Descoberta galáxia raríssima em forma de “anel de fogo” a 10 bilhões de anos-luz

Astro 3D

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia em anel com um buraco enorme no meio.

Ela é tão peculiar que recebeu o apelido de “anel cósmico de fogo” e pode levantar novas questões sobre a formação inicial e evolução galáctica.

Sua descoberta foi anunciada na revista Nature Astronomy e, de acordo com o Dr. Tiantian Yuan, principal autor do estudo, “é um objeto muito curioso” que os astrônomos nunca haviam visto antes. “Parece estranho e familiar ao mesmo tempo”, disse. Isso porque o buraco no centro da galáxia é realmente enorme, com um diâmetro dois bilhões de vezes maior que a distância entre a Terra e o Sol.

Além disso, a galáxia, que recebeu o nome de R5519, é extremamente ativa – pelo menos era, há 11 bilhões de anos, quando ela estava do jeito que foi vista agora pelos astrônomos -, produzindo estrelas a uma taxa 50 vezes maior que a Via Láctea, de acordo com o Dr. Yuan. “A maior parte dessa atividade está ocorrendo em seu anel – então é realmente um anel de fogo”, disse ele, explicando o apelido da galáxia.

Para conseguir a imagem da R5519, o Dr. Yuan trabalhou com uma equipe internacional, composta por colegas da Austrália, EUA, Canadá, Bélgica e Dinamarca. Eles utilizaram dados espectroscópicos coletados pelo Observatório WM Keck no Havaí e imagens gravadas pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA.

De posse desse conjunto de informações, os pesquisadores acreditam que se trata de algo conhecido como galáxia em anel colisional, ou seja, ela teria se formado a partir de grandes e violentas colisões com outras galáxias. Embora galáxias desse tipo já sejam conhecidas, esta é a primeira já localizada no início do universo – lembre-se que o cosmos tem 13,7 bilhões de anos, então a R5519 pode ter surgido apenas três bilhões de anos após o Big Bang.

No universo próximo, ou seja, a área relativamente próxima da Terra, as galáxias em anel colisionais são 1.000 vezes mais raras que as galáxias em anel formadas por processos internos. Aparentemente, as galáxias em anel colisionais sempre foram algo extremamente raro, já que também não é fácil encontrá-las no universo distante. O vídeo abaixo é uma representação artística da formação de uma galáxia desse tipo.

Para o professor Kenneth Freeman, co-autor do estudo, a nova descoberta pode também trazer implicações para a compreensão de como as galáxias espirais como a Via Láctea se formaram. “A formação colisional de galáxias em anel requer a presença de um disco fino na galáxia ‘vítima’ antes da colisão”, explicou ele. “O disco fino é o componente que define as galáxias espirais: antes de serem montadas, as galáxias estavam em um estado desordenado, ainda não reconhecível como galáxias espirais”.

O disco fino da Via Láctea começou a se formar há cerca de nove bilhões de anos, de acordo com Freeman. Mas, se há 10 bilhões de anos já havia pelo menos uma galáxia colisional em anel – a R5519 -, então podemos dizer que a montagem do disco fino das galáxias espirais “ocorreu por um período mais extenso do que se pensava anteriormente”, conclui o pesquisador.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em comércio, templos e repartições públicas

Presidente alegou que uso de máscaras em locais fechados pode ser classificado como "violação de domicílio" e vetou trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras para a população mais pobre. O presidente Jair Bolsonaro …

Novos hábitos devem fazer parte da vida das sociedades no pós-pandemia, dizem especialistas

Enquanto a vacina que poderá conter a disseminação do novo coronavírus não sai, o mundo seguirá lavando as mãos. exaustivamente, abusando do álcool gel (ou de desinfetantes poderosos), caprichando na limpeza de tudo o …

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …