Confirmado: expressão enigmática da Mona Lisa é mesmo um sorriso

Musée du Louvre / Wikimedia

Mona Lisa  (p.), por Leonardo Da Vinci

Mona Lisa (p.), por Leonardo Da Vinci

Há vários anos que existe um forte debate a respeito da pintura mais famosa de Leonardo da Vinci: afinal, a Mona Lisa está sorrindo ou não? Mas parece que o mistério foi resolvido. A mulher foi caracterizada como “muito feliz” por 97% dos entrevistados em um estudo sobre a interpretação das expressões faciais.

A expressão de Mona Lisa foi sempre considerada ambígua — a expressão mais ambígua de toda a arte ocidental, talvez. Isso fez da famosa pintura um assunto apropriado para o estudo da equipe de Kornmeier sobre os fatores que ajudam os humanos a interpretar pistas visuais como expressões faciais.

A equipe analisou uma cópia da obra-prima de Leonardo da Vinci e manipulou o sorriso da enigmática figura, virando os cantos da sua boca gradualmente para criar quatro Mona Lisas felizes e quatro tristes.

As nove imagens foram então observadas 30 vezes, de um modo aleatório, por 12 participantes do estudo, que teriam de descrever cada imagem como “feliz ou triste”

“Ficamos realmente espantados. Dadas as descrições da arte e da história da arte, pensamos que a descrição mais utilizada seria a ambiguidade”, afirmou o neurocientista Juergen Kornmeier, da Universidade Federal de Friburgo e co-autor do estudo publicado na Nature.

Em vez disso, 97% das pessoas descreveram a imagem original como “muito feliz”. Depois, a pintura original foi exibida com oito versões mais tristes. Desta vez, o original ainda foi identificado como feliz, mas as versões mais tristes foram descritas como ainda mais tristes do que na primeira experiência.

Segundo Kornmeier, os resultados mostram que o nosso reconhecimento da felicidade e da tristeza depende do contexto — não existe uma “escala absoluta fixa de felicidade e tristeza no nosso cérebro”.

Ou seja, o fato de os participantes serem mais rápidos a rotular as Mona Lisas felizes do que as tristes também pode mostrar que os seres humanos têm uma preferência pela felicidade. Os especialistas afirmam que compreender melhor esta matéria pode ajudar no estudo de transtornos psiquiátricos.

Esta não é a primeira vez que a Mona Lisa tem os seus sentimentos mais profundos analisados.

O Weekly Observer aponta que um estudo de 2005 realizado por cientistas da Universidade de Amesterdã chegou a uma conclusão semelhante através de um software de reconhecimento de emoções, que teve em conta uma variação de características faciais, incluindo a curva dos lábios e rugas à volta dos olhos.

No estudo, os cientistas concluíram que a imagem expressa “83% de felicidade, 9% de arrogância, 6% de medo e 2% de raiva”.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid-19: Austrália não deve reabrir fronteiras antes de 2022

A Austrália não deve reabrir suas fronteiras para viajantes estrangeiros em 2021, apesar do avanço das campanhas de vacinação em todo o mundo. A afirmação é do secretário da Saúde, Brendan Murphy, um dos …

Burger King revela seu 1º sanduíche 100% vegano

As lojas britânicas do Burger King agora têm um sanduíche inteiramente vegano. Desde o último dia 11 de janeiro a rede de fast food disponibiliza em seu cardápio no país o Vegan Bean Burger, um …

Novo implante controla fome e pode substituir cirurgia bariátrica

Um implante simples de um dispositivo sem fio, que controla o apetite, pode substituir a cirurgia bariátrica. Ele foi criado por médicos e pesquisadores da Universidade A&M do Texas, EUA e pode ajudar na perda de …

Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca. E as montadoras de automóveis serão as …

Com abstenção recorde de 51,5%, ministro da Educação considera Enem um 'sucesso'

A abstenção no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado neste domingo (17), foi recorde e atingiu 51,5%. O nível de abstenção supera o pior índice registrado até agora, em 2009, quando …

Álcool danifica o cérebro na adolescência

Se nós confiarmos apenas nas propagandas parece que o álcool de uma cerveja, uma taça de vinho ou de algum destilado serve apenas para unir as pessoas e deixá-las alegres. Mas o álcool pode ter …

Joe Biden reverterá políticas trumpistas logo após posse

Já nas primeiras horas após assumir, novo chefe de Estado americano assinará uma série de decretos presidenciais abordando pandemia, dificuldades da economia nacional, injustiça racial e mudança climática. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, …

Rússia prende opositor Alexei Navalny no desembarque em Moscou

O Serviço Prisional Russo (FSIN) confirmou ter prendido o opositor Alexei Navalny neste domingo, na chegada dele a Moscou. O Kremlim o acusa de ter violado as condições de uma pena de prisão suspensa …

Ikea agora vende mini casas móveis para quem quer uma vida simples, livre e sustentável

Quem sonha com uma vida mais nômade, livre de amarras e principalmente ecologicamente correta poderá encontrar na IKEA uma parceira capaz de tornar tal sonho em realidade: em uma casa móvel, sustentável, bonita e praticamente …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …