Cientistas identificam a mutação que dá origem aos “vampiros”

Um grupo de pesquisadores acredita ter decifrado a doença que teria dado origem às histórias de vampiros, ao identificar uma mutação genética que provoca um conjunto de oito distúrbios sanguíneos conhecidos como porfíreas.

Os famigerados “vampiros” podem, afinal, existir mesmo – e ser apenas pessoas reais com uma doença no sangue, segundo defende uma equipe de cientistas de Boston, nos EUA, que identificou uma mutação genética que provoca distúrbios sanguíneos conhecidos como porfíreas.

As porfíreas afetam a maquinaria molecular do corpo para fazer hemes, que são um componente da proteína que transporta oxigênio, a hemoglobina. Quando o heme se liga ao ferro, dá ao sangue a sua cor vermelha.

As diferentes variações genéticas que afetam a produção de heme originam diferentes apresentações clínicas de porfírea – incluindo uma forma que pode ser responsável pelo folclore em torno dos vampiros.

A protoporfiria eritropoiética (EPP), o tipo mais comum de porfírea que ocorre na infância, faz com que a pele das pessoas se torne muito sensível à luz. A exposição prolongada à luz do Sol pode causar bolhas dolorosas e desfigurantes.

“As pessoas com EPP são cronicamente anêmicas, por isso se sentem muito cansadas e parecem muito pálidas, com uma maior fotossensibilidade, porque não podem sair à luz do dia”, refere Barry Paw, pesquisador do Centro de Câncer Infantil e Transtornos do Sangue Dana-Farber / Boston, nos EUA, e autor principal do estudo.

“Mesmo em um dia nublado, há luz ultravioleta suficiente para causar bolhas e desfiguração das partes expostas do corpo, orelhas e nariz”, acrescenta Paw, citado em comunicado divulgado pelo Centro de Câncer Infantil de Boston.

Ficar dentro de casa durante o dia e receber transfusões de sangue contendo níveis suficientes de heme pode ajudar a aliviar alguns dos sintomas do transtorno. Em tempos mais antigos, beber sangue animal e aparecer apenas à noite pode ter conseguido um efeito semelhante – adicionando mais combustível à lenda dos vampiros.

A mutação genética que desencadeia a EPP, recentemente descoberta, foi apresentada por Barry Paw e sua equipe em um artigo publicado nos Proceedings of the National Academy of Sciences.

A pesquisa lança luz sobre um o mecanismo biológico potencialmente responsável pelas histórias de “vampiros” e identifica um potencial alvo terapêutico para tratar a EPP.

Sintomas “sobrenaturais”

Para produzir heme, o corpo passa por um processo chamado síntese de porfirina, que ocorre principalmente no fígado e na medula óssea. Qualquer defeito genético que afete esse processo pode interromper a capacidade do corpo de produzir heme; a diminuição da produção de heme leva a uma acumulação de componentes de protoporfirina.

No caso da EPP, a chamada protoporfina IX se acumula nos glóbulos vermelhos, plasma e às vezes no fígado.

Quando essa protoporfina IX é exposta à luz, ela produz químicos que danificam as células circundantes. Como resultado, as pessoas com EPP experimentam inchaço, queimaduras e vermelhidão da pele após a exposição à luz solar – até mesmo de meros traços de luz solar que passam através do vidro da janela.

Algumas vias genéticas que levam à acumulação de protoporfirina IX já foram descritas em outros estudos, mas muitos casos de EPP continuam sem explicação.

Ao realizar uma profunda sequência de genes em membros de uma família do norte da França, com EPP de uma assinatura genética anteriormente desconhecida, a equipe de Paw descobriu uma nova mutação do gene CLPX, que desempenha um papel na dobragem de proteínas mitocondriais.

“A mutação recém-descoberta destaca realmente a complexa rede genética que sustenta o metabolismo do heme. As mutações de perda de função em qualquer número de genes que fazem parte desta rede podem resultar em distúrbios devastadores e desfigurantes”, diz Paw.

Paw sugere que identificar as várias mutações genéticas que contribuem para a porfírea pode abrir caminho para terapias futuras que possam corrigir os genes defeituosos responsáveis ​​por esses distúrbios.

“Embora os vampiros não sejam reais, há uma necessidade real de terapias inovadoras para melhorar a vida das pessoas com porfirias”, conclui Paw.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

União Europeia começa exame contínuo da vacina russa Sputnik V

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu início ao exame contínuo do dossiê de registo da vacina Sputnik V para verificar sua conformidade com as normas europeias de eficácia, segurança e …

Afrouxar uso de máscaras é "pensamento neandertal", diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira (03/03) a decisão dos estados do Texas e do Mississippi de suspender a obrigatoriedade do uso máscaras para conter a propagação do coronavírus. O democrata …

Argentina só vai habilitar motoristas que fizerem curso sobre igualdade de gênero

A partir de março e 2021 quem quiser tirar carteira de habilitação na Argentina terá de estudar mais do que somente as leis de trânsito, o funcionamento do automóvel e a própria condução de um …

ONGs denunciam grupo Casino na Justiça francesa por desmatamento na Amazônia

Organizações de defesa do meio ambiente e dos povos indígenas denunciaram nessa quarta-feira (3) o grupo Casino na Justiça francesa. A empresa é acusada de responsabilidade no desmatamento da Amazônia através da venda de …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Um cientista criou um algoritmo de computador que pode levar a descobertas transformadoras em energia e cuja própria existência levanta a probabilidade de que nossa realidade possa realmente ser uma simulação. O algoritmo foi criado pelo …

The Crown "é baseada na verdade", diz Harry que dá ideia de convívio com família real

Principe Harry defendeu a série “The Crown” da Netflix, dizendo que – embora não fosse “estritamente preciso” – retratava as pressões da vida dentro da família real. Em uma entrevista com James Corden, do programa americano …

Microsoft acusa hackers chineses de ciberataques a entidades dos EUA com uso de falhas desconhecidas

A Microsoft relatou a detecção de exploits desconhecidos utilizados por hackers chineses "patrocinados pelo Estado" destinados a atacar versões locais da Microsoft Exchange Server a fim de receber informações de entidades dos EUA. Exploit é uma …

Compra de mansão lança novas suspeitas sobre Flávio Bolsonaro

Filho mais velho do presidente comprou imóvel de luxo de R$ 6 milhões. Valor está bem acima do patrimônio declarado pelo senador, e condições de empréstimo para quitar mais da metade do valor levantam questionamentos. O …

Condenado a três anos de prisão, ex-presidente francês Sarkozy enfrenta outros processos na Justiça

Ele se tornou o primeiro ex-chefe de Estado francês a receber em primeira instância uma pena de prisão em regime fechado. Nicolas Sarkozy foi julgado culpado na segunda-feira (1°) por corrupção e tráfico de …

Colômbia é o 1º país latino-americano a receber vacinas da iniciativa COVAX

Nesta segunda-feira (1º), um lote de 117 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegou à Colômbia por meio da iniciativa COVAX. O país é o primeiro na região a receber os imunizantes do consórcio da …