Cidade perdida de Alexandre, O Grande foi finalmente encontrada

British Museum

Cidade perdida de Alexandre, O Grande

Uma cidade antiga que acredita-se ter sido fundada na era de Alexandre, o Grande, foi descoberta depois de ter sido perdida nas areias da história há mais de 2 mil anos.

Qalatga Darband, que tem vista para um rio na província de Sulaimaniya, no Curdistão Iraquiano, traz os traços de um antigo assentamento fortificado, e agora os arqueólogos finalmente pisaram na área escondida.

Embora os pesquisadores não tenham uma data adequada ainda, pensa-se que o assentamento aconteceu depois que Alexandre, o Grande, entrou na batalha contra o rei persa Darius III na antiga Mesopotâmia.

Derrubar impérios é uma tarefa difícil – e que dá bastante sede, e Qalatga Darband – que se traduz grosso modo em curdo como “castelo da passagem da montanha” – poderia ter sido o lar de um comércio de vinho usado por soldados e comerciantes que estavam trabalhando no caminho da glória.

“Estamos nos primeiros dias, mas pensamos que seria uma cidade movimentada em uma estrada do Iraque para o Irã”, diz o arqueólogo John MacGinnis, do Museu Britânico, em declarações ao The Times. “Pode-se imaginar as pessoas fornecendo vinho aos soldados que passavam”, sugere.

MacGinnis e sua equipe estão a cargo do Esquema de Treinamento de Gestão do Patrimônio de Emergência do Iraque, treinando pesquisadores iraquianos para identificar e resgatar tesouros arqueológicos insubstituíveis da ameaça de destruição pelo Estado islâmico.

Surpreendentemente, as descobertas de Qalatga Darband foram corroídas pela guerra também – embora em uma era muito diferente de conflito humano.

Fotos espiãs tiradas da região por satélites de espionagem pelos EUA, na década de 1960, durante a Guerra Fria, como parte do programa Corona, foram retiradas do modo confidencial na década de 1990, o que ajudou os pesquisadores a identificar o contorno dos restos antigos da cidade.

A guerra na região impediu os arqueólogos de olharem mais atentamente até o século 21, quando pesquisadores utilizaram drones para pesquisar a paisagem, indicando variações sutis no crescimento da safra que agora cobre a cidade antiga. ”O drone produziu excelentes informações”, diz MacGinnis.

“Analisar marcas de colheita é algo que não foi feito na arqueologia mesopotâmica. Onde há paredes subterrâneas, o trigo e a cevada não crescem tão bem, então há diferenças de cores no crescimento da safra”, completa.

As investigações no terreno até agora revelaram os fundamentos de uma série de grandes edifícios no solo, incluindo uma parede fortificada e prensas de pedra que podem ter sido utilizadas na produção de vinho ou óleo.

Azulejos e estátuas também foram descobertos, com figuras que representam Persephone e Adonis encontradas no sítio arqueológico. Até agora não está claro exatamente de quando essas relíquias datam, já que a pesquisa está em andamento, mas a equipe acha que as descobertas podem ser do primeiro ou segundo século a.C.

Uma moeda descoberta na cidade mostra o rei do império parta Orodes II, que governou entre 57 a.C .a 37 a.C., por isso é provável que a cidade ainda estivesse em uso muito tempo após o tempo de Alexandre e possa ter sido substancialmente fundada depois que seu bando de guerra passou pela região.

Espera-se que a escavação continue até 2020, então há uma boa chance de descobrirmos muito mais sobre essa cidade perdida de outra era e resolver alguns dos seus extraordinários mistérios.

Ciberia // ZAP / HypeScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão na 77ª fase da Lava Jato

São sete mandatos no Rio de Janeiro e em Niterói contra suspeita de propina na Petrobras envolvendo pouco mais de três bilhões de litros de combustíveis. Por determinação da 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), a …

Suspeitos de COVID-19 podem ter dados compartilhados com a polícia na Inglaterra

  As informações pessoais de suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) podem ser utilizadas pela polícia da Inglaterra para garantir que eles não quebrem o isolamento. De acordo com as informações oficiais, as autoridades poderão ter …

Jejum intermitente funciona? Este estudo indica que não

Um estudo recém publicado na revista médica “Jama Internal Medicine” mostra que a prática conhecida como jejum intermitente não traz benefícios para o corpo e, ainda, não promove perda de peso de fato. A pesquisa, …

Estudos corroboram correlação entre tipo sanguíneo e risco de covid-19

A suscetibilidade ao contágio com o vírus Sars-Cov-2 pode variar segundo o grupo sanguíneo: os indivíduos do grupo O tendem a um menor risco, enquanto os demais estão também potencialmente mais expostos a quadros clínicos …

Bolsonaro reforça que brasileiro não será obrigado a tomar vacina contra a COVID-19

Declaração do presidente acontece três dias depois de o governador João Doria informar que vacinação será obrigatória no estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro reforçou hoje (19) na saída do Palácio da Alvorada o …

Engenheiros criam sabre de luz real de plasma retrátil de 2.200°C que corta aço

Os engenheiros por trás do canal do YouTube “The Hacksmith” criaram o sabre de luz de “Star Wars” no mundo real que é quente o suficiente para derreter aço e até titânio em segundos. James Hobson, …

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …

Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra

A estrela supergigante vermelha Betelgeuse, uma das mais brilhantes, é menor e está mais próxima da Terra do que se acreditava. "Estudos anteriores sugeriram que poderia ser maior que a órbita de Júpiter. Nossos resultados dizem …