimento dos coletes amarelos nos últimos três meses, atinge principalmente o norte e o sudeste da França.

Em 2017, 41.200 carros foram incendiados e indenizados pelos seguros. As ocorrências representam uma alta de 2% em relação ao ano anterior. Os incêndios provocaram a destruição total de 77% dos carros. Os bombeiros tiveram que fazer em média 12,8 intervenções para cada 10 mil veículos.

O fenômeno não é recente, mas vem crescendo a cada ano. O ONDRP faz uma radiografia detalhada dos incidentes, revelando o dado de cada um dos departamentos franceses. Em alguns deles, a incidência de incêndios é duas vezes maior que a média nacional.

Triste tradicão dos incêndios voluntários na França“, lamenta o documento. O autor do estudo, Hugo d’Arbois, lembra que frequentemente esse fenômeno é associado na França à violência urbana ou a comemorações festivas, como o 14 de julho, feriado nacional, ou o Réveillon.

É verdade que nesses períodos as ocorrências tendem a ser mais numerosas, mas o estudioso ressalta que esse tipo de delito ocorre durante todo o ano, na maioria das vezes à noite. As populações das periferias, principalmente jovens, utilizam esse recurso como forma de protesto.

Os dados podem ser ainda maiores. Como nem todo mundo declara o incêndio e a perda do veículo às seguradoras, o Observatório calcula que o número real de carros queimados por ano pode atingir 50 mil, representando um grande desafio cotidiano para a polícia. Desafio também para o poder público que não consegue atender as demandas da população e diminuir os protestos.

O movimento dos coletes amarelos, iniciado em novembro do ano passado, influencia o balanço de 2018, ainda não divulgado, e já pesa no saldo de 2019. A delinquência explodiu nos últimos três meses, afirma o documento. De novembro a janeiro, os incêndios voluntários de bens públicos, incluindo veículos, tiveram uma alta de 45,2%.

As cenas de carros, principalmente de polícia e de marcas luxo, pegando fogo se multiplicaram nas ruas das cidades francesas durante os protestos. Associações de prefeitos calculam que as destruições provocadas pelo movimento dos coletes amarelos somam prejuízos de € 20 a € 25 milhões, somente nas 20 maiores cidades francesas.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …