De moda a pesadelo: chineses lutam contra a “epidemia” das bicicletas alugadas

Parecia uma ideia boa e ecológica na China há dois anos, quando o aluguel – com pagamento por celular – de bicicletas que podiam ser deixadas em qualquer lugar virou moda, mas hoje a modalidade se transformou em um pesadelo para pedestres e municípios.

A ideia das bicicletas de aluguel com estacionamento livre nasceu de estudantes da Universidade de Pequim, que criaram em 2014 a marca pioneira (Ofo) e a tiraram do campus em 2015, mudando a aparência das cidades chinesas.

A possibilidade de estacionar as bicicletas em qualquer lugar, mudando o habitual sistema de aluguel em ancoragens ou áreas designadas, foi a chave do sucesso de uma indústria que na China já tem 70 marcas diferentes pelas ruas e 16 milhões de unidades.

No entanto, pedestres de grandes cidades como Pequim e Xangai começaram a se queixar neste ano de que estas bicicletas apertadas bloqueiam ruas e calçadas, forçando-os a caminhar pelas faixas de veículos ou impedindo o acesso com facilidade, por exemplo, ao metrô.

A situação levou muitas cidades do país a proibir o aumento da oferta de aluguel de bicicletas. Pequim foi uma das primeiras a fazê-lo, em setembro, quando o número deste meio de transporte chegou a 2,35 milhões.

As câmaras municipais de outras metrópoles como Xangai (com 1,5 milhão de bicicletas), Shenzhen, Wuhan e Cantão imitaram a capital chinesa. Agora são 13 as cidades que estabeleceram um limite após ficarem saturadas.

Lynn Gallagher / Flickr

Em Pequim, como em Amsterdã, as bicicletas alugadas invadiram as calçadas

Os regulamentos nasceram para tentar concentrar as bicicletas em áreas designadas, impedir que sejam estacionadas em áreas residenciais ou abandonadas no meio da rua, exigindo que as empresas que administram o serviço se responsabilizem por retirá-las periodicamente.

A Ofo, que disputa com a Mobike o título de empresa dominante do setor, garante que entende as medidas. À agência EFE, um porta-voz da empresa defende que aumentaram o número de funcionários “em áreas movimentadas para garantir que os veículos estão estacionados de forma organizada”.

Ainda assim, a empresa admite que o aluguel de bicicletas é uma alternativa viável a longo prazo para as cidades cada vez mais povoadas e caras. Já a Mobike considera que diante da saturação das cidades chinesas, a solução é partir para o mercado externo. A empresa planeja ter brevemente 20 milhões de bicicletas em 200 cidades.

Algumas cidades europeias já proibiram este sistema. A saturação de bicicletas não trouxe apenas problemas urbanos, como também problemas a nível econômico para algumas empresas. Em junho, a Wukong Bicycle e a 3VBike foram à falência.

Isto cria novos problemas, incluindo milhares de bicicletas abandonadas pelas marcas. Recentemente, algumas empresas confidenciaram ao China Daily que terão que se fundir para conseguirem sobreviver.

Na semana passada, aconteceu a primeira dessas fusões, entre a Youon – cujas bicicletas azuis e amarelas também são muito populares em Pequim – e a Hello-Bike.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo indica razão bizarra para a existência de barba nos homens

Humanos são bastante diferentes dos outros grandes primatas no que se refere ao pelo corporal: de forma geral temos bem menos que eles, especialmente as mulheres. Os homens, por outro lado, conseguem produzir uma barba longa, …

EUA querem fechar brecha em regra que bloqueia fornecimento de chips para Huawei

Reguladores dos EUA querem fechar uma brecha na nova regra que bloqueia o fornecimento global de chips para a Huawei. Recentemente, a fabricante chinesa também teve a sua presença prorrogada por mais um ano na …

Objetos escondidos por prisioneiros são descobertos em Auschwitz

Talheres e outros itens encontrados num duto de chaminé de um dos blocos daquele que foi o maior campo de extermínio nazista podem revelar detalhes sobre a vida no local, onde mais de um milhão …

Troca de ministros é exemplo de 'simplificação da política' de Bolsonaro

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm "impacto político importante", mas "simplificação da política" praticada pelo presidente o "mantém no cargo", disse sociólogo à Sputnik Brasil. Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade …

Pinguins fazem tour exclusivo em museu fechado por causa do coronavírus

Por todo o mundo a pandemia do novo coronavírus e a quarentena fecharam as portas dos museus, deixando as obras de arte solitárias nos corredores esvaziados das instituições, que já há meses não recebem visitantes. Enquanto …

Esse pode ser o único sintoma de Covid-19 em alguns pacientes

De acordo com publicação da Universidade de Utah, o coronavírus pode causar conjuntivite em casos raros e não parece ser o único sintoma de Covid-19, sendo acompanhada de febre, tosse e falta de ar. Mas …

Spotify reforça ambição de expandir para além do streaming de música

O Spotify teve uma alta em suas ações nessa terça-feira (19), depois de anunciar que terá, com exclusividade, um dos maiores podcasters do mundo na sua plataforma. "The Joe Rogan Experience", um podcast no estilo …

Israel é alvo de ciberataques generalizados

Vários websites de Israel foram atingidos nesta quinta-feira (21) por um ataque cibernético coordenado, com suas páginas principais sendo substituídas por imagens da capital, Tel Aviv, e de outras cidades israelenses em chamas. De acordo com …

Para imprensa europeia, cloroquina se tornou "arma política" no Brasil

A imprensa europeia demonstra surpresa e preocupação com a decisão do governo brasileiro de ampliar o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para o tratamento de doentes com sintomas leves do coronavírus no SUS. Sites de …

STF libera vídeo de reunião com Moro e Bolsonaro

O ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu liberar nesta sexta-feira (22/05) a íntegra do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril mencionada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, logo …