Cientistas descobrem ‘novo mundo’ sob o gelo da Antártida

Um grupo de cientistas descobriu uma dezena de fraturas geológicas de mais de um quilômetro de profundidade sob a superfície do gelo da Antártida ocidental.

Segundo um artigo publicado na revista Geophysical Research Letters, as fendas se formaram há milhares de anos, quando a temperatura da Terra era muito mais baixa.

“Agora entendemos muito melhor o que se esconde sob as enormes geleiras de um dos lugares mais afetados pelo aumento das temperaturas na Antártida ocidental”, disse Romain Millan, pesquisador da Universidade da Califórnia e um dos autores do artigo.

“Foi descoberto que a profundidade a que se encontram estas estruturas é centenas e até milhares de metros maior do que supúnhamos. Isso nos permite prever o que acontecerá com as geleiras e entender como as águas dos oceanos afetam o gelo submerso”, acrescentou Millan.

Os cientistas descobriram uma enorme rede de fraturas gigantes sob a camada de gelo, que formam um conjunto de rios, canais, baías e vales, que alcançam uma profundidade de até 1.200 metros. Estas estruturas abrigam águas quentes provenientes do oceano Antártico, que pouco a pouco foram derretendo a camada de gelo da Antártida.

Segundo os pesquisadores, este “sistema geográfico” submarino foi formado há milhares de anos, quando a área da camada de gelo da Antártida era maior, e algumas áreas de gelo estavam muito mais perto da superfície.

Felizmente, esta estrutura submarina está a uma grande profundidade, aonde não chegam as correntes muito quentes, por isso o processo de aquecimento da camada de gelo é muito lento.

No entanto, os autores do estudo acreditam que estas estruturas aceleram o processo de colapso da camada de gelo da Antártida ocidental, o que pode levar a um aumento do nível do mar de 1,2 metros no final do século XXI.

A cada ano, a Antártida perde mais de 2,8 quilômetros cúbicos de gelo. Em 2013, foi descoberto que metade do gelo desaparece por causa das correntes quentes que banham as regiões submarinas, a cobertura de gelo do continente através de um sistema de “rios” e canais submarinos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fóssil de pterossauro nunca antes visto de 100 milhões de anos é descoberto na China

Um novo gênero e uma nova espécie de pterossauro dsungaripterídeo, que viveu durante o Cretáceo Inferior, foram catalogados na China após análise de uma mandíbula inferior incompleta. Pterossauros eram répteis voadores que viveram simultaneamente com os …

A consciência é um campo energético: afirma estudo

Uma nova ideia incomum em neurociência sugere que nossa consciência é derivada de um campo de ondas eletromagnéticas emitidas pelos neurônios quando disparam suas cargas elétricas. A ideia é que essas ondas de atividade elétrica sejam …

Pais gays viram alvo de investigações na Rússia

Alguns anos atrás, o advogado Vladimir (nome modificado), morador de uma grande cidade russa, decidiu ter um filho com o auxílio de uma mãe de aluguel. Sua família inteira ficou contente quando uma menina nasceu. …

Líbano: Saad Hariri volta ao posto de primeiro-ministro para formar novo governo

Saad Hariri foi nomeado novamente primeiro-ministro do Líbano, com o desafio de chegar a um acordo com as várias forças políticas do país e formar um governo capaz de realizar as reformas necessárias para …

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …

Identificada a causa da maior extinção em massa na história da Terra

A vida na Terra tem uma história longa, mas também extremamente turbulenta. Em mais de uma ocasião, a maioria de todas as espécies foi extinta e uma biodiversidade já altamente desenvolvida reduziu para um mínimo …

Cães farejadores de covid: eficazes e baratos, mas esnobados

A Europa está em pânico em meio ao segundo surto de covid-19, com taxas de contágio explodindo e os PIBs despencando. A Bélgica acaba de anunciar que não mais testará cidadãos assintomáticos, mesmo que tenham …

Bolsonaro é avaliado positivamente por 37% da população, diz pesquisa

Entre os que souberam do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (52%), 74% não mudaram sua avaliação sobre o presidente Bolsonaro. Os que mais mudaram de opinião foram os pesquisados com ensino superior (26%) …

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …