Covid-19: Austrália testa vacina contra tuberculose para imunizar profissionais da saúde

Uma equipe de cientistas australianos anunciou nesta sexta-feira (27) que decidiu testar em larga escala uma vacina usada durante décadas contra a tuberculose, a BCG, para comprovar se é capaz de imunizar profissionais da área da saúde ao novo coronavírus.

A BCG será aplicada em quatro mil empregados de hospitais australianos para verificar sua capacidade de reduzir os sintomas da Covid-19, informaram os pesquisadores do Instituto Murdoch em Melbourne.

“Embora originalmente tenha sido desenvolvida contra a tuberculose e ainda seja administrada em mais de 130 milhões de bebês todos os anos, a BCG também aumenta a capacidade imunológica básica do organismo, ajudando-o a responder aos germes com mais força”, explicaram os pesquisadores em um comunicado.

“Esperamos que haja uma redução na frequência e na gravidade dos sintomas da Covid-19 para o pessoal de saúde que for vacinado com a BCG”, declarou o chefe da equipe responsável pelo experimento, Nigel Curtis.

Para que o teste seja realizado rapidamente, a aprovação do governo e das autoridades sanitárias da Austrália foram essenciais. “É uma verdadeira corrida contra o relógio”, comentou.

Resultados em seis meses

As aplicações começarão na próxima semana e os resultados devem ser anunciados daqui a seis meses. Metade dos participantes tomarão a vacina e na outra metade dos cobaias será injetada uma substância placebo. Todos os quatro mil voluntários serão rastreados através de um aplicativo instalado em seus smartphones.

O período do teste coincide com o início do outono no Hemisfério Sul. Segundo os pesquisadores, esse é um momento propício para realizar o experimento porque coincide com a época em que a imunidade das pessoas está mais baixa. Também é o início da estação de gripes e resfriados na Austrália.

“O teste vai permitir comprovar a eficácia desta vacina contra os sintomas da Covid-19 e pode ajudar a salvar vidas de nossos heróicos profissionais da saúde na linha de frente desta batalha”, afirma a diretora do Instituto Murdoch, Kathryn North.

Segundo ela, ativar o sistema imunológico das pessoas contra o coronavírus pode ganhar tempo na maratona mundial de pesquisadores e especialistas para desenvolver uma vacina específica contra a Covid-19.

Outros países realizarão experimentos similares, como Holanda, Alemanha e Reino Unido, em um momento em que a pandemia de coronavírus já deixou cerca 500 mil contaminados e quase 25 mil mortos em todo o mundo.

Embora os Estados Unidos liderem a contagem de número de infectados – com quase 85 mil casos –, a Itália é o país com o maior número de óbitos no mundo: 8.215 mortos e mais de 80.500 contaminados. A Austrália contabiliza 3.180 doentes e 13 óbitos.

O que é a vacina BCG

A vacina BCG é composta pelo bacilo de Calmette-Guérin – por isso foi nomeada de BCG. Ela é utilizada contra as formas graves de tuberculose, como meningite tuberculosa e a tuberculose miliar, que se espalha pelo corpo. Ela é indicada a partir do nascimento até antes de a criança completar 5 anos. A resposta do organismo à vacina pode durar de três a seis meses.

A BCG frequentemente deixa uma cicatriz característica, de até 1 centímetro de diâmetro no local em que foi aplicada – geralmente no braço direito do bebê ou da criança. A substância pode ocasionar diversos efeitos colaterais: úlceras, gânglios ou abscessos na pele e nas axilas e disseminação do bacilo da vacina pelo corpo, causando lesões em diferentes órgãos.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …