Crianças e chimpanzés compartilham linguagem em comum

(cc) KISSPNG

Os Três Macacos Sábios: não ouça o mal, não veja o mal, não diga o mal

Segundo uma nova investigação, crianças ainda na fase pré-fala e chimpanzés usam cerca de 90% dos mesmo gestos físicos. A descoberta lança uma nova luz sobre a comunicação dos primatas.

A pesquisa, publicada em 8 de setembro na Animal Cognition, é a primeira a classificar os gestos criados por crianças através da mesma técnica utilizada na classificação de gestos de outros primatas, como chimpanzés.

Os resultados demonstraram que crianças entre 12 e 24 meses usam cerca de 90% dos mesmos gestos utilizados por chimpanzés jovens e adultos. Os gestos incluem os abraços, os saltos ou pulos, o pisar e o arremesso de objetos.

Segundo os pesquisadores, a existência desta semelhança sugere que os gestos das crianças são comportamentos inatos – um legado do compartilhamento em comum na história evolutiva.

Os autores do estudo esperavam expor as semelhanças e as diferenças na forma como as crianças humanas usam os gestos em comparação com os primatas, na esperança de desvendar novos caminhos no desenvolvimento da comunicação humana.

“Sabendo que os chimpanzés e os humanos compartilharam um ancestral comum há cerca de 5 ou 6 milhões de anos, quisemos saber se a nossa história evolucionária de comunicação também se refletiu no desenvolvimento humano”, afirmou Verena Kersken, cientista na Universidade de Gottingen e autora do estudo.

No estudo, os pesquisadores observaram os gestos das crianças nas próprias casas ou nas creches, juntos dos seus amigos, familiares ou educadores.

Na observação, foram analisadas 13 crianças, 6 na Alemanha e 7 em Uganda. O fato de terem sido escolhidas culturas tão diferentes não é casual, e o objetivo neste método serviria para “diminuir a predisposição do impacto cultural e da língua nativa nos primeiros gestos”, lê-se no documento.

Já os chimpanzés analisados tinham idades entre 1 e 51 anos, e foram observados no seu habitat natural, na floresta Budongo, em Uganda.

Os macacos selvagens, não sendo portadores de uma linguagem vocal, utilizam cerca de 80 gestos diferentes que foram recolhidos do dicionário online Great Ape Dictionary, que ajuda a desvendar o significado da linguagem desses mamíferos.

“Chimpanzés, gorilas e orangotangos, todos usam gestos para se comunicar no dia a dia, mas até o momento faltava um primata em toda a equação: nós“, explicou Catherine Hobaiter, autora sênior da pesquisa e cientista na Escola de Psicologia e Neurociência da Universidade de St. Andrews.

“Usamos a mesma abordagem para estudar chimpanzés e crianças, o que faz sentido – as crianças são apenas macacos pequenos“, revelou.

Os gestos documentados nas crianças incluem levantar braços, pisões, palmas, abraços, balançar a cabeça, segurar objetos, entre outros, num total de 52 gestos diferentes dos quais 46, ou 89%, também foram documentados nos chimpanzés. Assim como os macacos, as crianças usaram os gestos isoladamente ou em uma sequência para exprimir seus desejos.

“Achávamos que iríamos encontrar um ou outro gesto semelhante, mas estamos fascinados por encontrar tantos gestos de chimpanzés nos gestos das crianças”, contou Hobaiter.

Quanto às diferenças, o estudo indica que as crianças teriam usado com mais frequência gestos de apontar – coisa que os macacos têm muita dificuldade e até cães e lobos o fazem com mais distinção. Curiosamente, o gesto de balançar a mão em forma de cumprimento ou de despedida aparentou ser um gesto distintamente humano.

Apesar das grandes diferenças entre o homem e o macaco, a pesquisa mostra que o ser humano reteve algum dos comportamentos compartilhados anteriormente com os primatas e que são visíveis no início do nosso desenvolvimento.

Os pesquisadores também adiantaram que os gestos desempenham uma tarefa importante naquilo que será, depois, o desenvolvimento da linguagem verbal.

No futuro, a equipe que desenvolveu o estudo afirma que gostaria de repetir a pesquisa mas com um maior número de crianças, em um espectro ainda mais diversificado de culturas.

É importante ainda destacar que, independentemente do passado comum, esses comportamentos semelhantes podem estar relacionados com o fato de as crianças e os chimpanzés terem corpos similares, o que resulta em uma igual linguagem corporal.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …