Cientistas russos testam com sucesso substância que retarda envelhecimento

Biólogos russos realizaram com sucesso testes de uma substância que retarda o envelhecimento de células, prolongando a vida de ratos em 15% ou 45 dias.

“Esta pesquisa tem bastante significado tanto no sentido teórico, como do ponto de vista prático”,  diz o cientista Vladimir Skulachev, diretor da faculdade de bioengenharia e bioinformática da Universidade Estatal de Moscou Lomonosov”

“Por um lado, ela mostra o papel fundamental das formas ativas de oxigênio, produzidas por mitocôndrias, durante o envelhecimento de mamíferos. Por outro lado, se abre um caminho para o tratamento do envelhecimento com antioxidantes dirigidos especificamente às mitocôndrias”, acrescenta Skulachev.

Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Aging.

A equipe de cientistas chefiada por Skulachev está trabalhando na criação de preparados que retardem o envelhecimento de uma das partes mais importantes das células – suas mitocôndrias, que são uma espécie de “geradores” de energia do nosso corpo.

Nas mitocôndrias ocorre o processo de oxidação de nutrientes e a transformação da sua energia em moléculas ATP que libertam a energia necessária para o funcionamento de célula.

Há vários anos, a equipe de cientistas descobriu a molécula SkQ1, que pode resolver o problema. Ela é uma espécie de antioxidante forte capaz de se inserir nas mitocôndrias e neutralizar as moléculas agressivas de oxidantes que a prejudicam destruindo suas paredes.

Os cientistas realizaram testes em ratos especiais, que foram geneticamente predispostos para o surgimento de mutações acidentais no DNA de mitocôndrias. Tais ratos vivem menos do que os ratos normais (cerca de 280-290 dias em vez de 2 ou três anos).

Sua morte é causada pela acumulação de mutações e destruição de mitocôndrias, o que mata suas células, provoca envelhecimento prematura e a morte.

Os ratos foram divididos em dois grupos. Um grupo comia comida simples e o outro tinha uma dieta com a molécula SkQ1. Como resultado, os ratos do grupo de controlo começaram emagrecendo, perdendo pelo e envelhecendo.

Os ratos que foram tratados com SkQ1 não mostraram sinais de envelhecimento durante mais de 40-45 dias e viveram cerca de 335 dias, enquanto os do grupo de controle apenas 290 dias no máximo.

A substância está contida nos colírios “Visomitin” que a equipe de cientistas está fornecendo às farmácias russas há vários anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Revelada consequência grave da COVID-19 mais frequente do que se acreditava

Novo estudo revelou que os pacientes com COVID-19 que foram internados em unidades de terapia intensiva (UTI) têm mais possibilidade de desenvolver deficiências cognitivas contínuas. O estudo de quase 150 pacientes internados no início da pandemia …

Fundo de Bill Gates investe US$ 50 milhões em robôs agricultores que poupam água

A startup norte-americana Iron Ox recebeu um aporte de US$ 53 milhões (R$ 280,5 milhões) para melhorar sua tecnologia de robôs usados na agricultura e que consomem 90% menos água que plantações tradicionais. O dinheiro veio …

Bolsonaro pede à população que tome banho frio e evite elevador

O presidente Jair Bolsonaro pediu nesta quinta-feira (23/09) à população que tome banho frio e evite usar o elevador para economizar energia elétrica. "Aqui são três andares. Quando tem que descer, mesmo que o elevador esteja …

A incrível descoberta que indica presença humana nas Américas muito antes do que se pensava

Novas descobertas científicas apontam que humanos chegaram às Américas pelo menos 7 mil anos antes do que se estimava anteriormente. As pesquisas em torno do momento em que o continente americano passou a ser povoado a …

Mianmar: Justiça americana ordena quebra de sigilo do Facebook para investigar ameaças contra rohingyas

Um juiz americano ordenou ao Facebook que divulgue os arquivos de contas ligadas de membros do exército birmanês e de milícias budistas que perseguiram a minoria Rohingya em Mianmar. A decisão, que encontra resistência …

Eduardo Bolsonaro está com covid-19

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, está com covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (24/09) por vários sites brasileiros de notícias. O próprio Eduardo teria confirmado seu diagnóstico ao portal …

Covid: o que alta em internação de idosos revela sobre efetividade da vacina e 3ª dose

As últimas estatísticas de casos, internações e mortes por covid-19 no Brasil trazem uma conclusão importante: as vacinas funcionam e protegem contra as formas graves da doença, mas algumas pessoas mais vulneráveis realmente precisam tomar …

Líder separatista catalão Carles Puigdemont é detido na Itália

Carles Puigdemont, que foi presidente do governo regional catalão durante a declaração de independência frustrada de 2017, foi detido na ilha italiana da Sardenha (oeste) nesta quinta-feira (23) após quatro anos foragido da justiça …

Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional

O aumento da permissão de uso de psicodélicos como terapia promete transformar a forma como vemos o extraordinário. Foi em 1971 que Rick Doblin usou LSD pela primeira vez. Era uma tarde de sábado na Flórida, em …

Covid-19: EUA autorizam 3ª dose da vacina da Pfizer para idosos e grupos de risco

Os Estados Unidos autorizaram nesta quarta-feira a aplicação de uma terceira dose da vacina contra a covid-19 da Pfizer para maiores de 65 anos, pessoas com alto risco de contrair uma forma grave da …