Coreia do Norte tem locais secretos (e rudimentares) de armazenamento de mísseis

(dv) KNS / KCNA

A Coreia do Norte mantém, pelo menos, 13 bases não declaradas que ocultam mísseis de capacidade nuclear, de acordo com um novo estudo norte-americano publicado esta semana. A revelação gera dúvidas sobre o acordo de desnuclearização entre Donald Trump e Kim Jong-un.

De acordo com os investigadores do Center for Strategic and International Studies (CSIS), em Washington, foram localizadas 13 bases operacionais de mísseis não declaradas pelo governo norte-coreano. No entanto, há a possibilidade de o número chegar aos 20.

Para chegar à conclusão, a da existência de bases rudimentares de armazenamento de mísseis balísticos com capacidade nuclear, o grupo se apoiou em fontes de serviços de informações de vários países, declarações de desertores norte-coreanos, informação pública e imagens de satélite.

“Não parece que essas bases estejam congeladas, ou seja, não pararam”, disse ao New York Times Victor Cha, que dirige o programa da Coreia do Norte do CSIS. As bases, que continuaram a funcionar, encontram-se em instalações subterrâneas, dotadas de túneis, em vales montanhosos e estreitos, e estão espalhadas por todo o país.

Todos receiam que Donald Trump aceite um mau acordo. Os norte-coreanos nos dão um único local de testes, desmantelam alguns e em, em troca, obtêm um acordo de paz”, afirmou receoso Victor Cha.

As bases são rudimentares e dissimuladas pelo Exército norte-coreano, que desenvolveu, ao longo das décadas, técnicas de camuflagem para evitar ataques aéreos.

No relatório, o CSIS revelou a existência de um local secreto em uma região montanhosa, a menos de 150 quilômetros de Seul, apoiado em imagens obtidas por satélite. Este centro de reflexão especificou que o local, Sakkanmol, é, como os outros 12, uma base para armazenar e não tem vocação para ser utilizada em lançamentos, mesmo que haja essa necessidade em caso de urgência.

Desde a cúpula histórica de Cingapura, a Coreia do Norte interrompeu oficialmente as atividades nucleares e desmantelou uma base de testes de mísseis, além de ter prometido desativar o principal complexo nuclear do país.

O presidente dos Estados Unidos celebrou seu encontro com Kim Jong-un e abriu o caminho para a desnuclearização da península asiática, acalmando as tensões que há menos de um ano colocaram os EUA e a Coreia do Norte à beira de um conflito.

Uma reunião entre o chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, e o braço direito do governo norte-coreano, Kim Yong Chol, prevista para a próxima semana, foi cancelada. Na semana passada, Trump disse que iria se encontrar com Kim no começo do próximo ano.

Ciberia // RFI / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Arqueólogos revelam restos mortais de cachorro de 8.400 anos descoberto na Suécia

Após vários meses de meticulosos trabalhos de escavação, foram finalmente revelados os restos mortais de um cachorro, de uma raça há muito tempo desaparecida, enterrado há mais de 8.400 anos na Suécia ao lado de …

“Cogumelos mágicos” são 4x melhores do que antidepressivos, descobre estudo

Quando a psilocibina, a molécula psicodélica descoberta nos cogumelos mágicos (Psilocybe cubensis), é usada durante a psicoterapia, parece possuir efeitos antidepressivos rápidos, substanciais e duradouros contra a depressão maior, de acordo com um novo ensaio …

Sem Trump, Putin e Bolsonaro ensaiam aproximação

Moscou sabe que a troca de poder na Casa Branca abre brecha na política externa brasileira. O elogio do presidente russo às "qualidades masculinas" de Bolsonaro pode ser apenas o primeiro sinal de uma aproximação. "O …

Crimes por preconceito de cor, raça ou orientação sexual podem ter punição maior

Projeto passa no Senado e vai à Câmara, mas falta definir tamanho da pena. Proposta entrou na pauta a pedido de Paulo Paim para "dar uma resposta" ao assassinato de João Alberto Silveira Freitas. Falta a …

Vacinação contra a Covid-19 será obrigatória em voos da companhia aérea australiana Qantas

A vacina contra a Covid-19 ainda não está pronta, mas as companhias aéreas já começam a se preparar. É o caso da australiana Qantas, que anunciou a futura exigência de um certificado de vacinação …

Galinhas substituem agrotóxicos em ação contra veneno na agricultura

A presença de insetos é uma frequente preocupação para agricultores. Os animais são capazes de prejudicar plantações e, para evitá-los, é comum que fazendeiros recorram a pesticidas. A utilização de produtos químicos, no entanto, é nociva …

França aprova projeto de lei que prevê punir filmagem de policiais em ação

Deputados franceses aprovaram nesta terça-feira (24), em primeira leitura, o polêmico projeto de lei sobre a "segurança global", que prevê punir a gravação e divulgação de policiais em ação. O texto será votado pelo …

Astrônomos revelam que 2ª minilua da Terra é do tamanho de carro pequeno

A minilua chamada 2020 CD3 conta com um diâmetro de entre um metro e 1,5 metro e chegou a ficar a 13 mil quilômetros do nosso planeta. A minilua 2020 CD3, que orbita a Terra nos …

Diego Maradona morre aos 60 anos

O ex-jogador argentino Diego Maradona, maior astro da história do futebol do país sul-americano, morreu nesta quarta-feira (25/11) aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, ao norte de Buenos …

Incêndios na Amazônia deixam rastro de destruição por décadas

Entre galhos e folhas esturricados sobre o solo que abrigava uma área de floresta intacta, o cheiro de queimada ainda é forte. Próximo a uma das aldeias da Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, em Rondônia, vazios surgiram …