Chamada por Trump de ‘fantoche da China’, OMS será avaliada por organismos independentes

Os 194 países membros da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo Estados Unidos e China, adotaram nesta terça-feira uma resolução que prevê uma “investigação independente” da reação desta agência da ONU à pandemia do novo coronavírus.

Muito criticada pela demora e pelos métodos utilizados para lutar contra a propagação global da Covid-19, a organização deverá agora prestar contas a seus estados membros.

A proposta foi aprovada por consenso. Ela prevê o lançamento “o mais rápido possível de uma investigação imparcial, independente e completa” das ações internacionais tomadas em resposta à pandemia, com o objetivo de “melhorar as capacidades globais de prevenção, preparação e resposta a epidemias”. Essa avaliação, cujos contornos permanecem obscuros, terá que examinar “as medidas adotadas pela OMS em resposta à pandemia de Covid-19 e sua respectiva cronologia”.

A OMS e seu diretor-geral, Tedros Adhanom Ghebreyesus, estão sob forte pressão dos Estados Unidos, que os acusam de terem “se equivocado” na administração da pandemia, que matou mais de 318.000 pessoas desde seu aparecimento em dezembro na China.

Acusando a OMS de ser um “fantoche da China“, Washington acredita que a agência teria negligenciado um alerta precoce de Taiwan sobre a gravidade do coronavírus, o que teria atrasado a declaração do estado de uma pandemia global. A organização rechaça a acusação.

Trump exige prazo para “resultados”

O presidente norte-americano, Donald Trump, deu hoje à OMS e a seu diretor-geral um mês para obterem resultados significativos. Os Estados Unidos são tradicionalmente o maior doador da entidade. Embora a resolução adotada nesta terça-feira na reunião anual da Assembleia Mundial da Saúde não se refira diretamente à China, os Estados Unidos não se opuseram a ela.

No entanto, os norte-americanos suspeitam que Pequim tenha ocultado um acidente de laboratório que, segundo Washington, estaria na origem da pandemia e reivindicou total transparência. Na segunda-feira (18), o secretário de Estado da Saúde americano, Alex Azar, havia assegurado que o “fracasso” da OMS contra o Covid-19 custará “muitas vidas”, exigindo uma organização “muito mais transparente” e “mais responsável”.

A China correu em socorro à agência da ONU, acreditando que o governo dos EUA estava tentando “se esquivar de suas obrigações” em relação à OMS e “manchar os esforços” de Pequim diante da epidemia.

Já o secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, denunciou, sem nomeá-los, os países que “ignoraram as recomendações da OMS” para testar e isolar sistematicamente os contaminados, bem como para impor medidas estritas de distanciamento físico.

Resposta dos chineses

As autoridades chinesas responderam repetidamente às alegações norte-americanas, acreditando que serviam para fazer as pessoas esquecerem o impacto da pandemia nos Estados Unidos, o país mais afetado em termos de número de mortes e contágios, com 90.369 óbitos para 1,5 milhão de casos da doença comprovados.

Os Estados Unidos também lamentaram os termos da resolução que pedia a “remoção urgente de obstáculos injustificados” ao “acesso universal, rápido e equitativo e distribuição justa” de tratamentos e vacinas.

O texto incentiva mecanismos para o compartilhamento “voluntário” de patentes e direitos de propriedade intelectual no âmbito de acordos internacionais. Mas Washington teme um precedente perigoso para a capacidade de investir em pesquisas e laboratórios.

“Os Estados Unidos reconhecem a importância do acesso a produtos de saúde acessíveis, seguros, de alta qualidade e eficazes”, mas a resolução “envia uma mensagem ruim aos inovadores”, assegura a representação norte-americana nas Nações Unidas em Genebra.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …

Asteroide que dizimou os dinossauros teria atingido a Terra em "ângulo letal"

A teoria mais aceita é a de que os dinossauros foram extintos após um asteroide atingir a Terra de maneira catastrófica há 66 milhões de anos, causando danos sem precedentes em todo o planeta. Agora, segundo …

Repórter da CNN é preso ao vivo em protesto por morte de homem negro. Trump pede tiros em manifestantes

Minneapolis vive uma escalada de violência provocada por um policial branco que matou, de forma brutal, um homem negro. George Floyd foi asfixiado pelo joelho do oficial enquanto era filmado em plena luz do dia. Nem …

Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo

Pesquisadores que buscam bilhões de dólares em tesouros nazistas roubados da Europa acreditam ter encontrado a localização de toneladas de ouro debaixo de antigo castelo alemão. Os pesquisadores acreditam ter encontrado 28 toneladas de ouro roubadas …

Coreia do Sul registra aumento de casos de coronavírus e teme nova onda da epidemia

A Coreia do Sul anunciou nesta quinta-feira (28) o maior aumento de novas contaminações por coronavírus em quase dois meses, devido a um surto de casos em um armazém de uma empresa de comércio …

Desigualdade eleva letalidade da covid na favela, diz estudo

Quase todos os dias, com ou sem pandemia, a diarista Joceliane Gomes Santos de Freitas, 29 anos, sai de casa às 7h em Barra do Ceará, comunidade de Fortaleza onde mora com o marido e …

Descoberta galáxia raríssima em forma de "anel de fogo" a 10 bilhões de anos-luz

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia …